História Imagine Jay Park ( SOLO ) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jay Park
Personagens Jay Park
Tags Jay Park
Visualizações 166
Palavras 1.538
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


boa noite amores meus...

Capítulo 4 - Cap 3


Jay Park

Continuamos no restaurante e a s/n ria de todas as piadas idiotas do LOCO, e pra completar eu não conseguia tirar os olhos dela.

Gray:  a gente podia curtir um pouquinho, hum ? – fala olhando todos da mesa.

Jay: conheço uma boate aqui perto que é bastante conhecida, o que acha de irmos la? –falo olhando Gray.

Gray: ah, vamos então. –fala olhando todos.

s/n: então meninos, me despeço aqui de vocês, tenho que ir. – fala e me lembro do pirralho.

Jay: porque? – olho a mesma.

s/n: porque vou adiantar alguns trabalhos para voltar pra coréia com B.I – fala olhando o celular.

Jay: pensei que iria passar uma semana comigo. 

s/n: eu vou, mas também vou passar com ele, vou ter que revezar entre você e eles, fui contratada para tirar foto de vocês, e depois disso volto com ele.

Jay: entendo, mas não estou com pressa pra receber as fotos, você pode me mandar depois, agora sai com a gente, hum? – fala fazendo uma cara fofa.

Gray: é s/nzinha vem com a gente? – faz bico.

s/n: ah não sei – fala indecisa – estou cansada.

Jay: se fosse o pirralho. – falo baixo mas ela escuta.

s/n: ta bom, eu vou. –fala se levantando.

 

Saímos do restaurante e fomos em direção a boate, que não ficava muito longe, quando chegamos entramos e fomos para a área vip, s/n foi logo sentando em um sofá que tinha la e os meninos aproveitaram uma mesa que tinha perto e ficaram la, o garçom atendeu eles e saiu.

Jay: Yahhh, o que você faz tanto nesse celular. – falo me jogando no sofá ao lado dela.

s/n: trabalho, consigo editar as fotos por aqui e fazer um adiantamento para meu editor, gosto de trabalhar na edição das fotos, embora não precise. – fala enquanto mostra o que faz.

Jay: ahh interessante.

Gray: vocês dois não vão beber nada não? – fala sentando no meio de nos dois.

Jay e s/n: sim. – levanto e vou em direção a mesa, pego dois copos e coloco a bebida que tinha na mesa, volto e dou o copo pra s/n.

s/n: obrigada. – pega o copo.

Passamos um tempo conversando sobre coisas aleatórias, e descobri varias coisas dela.

?????: não vai me apresentar sua nova namorada Jay? – olho para a pessoa e vejo Simon.

Jay: yah, quando chegou? – falo levantando e puxando o mesmo para um aperto de mão.

Simon: hoje, quase a uns minutos atrás, pra ser mais exato. – fala olhando o relógio em seu pulso. – mas quem é a garota ?

Jay: essa aqui é s/n, minha fotografa. – falo olhando pra ela. – s/n esse aqui é o Simon.

s/n: prazer. – fala apertando a mão de Simon.

Simon: prazer é meu, bom vou ver se acho o resto por ai, se divirtam crianças.  – ele fala e s/n sorri.

 

Ela continua no celular e isso me da uma idéia.

 

s/n: yahhh me devolve. – fala quando pego seu celular.

Jay: vamos dançar, ai penso se devolvo. – falo indo em direção a pista.

Ela vem ate aonde eu estava parado, me olho com o rosto corado.

s/n: um dança.

Começa a tocar Rihanna - Pour It Up

 

Jay: uhhhh, ótima musica. – me aproximo dela e a puxo pra mais perto, a mesma vai se virando se encostando mais ainda e remexendo bem o quadril, solto um sorriso ao perceber a situação ela estava provocando, ficamos dançando ate que a musica acaba.

 

s/n: a musica acabou.  – fala se virando e me olhando.

Jay: mais eu não. – fala colocando a mão na nuca da mesma e a beijo, um beijo cheio de luxuria e desejo, a mesma retribui. – a gente podia se divertir em outro lugar o que acha? – olho a mesma com malicia, e saiu puxando ela ate o banheiro.

 

Entramos sem dar muita importância pra quem estava la, entramos numa cabine e fecho a porta com certa dificuldade, por sorte a cabine não estava suja, olho a mesma e a pego no colo ela enrola as perna na minha cintura e continua o beijo, apoio ela na parede e vou beijando seu pescoço.

 

Jay: acho que escolhi um péssimo lugar. – falo e ela concorda com a cabeça. – vamos pro hotel. – saiu puxando ela de novo, e de longe vejo o Gray com uma garota, faço um sinal pra ele, dizendo que estava saindo e ele entendi.

 

Saímos e parecia que a sorte estava ao nosso lado tinha um taxi parado bem na nossa frente, entramos rápido e disse o destino do hotel.

 

Jay: te pago o dobro e você não escutou nada aqui atrás. – falo ao motorista que olha entendo o recado.

 

Pego ela e a sento em meu colo, faço com que ela sinta minha ereção e a mesma geme no meu ouvido, não ia dar pra fazer muita coisa, só ia brincar com ela, sinto a mão dela passar pelo meu abdômen e descer ate a barra da minha calça, ela vai abrindo com calma, e quando vou ver ela esta massageando meu membro por cima da cueca.

 

Jay: ahh s/n. – dou um gemido baixo em seu ouvido e seguro sua cintura com força.

 

 

Ela vai intensificando os movimentos, ate que sinto sua mão entrar em contato com meu membro, sinto uma corrente elétrica pelo corpo, nunca tinha sentido isso antes, acabo me desligando do que estava acontecendo e saio de mim, ate que começo a sentir meu ápice chegar.

 

 

Jay: e-eu vou-u g-ooz-aar. – falo em seu ouvido e sinto ela se arrepiar.

 

Taxista: chegamos. – fala cortando todo o clima,  s/n desce do carro e eu pago a corrida e dou uns trocados a mais, fomos entrando as pressas no hotel, pegamos o elevador que chegou rápido ao nosso andar, vou procurando a chave do quarto mais não acho.

 

s/n: hurm hurm. – fala balançando a chave do quarto dela, ela abre a porta e vou entrando agarrado a cintura dela, fecho a porta com o pé, e vou a guiando ate a cama. – não acha melhor fechar a porta de chave, só encostar com o pé não vai dar certo.

 

Jay: porque aquele pirralho vai invadir o seu quarto ?

 

s/n: esta com ciúmes de Hanbin ? – fala rindo.

 

Jay: não. – falo indo trancar a porta.

 

Quando me viro encontro a mesma deitada no meio da cama, vou em direção a ela a puxando pra beirada e me deitando em cima dela a beijando, vou descendo e paro na barra da calça dela, abrindo e tirando a mesma, ela me ajuda a tirar, e logo depois arranca a blusa que estava vestindo, ficando só de calcinha e sutiã na minha frente, vou tirando a roupa com a ajuda dela,  voltamos a deitar na cama, vou beijando seu corpo.

 

s/n: deixa eu tirar meu sutiã, porque é meio difícil de tirar. – fala e solto uma risada.

 

Jay: qual? Esse aqui. – jogo esse sutiã no chão.

 

s/n: cara tu é um ninja, nem senti. – olho para ela e começo a rir.

 

Começo a chupar seu seio , ela passa mão em meu cabelo vou distribuindo chupões ate chegar a sua calcinha, vou tirando devagar e já vendo sua situação.

 

Jay: mal começamos e já esta assim toda molhada. – ela me olha e sorri.

 

Vou ate sua intimidade e passo o dedo devagar, depois vou distribuindo beijos pela sua coxa ate chegar ao meio de suas pernas, começo chupando e escuto ela gemer e arquear as costas.

 

s/n: meus deus.

 

Jay: deus não vai te ajudar agora. – falo entre suas pernas e continuo a chupar ela com vontade, ate que percebo ela chegar ao seu ápice, e gozando em minha boca, volto para cima e ela me puxa para um beijo não se importando em sentir seu gosto, me posiciono em sua entrada e vou entrando devagar, sinto ela arranhar minhas costas.

 

s/n:  awmm mais rápido. – fala entre gemidos.

Jay: com todo prazer. – vou dando fortes estocadas sem se importar com o barulho que estamos fazendo, ela inverte a posição ficando por cima e sentando devagar me deixando  enlouquecido. - eu quero de quatro.  A viro com tudo fazendo o que ela pediu e coloco com tudo fazendo ela soltar um gemido de dor.

 

Ficamos ali por mais alguns minutos ate sinto as paredes dela se contrair e ela chegar ao seu ápice logo depois, depois de umas estocadas chego ao meu, logo caindo ao lado dela.

 

s/n: preciso de um banho. – fala se levantando e indo para o banheiro, e eu indo logo atrás, tomamos banho juntos e voltamos para nos deitar pelados.

 

 

Jay: segundo round?- a olho e a mesma se assusta. – brincadeira, vem ca. – digo a puxando e a deitando no meu peito.

 

s/n: acho que foi a primeira vez que fiquei com alguém sem ser tão próxima.

 

Jay: primeira de muitas. – ela me olha com um sorriso. – quero que fique so comigo a partir de agora.  Fala fazendo carinho em sua cabeça.

 

s/n: Jay. – ela me olha. – não acha que esta cedo pra isso.

 

Jay: não, quero que você seja minha.

 

s/n: depois a gente conversa sobre isso, boa noite.

 

Jay: boa noite. – puxo seu queixo e selo nossos lábios.

 

 

Ela adormeci e fico olhando cada detalhe do seu rosto.

 

Jay: você vai ser minha, só minha. 

 

 

 Continua....


Notas Finais


gente me desculpe qualquer erro e não sou boa em lemonada viu... e pfvr me indiquem fiques de preferia do Jay ou de universo ABO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...