História Imagine iludidas// bts - Capítulo 87


Escrita por: ~ e ~Mr_kai_swag

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagines
Visualizações 396
Palavras 998
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse cap foi inspirado em Hungria hip hop ... sorry se ficou uma bosta eu faço é posto pra ver se vcs gostam então se vcs gostam da idéia me digam um cantor oh banda é um dos meninos pra ser o proximo... bjs 😘

Capítulo 87 - Jungkook em Hungria!


Imagine você chega à um restaurante com um lindo vestido vermelho que caía nos ombros,assim que você chegou calmamente você foi para o bar você pediu um copo de whisky. 

Enquanto você bebê você paça o olho por todo o restaurante dai você dá de cara com um asiático muito bonito seus cabelos preto é o mesmo tragava um terno preto ele sorriu fraco é você fez o mesmo. 

          POV KOOKIE 

Assim que aquela bela dama de vestido vermelho entrou no restaurante meu coração bateu muito forte, trocamos olhares até que tive uma ideia, me levanto da minha mesa é vou para o bar me sento ao lado dela a mesma sorriu gentilmente. 

- tá sozinha porquê? - pergunto. 

- nem uma posição pra hoje.- disse bebendo seu whisky. 

- então arrumou alguém pra conversa ..

- oque? 

- veja bem a minha matemática... um é ímpar, três é ímpar mais nós dois é par... - ela sorriu corada.

- ok senhor? 

- jungkook! É o seu?

- S/n ...- disse sorrindo maravilhosamente linda.

- bem, então posso te fazer uma proposta? 

- depende...- disse sorrindo torto.

- esse seu vestido longo me atiça muito... é SABE eu imagino esse seu corpo é o que ele e capaz! Não me leve a mal.. mais quando você apareceu a química bateu..- fiz uma pausa ponho minha mão no seu queixo puxando pra cima.

- continue..- disse corada.

- A noite vai ser bacana... - sussurro no seu ouvidos vejo S/n se arrepiar. - dose de praze é de segundas intenções..- mordo sua orelha de leve.

- mal lhe conheço..- disse no fio de voz.

- vou guarda segredo se rola a sacanagem...- falei sorrindo pra ela.- se algum pergunta foi só um rolê na cidade..- contínuo vejo a mesma pensa. 

- pensa na proposta... é se entra na minha carruagem já sei na  resposta..- digo é me viro encarando o barmam.

          × × ×

- mais uma coisa senhor?

- por favo chega a conta.. é avisa aquela dama de vestido vermelho que eu a espero na carruagem... é feche a conta dela também...

- sim senhor...

Caminho até o estacionamento do restaurante, entro no meu carro é fico encarando o vidro do Banco dr trás,  logo a encaro desfilando calmante até meu carro.

- sabia que ia vir..- disse  é ela me encarou nervosa. 

- hummm... ninguém pôde saber ok.- disse fofinha então concordo. - ok oppa oque você quer? - disse em um tom sensual.

- Primero  na carruagem..depois na hidromassagem... depois agente se entrega de vez na sacanagem.. então você me borra todo com esse seu batom..- falei beijando o vestido enquanto abaixo lentamente a mangá do vestido. 

- e-e depois...?

- E depois? Ah depois eu viajo ao ver você mordendo o edredom..- falei é ela solta um gemido baixinho.

- não é toda vez que isso aconteceu. - ela disse com a voz falha. - Calma baby a vida é uma só pra se arrepende.- falei tirando todo o vestido. 

Sinto meu pau latejar me causando um desconforto, então esqueço os diálogos é tomo seus lábios um beijo ferozmente sua línguas era um par perfeita na minha, ela me jogou no banco me fazendo deita a mesma tirou meu palito e em seguida a camisa branca.

- no outro dia me esquece..- ela disse ofegante. 

- vou tentar..- falei ofegante sentido sua intimidade se chocar no meu pau que não parava de latejar. 

Ela não fala mais nada apenas me beija, então passo minhas mãos pelas costas dela até encontra o fecho do sutiã, abri o mesmo tendo uma linda visão dos peitos fartos é durinhos da S/n apalpo eles na minha mão enquanto a mesma cavalgava no meu menbro. 

- hmmm...- gemi entre o beijo, nos separamos por falta de ar então ela sorriu maliciosa é desceu abaixando minhas calças. - você quer uma brincadeira agora daddy ou..- não a deixo fala apenas troco de posição a jogando no banco tendo a maravilhosa visão dos seus peitos pulando praticamente na minha cara.

- por hora o daddy vai ser direto... mais lembre-se têm a hidromassagem..- sorri malicioso, tiro sua calcinha redada preta, me estico até o porta luvas  é escuto a mesma fala com um sorrisinho.

- jontex no porta luvas.- disse rindo, apenas dou de ombro abro o envelope é visto o presevartivo. - calma não vai dor...- falei é sen delongas me enterro dentro dela gemenos em uníssono.

- Aw-wn-n j-jun-gko-ok...- geme arranhando minhad costas.- céus c-co-m-o você e-e gr-an-de...- disse entre gemido me fazendo geme o nome dela alto.

- t-ô... precisa-ndo m-ais dis-so..- gemi alto indo mais fundo acho que acertei o ponto dela pois a mesma mordeu meu ombro com força me fazendo geme de dor e prazer.

- Kook e-eu v-ou ...- ela gemeu é logo se desfez em mim...

Um..

Dois..

Três..

Quatros.. estocadas é eu gozo caindo em cima dela, meu suor escorri pela testa é costa.

- sorte que o fumê esconde...- ela disse rindo. 

- carro na garagem é sem risco..- respondo.

- meu Deus eu nunca fiz isso com um desconhecido... o quê porra você têm senhor jeon jungkook? 

Rimos.

- aonde paro as dona vira fã.- falei é ela me deu um tapa envoluntario.- idiota...!

- algo em você me chamou muita atenção... 

- tipo que senhor? 

- eu me julgava sábio cai na armadilha quando provei dos teus lábios...- respondi. 

- não fale isso ...-ela disse corando escondendo o rosto no meu pescoço. - sério foi tipo cheque mate onde eu fui pego de surpresa..- contínuo. 

- eu...

- eu acho que o culpido que me acerta... acho que ele quer me fazer de bobo..

- não... pode ser mal nos conhecemos..

- meu coração falta uma peça...

- eu acho que ESTOU fazendo papel de refém nisso tudo ...- disse sem entender nada. 

- .... tanto faz com o tempo você entender... vamos pra minha hidromassagem...!

- tudo bem....

 


Notas Finais


Então???? Eu tô cm o cú na mão!! Tipo eu acho que tá muito ruim mais né..... é o que temo pra hj!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...