História Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Idol, Imagine, Imagine Jungkook, In Love, Jeon Jungkook, K-idol, K-pop
Exibições 459
Palavras 739
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heeeyy!!!
Desculpa por ter sumido por tantos dias 😕😕😕
Mas irei recompensa-los logo, logo. 😊

Boa leitura meus amores!! ❤❤❤

Capítulo 18 - Minha família parte 3 (final)


Fanfic / Fanfiction Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 18 - Minha família parte 3 (final)

     JungKook POV

  - O que você quer dizer com diversão?

  - Vou ter mais gente para participar das minhas brincadeirinhas suicidas.

  - Tem certeza que deseja fazer isso? – Pergunto com a sobrancelha arqueada.

  - Você está querendo o que garoto?

  - Quero ver até onde você pode chegar com isso.

  - Sinto que você está a fim de me desafiar.

  - Não estou querendo insinuar isso. Só quero que fiquei claro que as minhas brincadeirinhas são melhores.

  Ele começa a olhar pra mim, mas logo se distrai com a ______.

  Tiro o celular do bolso e mando rapidamente uma mensagem para o meu motorista.

~ Mensagem on ~

Rastreie o meu celular e venha o mais rápido possível com a minha arma. Quando chegar onde estou, dê um disparo.

~ Mensagem off ~

  - JungKook.... - ______ diz com lágrimas em seus olhos.

  - Tudo vai ficar tudo bem meu amor. – Digo passando a mão pelo seu cabelo, acariciando-o.

  - Ah.... ______! Vai lá ver a sua mãe.... – O pai da ____ rapidamente vira o olhar para ela.

  - ....... – Ela apenas me olha e começa a chorar mais.

  - Qual é o seu problema em cara? – Pergunto sério.

  - No momento, você está sendo meu problema. Estou me segurando para não matar você. Na verdade, seria injusto eu te matar, eu quero algo um pouco justo.

  Ele larga a arma e pega duas facas.

  - Vamos ver quem ganha. – Ele sorri.

  - Eu não vou fazer isso.

  - Ficou com medo?

  BANG (Ouço um disparo)

- Eu gosto de uma luta injusta. – Digo sorrindo.

  - O que foi isso? – O pai da _____ começa a se preocupar.

   Não percebo muito o que começa a fazer, pois foco toda minha atenção na _______.

  - Ei..... – Digo abraçando-a.

  Meu coração começa a doer de vê-la chorando tanto assim. Esse cara vai pagar por fazer a minha menina chorar.

  - Fodeu.... – O pai da _______ começa a pegar as coisas dele e procura um lugar na casa para se esconder.

  - Ah, agora que eu iria iniciar a minha brincadeira, você está indo se esconder?! – Digo rindo.

  - Brinque a vontade, mas saiba que você vai ser preso. – Ele ri abrindo a janela dos fundos.

  - Parado aí. – Ouço uma voz grossa atrás de mim.

  - Hum....? – Me viro e vejo alguns policiais e meu motorista.

  O policial não dá atenção para mim. Ele vai logo em direção ao pai da ______, que rapidamente pega sua arma e aponta para o policial.

  - Não se aproxime! – Ele diz.

  - Atire! – O policial falou. – Se conseguir me matar com isso, meus companheiros de darão um prêmio.
O pai da _____ fica sério, mas não atira.

  - Vai se entregar ou teremos que ter uma figa antes? – Um outro policial diz rindo.

  - Covarde. – O policial mais alto diz. – É apenas um cara bêbado, que acha que com uma arma consegue ser mais forte que os outros.

  - Cala a boca! – O pai da _____ diz.

  - Devo mesmo me calar? Isso significa que estou certo?!

  - Cala a merda de boca, se não, eu mesmo faço você calar. – O pai da ______ começa a ficar trêmulo.

  - Antes, eu preciso saber de uma coisa.

  - ......

  - Você matou alguém nessa casa?

  - ....... – O pai da _______ começa a encarar a mesma com um olhar sério.

  - Responda a minha pergunta. – O policial diz um pouco irritado.

  - ....... – Ele não diz nada, fica apenas encarando a _______.

  - Já que não vai me responder....Morra!

   O policial puxa o gatilho e atira. Cubro os olhos da ______ com a mão, mas mesma retira e olha para seu pai morrendo lentamente.

  - N-Não. – O pai da _____ diz e acaba morrendo.

  - Ah, ele não matou ninguém. – O outro policial diz.

  - Estranho. – Diz o policial mais alto.

  - O que?

  - A blusa dele está coberta de sangue.... – O policial logo começa a olhar o corpo. – Entendi.

  - O que? – Os policiais se aproximam do corpo.

  - Ele já ia morrer, estava ferido. Ele levou um tiro de alguém.

  - Mãe... - ______ diz baixinho.





Notas Finais


Não consigo parar de ouvir Blood Sweat & tears ;--; Alguém me helpa.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...