História Imagine Jeon Jungkook (The Killer ) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Mistério, Paixão, Suspense, Tragedia, Traição
Visualizações 175
Palavras 935
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei com mais um capítulo
Espero q gostem
Um BJ no kokoro❤

Capítulo 6 - Ciúmes de VC


Fanfic / Fanfiction Imagine Jeon Jungkook (The Killer ) - Capítulo 6 - Ciúmes de VC

Eu acordo no dia seguinte, ainda pensando no que Jimin me disse. Não fui na aula nesse dia, nem falei com Jungkook, só fiquei deitada na cama,olhando minhas fotos de quando eu era pequena. Uma foto me chama atenção, vejo um homem do lado da minha mãe,e uma criança no colo dela,e eu no colo do homem.Eles eram bem jovem, aquele criança me pareceia familiar, eu poderia jurar que era Tae ali comigo.Mas eu ignorei, e passsei a foto, vejo o mesmo homem na outra foto, só que ele estava com a minha mãe,ela grávida ,e ele beijando a barriga dela, olhei novamente, e vi que não era meu pai,eles estavam no colegial, eu sei que a minha mãe engravidou de min cedo, mas na época ela tinha 18,e ela me teve com 20,ela não poderia ter tido um caso antes, não que eu sabá.Eu queria tanto ir até Jimin, e perguntar se ele conhecia esse homens, mas eu não estava cem por-cento,então eu fecho o álbum e volto a dormi. Acordo com o barulho na porta, ando até lá, e abro, quanto vejo, tenho uma surpresa

-Oii,por que não foi na aula hoje?Sai mais cedo, sô pra te ver

-Como tu me acho?

-Tenho meus contatinhos.

-Só VC mesmo Tae, vamos,entre

Eu acordo no dia seguinte, ainda pensando no que Jimin me disse. Não fui na aula nesse dia, nem falei com Jungkook, só fiquei deitada na cama,olhando minhas fotos de quando eu era pequena. Uma foto me chama atenção, vejo um homem do lado da minha mãe,e uma criança no colo dela,e eu no colo do homem.Eles eram bem jovem, aquele criança me pareceia familiar, eu poderia jurar que era Tae ali comigo.Mas eu ignorei, e passsei a foto, vejo o mesmo homem na outra foto, só que ele estava com a minha mãe,ela grávida ,e ele beijando a barriga dela, olhei novamente, e vi que não era meu pai,eles estavam no colegial, eu sei que a minha mãe engravidou de mim cedo, mas na época ela tinha 18,e ela me teve com 20,ela não poderia ter tido um caso antes, não que eu saiba.Eu queria tanto ir até Jimin, e perguntar se ele conhecia esse homens, mas eu não estava cem por-cento,então eu fecho o álbum e volto a dormi. Acordo com o barulho na porta, ando até lá, e abro, quanto vejo, tenho uma surpresa

-Oii,por que não foi na aula hoje?Sai mais cedo, só pra te ver

-Como tu me acho?

-Tenho meus contatinhos.

-Só VC mesmo Tae, vamos,entre

Convidei ele pra entrar, ele disse que tinha prova, semana que vem, de inglês,entrei em pânico, mas pra minha sorte, ele tinha me explicado a matéria, ele é muito bom nisso, perguntei com quem ele tinha aprendido a falar inglês,o mesmo me diz quem foi com o seu pai, pois as vezes ele tinha que atender aos clientes do seu pai, e a maioria era americano,então ele foi melhorando.Eu entendi a matéria, depois dele me explicar, fomos olhar filme, eu falai pra ele me esperar na sala, pois ia tomar banho, peguei minhas roupas e fui pro banheiro. Demorei uns 30 minutos, quando eu fui me secar, percebo que tinha esquecido a toalha no meu quarto,eu não podia ir lá pegar, Tae estava aqui, eu só tive uma escolha

-Taeeeeeeeeeee

-Aii,meu deus,que foi mulher?

-Pega a minha toalha, tá no meu quarto, por favor?

-O-ok

Espero ele pegar minha toalha, quando ele bate na porta ,eu abro e pego a toalha, só que eu abri a porta um pouco mais do que devia, Deixo meu corpo nu avista, quando percebo Tae corar, fecho a porta e começo a me secar. Quando termino, tomo coragem e abro a porta do banheiro, deixo a toalha no banheiro, não vejo Tae em lugar algum, olho em volta e vejo a porta da sala aberta, me pergunto se ele foi embora, vou até lá fechar e escuto a voz do Jungkook, e  a voz do Tae?

-Olha Jungkook, não encosta um dedo nela, entendeu? Eu sei o que ele quer, então é melhor VC ficar longe dela, ou VC vai acabar morto

-Eu sei, mas eu amo ela,não vou machucar ela,nunca, nunca mesmo, não se preocupe

-Olha, é primeira vez que eu vejo, ela depois de anos, então, por favor, fica longe dela 

Quando eu vou entrar, acabo caindo, e ambos  ficam nervoso, Tae sai correndo pra me ajudar, e Jungkook, fica me olhando

-VC ta bem?

-Sim, estou, obrigada por perguntar V

-Imagina princesa

Vejo que Jungkook me olha com tristeza e entra pra dentro, eu e Tae tambem entramos

-É melhor eu ir pra casa, vê se estuda, OK?

-Pode deixar, vou estudar muito.Humm,Tae, nada, pode ir

-S/N VC ouviu alguma coisa da nossa conversa?

-Não, pq?

-Não, nada, bom até amanhã, não se esquece, amanhã nos vamos sair,  hoje é sexta

-Aham, OK,então ate amanhã

Tae vai embora, e  eu fico pensando no que eles tavam falando,então eu vou até a casa dele.Bato em sua porta, e ele abra, me encarra e fecha a porta

-Ei, abre essa merda, eu não te fiz nada, agora abre isso

-Não, estou ocupado,vai embora

-OK, EU VOU, SÓ NÃO FALA MAIS COMIGO, OK?

Caminho até a minha porta, abro ,e quando vou entrar, sinto alguém me puxando, vejo Jungkook, mas ele estava chorando, eu não entendi, mas eu o abracei, e ele surrura no meu ouvido

-Eu estava com ciúmes, VC é minha pequena, eu não quero te perder

-Kookie

-S/N,eu posso....

-Sim, pode

Ele sela meus lábios com o dele,num beijo calmo e doce, quando separamos nossos lábios, ele me olha e me abraça, eu não tava entendo nada, a verdadeira razão pelo qual eu chamei kookie, era pra perguntar sobre aquela conversa, mas eu achei melhor não perguntar, e ficar assim


Notas Finais


Próxima capítulo, continuação desse
Um BJ no kokoro❤😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...