História Imagine jeon Jungkook - ( incesto) - sweet and dangerous - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 892
Palavras 916
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Haaa mais um capítulo para vocês ❤

Obrigada pelos 158 favoritos 😍 eu tô tão feliz.

Boa tarde❤

Capítulo 27 - Capítulo 27


Fanfic / Fanfiction Imagine jeon Jungkook - ( incesto) - sweet and dangerous - Capítulo 27 - Capítulo 27

Pov's (s/n) on

Já era noite quando fui para o bardrinks, estava tudo arrumado e ja tinha aberto o bar ,estava aguardando os clientes um em especial.

Estava arrumando a sonoplastia quando escuto uma voz insuportável atrás de mim.

- olha quem chegou mais cedo hoje.- falou em tom de deboche.

- pois é né.

- como está Jungkook? - fala irônica

- melhor impossível, é Jackson? - falo no mesmo tom

- ótimo, ele me pediu em namoro ontem olha aqui a aliança - mostrou a mão direita.

- sério, ele é rápido em - debochei.

- sim, ele arranjou coisa melhor né -  ri.

- é acho que depois do fora que eu dei nele, ele ficou sem opção.

- como assim? Para de ser invejosa.

- ha seu namoradinho não te contou que pediu pra voltar comigo ontem? -  falo sarcástica.

- você é uma vadia mesmo.

- meu amor relaxa pode ficar com ele, eu estou em outra muito melhor.

Lisa saiu furiosa batendo a porta, é aquele velho ditado "quem fala o que quer escuta o que não quer".

Fui me arrumar já que estava quase na hora de começar o espediente.

Entro no camarim é começo a vestir minha langerie quando escuto a porta abrir, olho para trás assustada.

- aish....Jungkook você me assustou!.

- desculpa eu não sabia que você estava.....

- seminua?

-eu ia falar trocando de roupa mas se você quer chamar assim...

- ok... Agora pode sair.

-porque? Eu estou ótimo aqui.

- será que é porque esse é meu camarim?

- pode continuar nem vai perceber que estou aqui.- ri malicioso me fitando.

- você é um tarado - Ri

- não fala isso eu estou quieto, eu nem te agarrei ainda.

- e nem vai.

- ue porque baby girl?

- estamos no meu trabalho.

- já fizemos coisas piores aqui.

- ri.- você não presta Jungkook.

- você também não.

- tá mas agora o que você veio fazer aqui?.- falei terminando de me trocar.

- vim te ver como todos os dias ué.- me fitou mordendo o lábio.

- mas eu sei que você quer alguma coisa.

- como você leu meus pensamentos?

- há é um dom - ri.

- eu queria te convidar para sair hoje.

- tá bom, eu também tenho que te falar uma coisa.

- pode falar.

-calma daddy.

- sabia que me dá uma tesão do caralho quando você me chama assim.

- há é mesmo? E se eu fizer isso.- me sentei em seu colo.

- aí e sacanagem.

- e isso!  - falei selando seus lábios.

- você é o demônio garota- falou entre o beijo.

- e você gosta disso.

- muito.

Pov's (s/n) off

Pov's Sun hee on

- mamãe eu estou falando sério parece até o destino.

- que bom minha filha,agora vou ter mas uma netinha.

- pois é mamãe quem diria que eu ia encontrar chung-ho, e ainda mas que ele tem uma filha

- e você como ficou quando o viu?

- ah mamãe eu fiquei normal.

- sei, você ainda é apaixonada por ele.

- não sou mamãe.

- quero ver isso no almoço domingo.

- estou ansiosa pra conhecer a filha dele é ele para conhecer Jungkook.

- que bom que está dando tudo certo.

- mamãe será que eles vão se dar bem?

- quem?

- Jungkook e a filha do chung-ho?

- não sei minha filha, você sabe como Jungkook é.

- sei mamãe, eu queria que alguém mudasse esse jeito dele.

- ele está com uma garota, quem sabe seja essa que vai domar a fera - ri.

- tomara, mamãe.

-Vamos dormir minha filha que eu estou cansada.

- claro mamãe, vamos.

Pov's Sun hee off

Pov's Jungkook on

Estava no camarim de (s/n) esperando ela se trocar e meus Deus já faziam 30 minutos.

- baby girl porque tá demorando tanto para se vestir, você sabe que eu prefiro você sem elas.- ri.

- ri. - calma gatinho eu já estou pronta.

Meus Deus como ela estava linda.

- você está maravilhosa.

- Obrigada. - corou colocando uma mecha de seu cabelo atrás dá orelha.

- vamos?

- sim

(S/n) e eu saímos do bar e fomos para meu carro, a levei para um restaurante no centro de Seul.

O lugar era bem perfumado cheio de rosas e velas.

- nossa, que lugar lindo.- puxei a cadeira pra ela sentar.

- hoje é um dia especial.

- ah e  porque?

- queria te fazer uma pergunta.

- pois faça -  ri.

Segurei sua mão tomando coragem para falar.

- você sabe quanto é 19 3 1 ?

- oi ? - ri

- responde.

- 23.

- não.

- não está certo?

- não, 19 letras, 3 palavras, e 1 pedido.

- você tá parecendo um louco sabia -  ri

- quer namorar comigo ?

Após fazer a pergunta ela arregalou os olhos e não disse um palavra.

- ..........

- olha foi muito difícil pra mim fazer isso, eu acho que estou gostando mesmo de você.

- você tá falando sério?

- muito sério.

- Jungkook.... É....eu nem sei o que te dizer.

- e só dizer que sim.

- é que ... Eu preciso pensar.

- pensar..... Tá bom...

Um silêncio se fez no lugar.

- é....

- então o que você queria conversar comigo?

- há é que eu não vou poder ir no almoço com você domingo.

- mas porque?

- e que meu pai me chamou para um almoço que vai ter justamente esse domingo.

- há não baby girl.

- desculpa, mas meu pai disse que é importante.

- há tudo bem...

- vamos marcar outro dia?

- vamos sim.

- JUNGKOOK...

- o que foi?

- você colocando a mão debaixo do meu vestido seu tarado.

- eu estou louco para te tocar baby girl - chegou perto do meu pescoço e sussurrou em meu ouvido - eu deixo você ser meu daddy hoje.

Aquela garota adorava me provocar , e eu adorava ser provocado.

Saímos do restaurante é entramos no meu carro.

- para onde você quer ir baby girl.

- me surpreenda daddy.

Pov's Jungkook 


Notas Finais


Até amanhã meus amores ❤

Agradeço a todos que acompanham a fic 💙💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...