História Imagine Jimin - Melhores amigos. Será? ❤ - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine Jimin, Melhores Amigos, Romance, Sera, Vkook
Exibições 129
Palavras 1.421
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiee!

Eu queria pedir perdão por demorar, mas eu tava tipo MUITO sem idéias pra escrever.

Primeiramente:

Eu não fiz exatamente como vocês me pediram pra fazer o capítulo, maas vai ter o que todos esperam em todos os imagines que são pra mais de 🔞.
Sim, é isso que você esta pensando! 🌚

Segundamente:

Eu não fiz "treta".

"Por que Vic? "

Porque, eu já fiz o "hentai" e pro capítulo não ficar pior do que já está, eu não fiz. Porque eu sou ruim em praticamente tudo. Então eu espero que me perdoem por isso okay?!

Terceiramente:

Esse é meu primeiro "Hot" (como vários dizem), então esperam que me entendo se ficar muito ruim tá?!

Quartamente:

Não coloquem uva passa na Ceia de Natal!
Ah, aproveitando o assunto de Natal, eu queria avisar a vocês que eu não vou postar capítulo nem dessa nem da Taekook (pra quem lê), pois nessa sexta-feira eu vou pro meu pai, e acontece que lá não tem internet, então eu começarei de novo só depois de Janeiro do ano que vem! Sorry S2.

Mais uma vez, perdão se ficar ruim, espero que entendem, é minha primeira vez escrevendo isso.

Boa leitura, se tiver erros, não liguem, eu estou pelo celular pois meu NoteBook, está ainda no concerto.

Capítulo 14 - Seu presente de aniversário...


Fanfic / Fanfiction Imagine Jimin - Melhores amigos. Será? ❤ - Capítulo 14 - Seu presente de aniversário...

LEIAM  AS  NOTAS  DO  AUTOR. OBRIGADA. ♥

            P. O. V  Jimin

Bom, você deve  estar  se  perguntando  o  porque  de  eu  ter  ignorado  a  s/n  hoje.

Em  primeiro  lugar, não  é um  motivo  ruim, eu  não  estou trainda  ela  nem  nada. Longe  de mim, pra  falar  e  verdade, é um  motivo  bem bom  até. Calma, eu  vou  explicar.

Amanhã é o  aniversário  de  s/n, e  como um bom namorado que sou, eu queria ser o primeiro a  presenteá-la. Eu  comprei  aqui  em  Vegas mesmo. É uma  correntinha  com  nossas  iniciais, J  e __, banhada  a  ouro. Era realmente muito linda. Iria dar hoje as 00:00.

Enfim, quando eu  vi  a  carinha  da s/n  por  eu  não ter  nem  conversado com  ela  hoje, me  deu  dó, queria muito  abraçá-la  e  dizer  que  era  por uma  boa  causa  e  que  ela  iria  gostar  muito. Mas  se  eu  falasse  com  ela  hoje, eu  ficaria  nervoso  por estar  escondendo  alguma  coisa, e  acabaria  falando alguma  coisa  que  me  entregaria, então  eu  me  segurei.

Bom, já  são 20:30 da noite e, bem.. Eu não estou onde eu queria estar. 

Enquanto eu  estava  voltando  para  o  hotel, acabei  encontrando  um "amigo" aqui. Pra  falar  a  verdade, junca  gostei dele.

"Ah, mas  você não  está  na  Coreia, como  encontra  amigos  até aqui? "

Pois  é, eu  também não sei. Bom, neste  exato  momento  estou em  um  bar  com  esse  amigo. Antes  de qualquer coisa, eu  tenho  essa  mania  de  aceitar  tudo  para  as  pessoas  não  me  acharem  mal-educadas, mesmo  que  eu  não  goste  delas.

Tomei tanto Soju, que  eu  mal  sei  onde  'tô  agora. Nem  eu  entendo  o  que  eu  falo, e  o  barman já  não veio  mais me  atender. Agora  meu  amigo  tá  falando  da  vida  amorosa  dele, que  é uma  merda  e  blá  blá, blá..

Por  apenas  um  momento, me  liguei  de  onde  eu  estava  e, o que  estava  acontecendo e  me  levantei. Todos  que  estavam  ali  perto me  olharam, saí  correndo  dali  o  mais rápido  possível deixando  Dak  Ho  falando  sozinho. Fui  em  direção ao  hotel  o  mais  rápido que  consegui. Tropeçava  em  meus  próprios pés e  esbarrava  em  tudo  e  todos  no  meio da  rua. Quando  cheguei, demorei  uns 15 minutos para conseguir pegar a chave do meu quarto no bolso traseiro e mais uns 10 tentando abrir a porta. 

Entrei e  Fechei  a  porta em  um empurrão. Tentei tirar meus sapatos, porém me enrolei e acabei caindo de cara no chão. E nesse mesmo momento, s/n abriu a porta se deparando com um idiota, vulgo eu, bêbado e beijando o chão. 

- O  que  é isso  Jimin? - Pergunta  fechando  a  porta - Eu  não 'tô  acreditando  que  você tá  bêbado! - Larga  suas  coisas  na  estante.

Eu  tento  levantar  mas  é em  vão. Resmungo  alguma  coisa  que  nem  mesmo  eu  entendi, e  s/n  veio  me  ajudar  a  levantar.

Me  colocou  de  pé  com  bastante  esforço pelo  fato que  eu  sou  muito  pesado e  passou  meu  braço pelo  seu  pescoço. Me  leva  ao  banheiro  e  me  pôe  sentado  no  vaso  e  começa  a  tirar  minha  roupa  me  deixando  apenas  com  uma  bix  branca. Vejo  que  a  mesma  fica  com  o  rosto  ruborisado. Dou  uma  pequena  risada e  a  puxo pela  cintura, a  deixando  mais  perto e  começando  a  dar  pequenos  beijos  em  seu  pescoço.

- Não  Jimin! Primeiro banho! - Fala autoritária e se afasta. 

Me  puxa  para  ficar  em  pé, liga  o  chuveiro  na  água  fria  logo  me  enfiando ali  em  baixo.

- Jimin, eu  ainda  não  to  acreditando  que  você ta  bêbado! Com  quem  foi? Espero que  nem  uma  oiranha  tenha chegado  perto de  você. Se  eu  souber de  alguma  coisa, eu arranco  suas  bolas  e  queimo  suas  roupas. Tá  me  entendendo? Espero  que  sim  porque  eu  não  vou  repetir! Ah, e  você ainda  vai  ter  que  me  explicar  o  por  que  de  ter  me  ignorado  o  dia  todo  hoje! Ouviu seu irresponsável?! - Esbravejava  enquanto  lavava  meus cabelos. 

Eu  já  estava  mais  sóbrio  por  causa  do  banho. E s/n ainda brigava comigo. Oh, ela era tão fofa! 

 - Ai, você vai  ter  que  aprender  a  fazer  pelo menos  arroz  pra poder  sobreviver  e, também arrumar  um  emprego para  sustentar  você, os  seus 24 gatos e 19 cachorros!  Ai.. - Não adeixo terminar tomando seus lábios nos meus. 

A  pego  no  colo  fazendo  a  mesma  entrelaçar  suas  pernas  em  minha  cintura. Separo  o  beijo  pela  falta  de  ar, mas  logo  começo  outro, mais  quente  e  necessitado. Deixo  seus  lábios  indo  para  seu  pescoço, deixando  chupões. Dei-lhe  mais  um  beijo  em  seus  lábios  doces  e  macios. S/n  estava  com  seus  olhos  fechados. 

Tirei  sua  camiseta e  seu  sutiã. Fui  dando  pequenos  beijos  entre  o  vale  de  seus  seios, logo  começando  a  chupá-los. Massageava um enquanto fazia movimentos circulares com a língua na aréola de seu seio direito. Ficava um tempo em um, logo partindo com a boca para o outro, enquanto passava minhas mãos pelo seu corpo. S/n dava gemidos baixinhos. Larguei seus seios e a beijei novamente enquanto massageava sua intimidade. Tirei sua calça, coloquei a calcinha vermelha de renda pro lado e com o dedo comecei a fazer movimentos circulares em seus grandes lábios. Fui descendo beijos por seu corpo até chegar em sua vagina, me ajoelhei, coloquei sua perna esquerda por cima do meu ombro e comecei a dar pequenas lambidas rápidas enquanto olhava para s/n para ver sua reação. 

 - M-mais  r-áápido  J-Jimin... Ah - S/n  gemia  enquanto empurrava minha  cabeça  para  mais  perto. 

Ri  com  isso.

 - Só  se  você me  chamar  de  Oppa. - Dei  um  sorriso  maldoso.

 - Mais  r-rápido  Oppa.. - Falava  as  palavras  arrastadas.

Fiz  como  pedido, e  enquanto  a  chupava, penetrava  dois  dedos em  s/n. Quando  a  mesma  se  desfez em minha boca, subi novamente e a beijei de novo enquanto tirava a única peça de roupa que restava em meu corpo. S/n entrelaçou novamente suas pernas em minha cintura. Eu dava rápidas "pinceladas" com meu membro contra sua vagina fazendo s/n gemer cada vez mais. 

 - Vaai  Jiminnie  Oppa - Falava  entre  gemidos. Eu  também não  estava  me  aguentando.

Enfiei  meu  membro inteiro  devagar  e  esperei  s/n  se  acostumar  com  a  dor. Logo  ela  se  mecheu  avisando que  já  estava  pronta  e, eu  comecei as  estocadas. Primeiro foi  devagar, mas  logo  foi  ganhando  ritmo  e  oiviamos  apenas  nossos  gemidos, com  o  som  de  nossas  peles  se  chocando  e  a  água  caindo.

Quando s/n estava quase gozando, retirei meu membro recebendo um resmungo de reprovação da mesma. Soltei-a e a virei contra a parede gélida do box, deixando a mesma de costas pra mim.

Enfiei novamente meu membro em sua entrada e s/n deu um gemido alto, estoquei forte, e a cada estocada saia um gemido de nossos lábios. S/n gozou e depois de um pequeno tempo foi minha vez.

Estavámos com a respiração pesada, s/n se virou de frente pra mim e me abraçou. Ficamos assim até voltarmos ao normal. Tomamos banho sem malicia alguma, nos secamos e saimos do banheiro entrando no quarto, pegamos uma muda de roupa em nossas malas e nos vestimos. 

Quando vi o horário, era 23:58. Me virei ficando de frente para s/n, que me olhou confusa por estar parado apenas a fitando. Quando deu 00:00 meu relógio de pulso apitou em cima do criado-mudo. Fui no banheiro, peguei a caixinha que estava no bolso do meu moletom e voltei para onde s/n estava. Escndi a caixinha de veludo atrás de mim

 - Jimin, o que você esta fazendo? - Perguntou confusa. 

 - Vira  de  costas, e  fecha  os  olhos - Falo  simples.

 - Como? 

 - Vira  de  costas  e  fecha os  olhos - repito. A  mesma  enclina  a  cabeça para  o  lado, mas  faz  como  o  pedido.

Vou  até  ela, abro  a  caixinha, coloco  seus  cabelos  para  o  lado  e  ponho  a  correntinha  em  seu  pescoço, logo  depois  deixando  um  beijo casto  em  sua  nuca.

- Feliz  aniversário!

A  mesma  vai  até  o  espelho para  ver  o  presente.

 - Meu  Deus  Jimin! Que  lindo! - Sorri  e  se  vira  pra  mim, vindo  em  minha  direção  me  dando  um  abraço  apertado - Obrigada, meu  amor! Obrigada - Me  deu  um  beijo  e  mais  um  abraço. - Te  amo! 

 - Eu  também te  amo! - Dei  um sorriso. 

 - Por  que  me  deu  isso? - Perguntou  olhando  a  correntinha  mais  uma  vez.

 - Bom, como "hoje" - Fiz  aspas  com  os  dedos - É seu  aniversário, eu  queria  ser  o  primeiro  a  te  dar, então  quando  deu 00:00 eu te dei. 

S/n  abriu  mais seu  sorriso e  me  deu  mais  alguns  abraços. Logo  nos  deitamos  e  dormimos  abraçados.

 


Notas Finais


Ai meu Deus que vergonha 😂😂😂

Mais uma vez, peço desculpas se ficou ruim, mas é meu primeiro hentai okay! ♥

E como eu não vou estar aqui nem no natal, e nem no ano novo, vou lhe a desejar um:

Feliz Natal. ♡♡
E um Feliz ano novo! ♥♥

Amo vocês!! Até 2017 ★★

Vários beijos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...