História Imagine Hot Justin Bieber - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Charlotte Crosby, Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Ryan Butler
Personagens Chaz Somers, Christian Beadles, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Ryan Butler
Tags Amor, Charlotte Crosby, Criminal, Justin Bieber, Sexo
Exibições 1.063
Palavras 1.257
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello Hello, olha eu aqui em pleno feriado postando para vocês, espero que gostem do capítulo.
Sorry por algum erro encontrado, i'm human babys.
Boa leitura e beijos 😗

Capítulo 27 - 27


Fanfic / Fanfiction Imagine Hot Justin Bieber - Capítulo 27 - 27

         Atlanta - Georgia 

      Alguns Meses Depois 


Justin e sua equipe estavam melhor do que nunca, eles haviam feito um dos maiores roubos, tudo havia saído perfeito.
Eles iriam parar por um tempo, esse tempo seria "gasto" com suas mulheres e filhos.

Justin Chaz Ryan e Chis se encontravam na sala jogando vídeo-game, e suas mulheres na piscina, Charlotte colocou Angel em sua pequena boia e ficou conversando com as garotas. 
Elas estavam felizes, Charlotte contava animada de seu pedido de casamento que seria logo logo. Pattie ficou super animada com a ideia, e já estava procurando salão de festa, bufê e outras milhares de coisas. Porém Justin não estava com tanta pressa de se casar, queria aproveitar um pouco mais.


                           POV Charlotte 

Eu estava tão animada com a ideia do casamento, que parecia um sonho. Quem diria que eu iria ter uma filha e ainda por cima me casaria? Eu jamais imaginei que isso iria acontecer tão cedo, mas se Deus quis assim, para mim está tudo bem. 

Eu e as meninas estávamos na piscina conversando sobre o casamento, e elas estavam mais amimadas do que eu.
-- Eu quero ser a madrinha. Falou Kendra.
-- Eu vou ser a madrinha querida. Alexis falou com a cara fechada.
-- Meninas, se acalmem. Vocês todas serão minhas madrinhas e tudo será resolvido.
-- Ótimo. Falou Vanessa sorrindo.
O sol já estava se pondo e eu achei melhor tirar Angel da água, nadei até ela e a tirei  da boia. Ela começou a chorar, chorar muito.
Justin apareceu com cara de preocupado, e eu ri claro.
-- O que fez com minha filha? Ele falou bravo.
-- Nossa filha. Corrigi ele.
-- Ela não queria sair da piscina Bieber. Ele sorriu de lado e pegou Angel do meu colo e ela parou de chorar.
-- Ótimo, de banho nela já que a mesma parou de chorar.
-- Estou falando com os caras amor. 
-- Por favor. Sorri de lado e ele cedeu.
[...]
Coloquei Angel em cima do tapete da grande sala, a mesma brincava com seus brinquedos que Justin tinha lhe dado. Eu me virei por dois minutos e quando voltei meus olhos para ela, me assustei.
Ela estava engatinhando, minha pequena estava engatinhando.
Isso era uma coisa linda, meu Deus.

                    POV JB 

Dei banho em Angel coloquei uma roupinha quente nela, e coloquei a mesma no berço. Porém ela fez bico de choro, antes que ela começasse a chorar peguei a mesma e desci as escadas em direção à cozinha. Coloquei ela em sua cadeirinha e comecei a preparar uma mamadeira cheia de leite, até que eu não era tão ruim como pai.

Ouvi passos na escada e sabia que era Charlotte, ouvi sua risada e me virei para encara-la.
-- Isso tudo é pra mim? Sorri safado.
-- Para quem mais seria Bieber?
-- Bieber? 
-- Amor? Ela levantou uma sobrancelha.
-- Isso, amor. Me aproximei dela em paços lentos, mas ela se afastou.
-- Qual foi? Vai me deixar na vontade? Falei bravo.
-- Não, vamos colocar Angel no berço primeiro. Não quero acorda-la.
Subimos as escadas rapidamente e entramos no quarto de Angel, eu dei um beijo em sua testa e a coloquei no berço, logo em seguida a cobrindo.
Charlotte observava tudo encostada na porta, aquela mulher era gostosa demais. Depois que teve Angel, ficou mais linda ainda. Pensei comigo mesmo! 
[...]
Charlotte rebolava em cima do meu membro me fazendo apertar sua cintura, eu estava quase gozando. Mas a filha da puta parou de rebolar e saiu de cima de mim, eu a olhei confuso.
-- Que porra que você está fazendo?
-- Brincando com você Amor. Ela riu e foi para o banheiro correndo.
-- Charlotte? -- Volta aqui. Vi que ela não iria voltar para o quarto e me levantei e caminhei até o banheiro, abri a porta e ela estava em cima da bancada da pia. Nua, e com as pernas abertas, puta que pariu.

Peguei em seus cabelos e os puxei com certa força, Charlotte gemeu em resposta.
Penetrei ela sem aviso, fazendo a mesma arranhar minha nuca e abrir a boca.
Juntei nossos lábios e comecei a beija-lá com desejo, a cada estocada que eu dava, eu sentia que estava mais perto de gozar.
-- Vamos gozar juntos. Falei com a voz abafada por estar com a boca em seu pescoço.
-- S-sim. Ela falou entre um gemido. 
Comecei a estimular seu clitores enquanto eu a penetrava, Charlotte envolveu mais suas pernas em volta da minha cintura e eu pude ir mais fundo.
-- Eu vou gozar. Ela falou com a voz fraca.
Pude sentir seu corpo relaxar, pois suas pernas não estava fazendo tanta força em volta da minha cintura igual antes, não demorou muito para que eu gozasse também. Depois de mais algumas estocadas eu gozei dentro dela.

                   POV Charlotte 

Justin me ajudou a descer de cima da bancada, pois minhas pernas estavam bambas.
Fomos tomar outro banho, Justin queria mais sexo, mas eu o contive.
O banho foi bom e muito relaxante, Justin dava diversos beijos em minhas costas, ele sabe o quanto eu amo isso.

Coloquei uma calcinha e uma blusa larga do Justin para dormir, ele já estava deitado mexendo no celular. Fiquei parada na porta do closet o observado, depois de alguns segundos ele desviou o olhar do celular e o direcionou para mim.
-- Nunca vi uma mulher ficar tão linda com uma de minhas camisetas. Ele falou colocando os braços atrás da cabeça e sorriu para mim.
-- Quantas foram? Caminhei em direção à cama e me deitei ao seu lado.
-- Quantas o que? Justin se fez de confuso.
-- Não se faça de besta Justin Drew Bieber. Falei brava.
-- Eu não sei, talvez duas ou três.
-- Tudo isso? Falei sem jeito.
-- Você acha muito? 
-- Sim, eu acho.
-- Acha muito porque você só teve um homem na sua vida. Ele falou como se aquilo fosse a oitava maravilha do mundo, e talvez isso pra ele fosse. 
-- Quem disse que foi só um?
-- E não foi? Ele arregalou os olhos e se sentou na cama me olhando sério.
-- Não Justin, não foi.
-- COMO NÃO? Ele estava com  o rosto vermelho, e as veias de seu pescoço estavam aparecendo mais que o normal.
E eu comecei a gargalhar, não foi uma gargalhada normal. Ela saiu mais alta do que o normal, e Justin me olhou confuso.
-- Do que está rindo porra? Ele se levantou e foi para a varanda do quarto, ele estava apenas com uma cueca preta.
-- Justin, eu estava brincando.
-- Justin não porra, AMOR. -- Me chama de amor, ou qualquer outra coisa.
-- Desde quando começou com isso? -- Você nunca foi de apelidos carinhosos.
-- As coisas mudam Charlotte, mas não adianta mudar de assunto.
-- Não estou mudando. Dei de ombros e voltei para cama.
-- Fui ou não o único? 
-- Você sabe que não foi o único que transei, mas aquilo ficou no passado e você sabe disso.
-- Nem me lembre disso, porque eu sinto um ódio que me dá até medo. Ele falou se virando para me olhar.
-- Amor, relaxa, pra mim você foi e sempre será o único.
-- Eu te amo. Ele caminhou até mim e me roubou um celinho.
-- Eu também te amo. Abracei Justin pela cintura.

                  POV Narradora 
                              3 Meses Depois 

O grande dia havia chegado, finalmente Justin e Charlotte iriam se casar.

 

 


Notas Finais


Eai gostaram? Espero que sim :)
Comentem muito se gostarem?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...