História Imagine Jimin - Um Amor Para Se Guardar - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Park Jimin, Rap Monster, Suga, Você Sofredora
Exibições 116
Palavras 2.345
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Postei antes do dia para compensar meu atraso (pelo menos tentar)
Não vejo a hora de entrar de férias,to precisando! E também terei mais tempo para escrever e postar :3
Boa leitura 😘❤

Capítulo 12 - Tragédia.


Fanfic / Fanfiction Imagine Jimin - Um Amor Para Se Guardar - Capítulo 12 - Tragédia.

~Quebra de tempo de alguns mês ( resumo) ~

Autora narrando:

Tudo ocorria bem,os bilhetes que você recebia na escola antes já não eram mais entregues a ti,sim,as pessoas haviam parado de escrever aquelas coisas chatas,se acostumaram com a sua presença e aceitaram,Yang Mi parou de mexer contigo e com todos,por mais que fosse legal ela estar boazinha,você ainda desconfiava. Os sentimentos de Jimin aumentavam cada vez mais por você,já os seus,não que estivessem diminuindo mas agora sentia algo por uma outra pessoa...Akira,você conversava bastante com ele e já não podia negar que havia despertado certo interesse nele,isso era bom para você,a ideia de ter Jimin apenas como um amigo,agora,parecia ser boa mas não estava disposta a isso,ainda o amava,era confuso mas dava para seguir em frente. Os flashbacks junto com mais algumas coisas já não surtiam efeito pois o seu medo e insegurança aos poucos foram diminuindo,estava conseguindo deixar o passado para trás.

Tudo estava melhorando.

~Quebra de tempo de alguns meses off ~

~~ S/N on ~~

- JIMIN DEVOLVE ESSA BALA AGORA! - Estavamos na cantina,eu tinha comprado balas e essa era a última.

JM - Por que? É de uva...Parece boa. - Ele estava quase abrindo a embalagem.

- ELA É MIINHA! - Dou um tapa em seu braço sem querer,a bala cai e quebra. - Olha o que você fez pabo!

JM - Eu? Você que derrubou!

- Aish! - Avanço em Jimin que segura meus braços rindo.

Suga - São mais infantis que o Taehyung. - Disse nos encarando sério.

Tae - Eu ouvi isso! - Diz emburrado colocando seu braço em volta do pescoço de Sunny.

JM - Fica com raiva não,vem cá pequena. - Estende os braços.

- Acha mesmo que eu vou esquecer da minha bala só porque você quer um abraço? E tá com essa carinha de cachorrinho pidão... - Ele faz eye smile. - Aiiish! - O abraço.

JM - Não há como resistir ao meu Aegyo! - Sorri vitorioso.

Assim que o solto percebo que agora estava sério e fitava alguém, olhei na direção que seu olhar encarava e vi que Jimin estava olhando para Akira que o olhava de volta.

- Ji-Jimin para com isso... - Fico sem graça. - Ele é meu amigo! 

JM - Eu sei,você sempre fala isso...- Revira os olhos.

- Acha que vou trocar a sua amizade pela dele? Jimin você é meu melhor amigo,não sou capaz de fazer isso.

JM - É - Abaixou a cabeça,parecia estar desapontado,falei algo de errado? - Você não vive sem mim! - Levanta a cabeça sorrindo.

- Besta! - Dou um tapa em seu ombro,foi apenas impressão minha.

Logo o sinal toca e vamos todos para nossas devidas salas. Em meio a aula, Sunny me cutuca,estava sentada atrás de mim.

Sunny - S/N que tal irmos no shopping hoje? 

- Parece uma boa,acho que vou sim. - Me viro sorrindo.

Sunny - Ei Sunhee,vamos no shopping hoje,vem com a gente! - Sussurra para não chamar a atenção do professor.

Sunhee - Hoje não vai dar,desculpem meninas,meus pais irão hoje lá para casa.

Mary - Sunhee,vocês não moram com seus pais? É que eu nunca vi eles e você e sua irmã também não falam a respeito.

Sunhee - Não,eles vivem viajando por conta dos negócios da empresa. Eu morava na Tailândia junto com eles e com a minha irmã mas acabamos nos mudando para cá,acharam melhor assim. - Voltou seu olhar para a lousa.

Mary - Ah sim,entendi.

Sunny - Pelo jeito só irá eu,você e a Mary,a Dawon também não vai ir. - Disse com um tom desanimado. 

- Tudo bem,vamos fazer ser um passeio animado! - Digo voltando meu olhar para lousa que já estava com um grande texto para copiar. - Vai ser que horas? - Digo enquanto copio a lição rapidamente.

Sunny - As 15:00 a gente se encontra no ponto próximo a aquela cafeteria que você trabalhava.

- Ah ok!

O tempo foi passando e finalmente o sinal tocou. Fui descendo a escada junto com Kookie e com as meninas.

Kyungsoo - Annyeong denovo gente! - Disse animada.

Jungkook foi na frente conversando com ela,era bom ver que estavão se dando tão bem,neste tempo Kookie mudou bastante,agora era sorridente,confiante e otimista. Acredito que no dia de seu desaparecimento deve ter ocorrido algo a mais,ele e Kyungsoo vivem de segredos,não há o porque de eu tentar descobrir o que foi,já passou e agora ele está bem,certo? A propósito,é fofo vê-los assim,rindo e conversando,quando irão ficar juntos? Já shippei.

JM - S/N!! - Me surpreende com um abraço de urso. Jimin me levantou fazendo com que meus pés não tocassem mais o chão.

- A-ar! - Tento respirar.

JM - Desculpe pequena! - Me coloca no chão. Chimchim anda carinhoso demais,ou talvez não,deve ser apenas impressão minha mesmo. - Vou indo S/A! - Beija minha testa e sai com os meninos.

Fiquei esperando Akira no portão da escola já que ele sempre ía comigo pelo mesmo caminho,somente na volta,era difícil e raro o encontrar para vir para a escola.

Akira - Te fiz esperar muito? Desculpa. - Chega apressado.

- Que nada Akira,não faz nem cinco minutos. - Sorrio gentilmente.

Enquanto andávamos,falávamos de varias coisas como músicas,séries, filmes e livros,tínhamos muito em comum.

Akira - Parece que chegamos. - Paramos em frente à minha casa.

- Nossa,foi bem rápido!

Akira - É... - Ele começa a olhar o chão,estava agindo estranho. - S/N,que tal qualquer dia desses a gente... A gente...Sair junto? - Volta seu olhar para mim.

- Seria muito legal!

Akira - S-sim! - Um sorriso pequeno forma em seus lábios. - Que tal tomar um sorvete?

- Boa ideia,adoro sorvete!

Akira - Certo,qualquer dia desses a gente marca. 

- Por mim tudo bem.

Akira - Tchau S/N! - Ele se aproxima e deposita um beijo em minha bochecha.

- Tchau Akira! - Sorrio corada o vendo partir.

Não que eu estivesse esquecendo Jimin,eu ainda nutro sentimentos por ele,mas agora,é diferente e confuso, ao mesmo tempo que amo Jimin,gosto do Akira,não consigo abandonar meus sentimentos por Jimin,ainda não.

Entrei em casa,comi qualquer coisa,apenas para não ficar com o estômago vazio. Limpei o quarto e fui para o banheiro,tomei um banho bem rápido e vesti uma blusa caída nos ombros com listras pretas e brancas,um short jeans e um par de tênis da cor cinza,para não deixar o cabelo solto como sempre,fiz um rabo de cavalo.

Quando deu 14:30 saí de casa e fui caminhando. Bateu uma nostalgia,afinal,era o caminho que eu fazia quando trabalhava.

Mais algum tempo andando e finalmente cheguei,do outro lado da rua pude ver a cafeteria,a frequência de pessoas entrando era grande,uma pessoa saiu para olhar a rua,era a Sr. Doheon que assim que me viu,sorriu e acenou para mim que acenei de volta. Pelo jeito tudo estava indo bem lá,fico feliz que agora esteja dando certo.

Mary - Ei! - Me assusta.

Sunny - Coitada,assim você a mata!


Começamos a rir e o ônibus chega. Adentramos,achamos alguns bancos vazios e sentamos,começamos a conversar sobre variados assuntos.


Mary - Você está bem empolgada para ir em um shopping. 

- Verdade,não para de sorrir,é uma data especial? - Pergunto curiosa.

Sunny - Amanhã fará mais um mês de namoro,quero comprar algo especial para ele!

- Que amorzinho! - Faço ela corar.

Mary - E você e o Akira? Estão tão próximos ultimamente... - Me olham com malícia.

- Ah,nós estamos nos conhecendo melhor,temos várias coisas em comum.

Sunny - E o ...Jimin?

- Eu ainda o amo,mas não estou mais sofrendo com isso,já me acostumei. - Dou um sorriso,era falso,apenas para encerrar o assunto.


Mais alguns minutos e o ônibus parou em frente a um enorme shopping.

Descemos,atravessamos a avenida e fomos direto para a entrada.

Sunny - Meninas depois vocês me ajudam a escolher um presente ?

SN/Mary - Claro!

A cada loja que passávamos era uma compra de roupas. Não comprei tantas,comprei apenas uns 4 conjuntos de roupa,já as meninas? Elas estavam cheias de sacolas.

Sunny - Meninas agora me ajudem,não sei o que compro! - Seu desespero era bem transmitido em sua voz.

Mary - Uma camisa? Um perfume? Um mangá? 

Sunny - Não,eu quero algo significativo,significativo para nós dois! 

- Algo significativo... - O que seria significativo? Que tal um colar? Parece legal! - Um colar? Aquele colar para dois que possa você e ele usar.

Sunny - Boa ideia S/N,parece tão romântico! - Pude ver em seus olhos um brilho intenso,ela realmente o ama.

Entramos em uma joalheria, lá vendia diversos colares,do simples ao mais extravagante.

Sunny - ESTE AQUI! - Grita apontando para dois colares,cada um com um pingente de um coração partido,quando se uniam o coração se completava. 

- É muito bonito! - Estava muito contente por Sunny,ela sofria muita opressão pela sociedade ,por causa de sua aparência, e com Tae ao seu lado ela estava mais forte,ele lhe deu uma das melhores sensações que alguém pode ter,a sensação de se sentir amada.

Mary - Concordo,o Tae com certeza vai amar. 

Sunny comprou os colares e comprou uma caixinha, da cor lilás com listrinhas roxas,para guardar eles.

Já que não faltava mais nada,saímos do grande shopping tomando sorvete de casquinha,muito bom por sinal.

Estávamos prestes a atravessar a enorme avenida,apenas esperando o semáforo abrir, Sunny não parava de falar o quanto se sentia feliz e que amanhã seria especial,muito lindo o seu sorriso. Eu fitei o chão e vi que um de meus tênis estava desamarrado,me agachei para amarra-lo e deixei as compras ao lado.

Sunny - O bilhete que eu vou entregar pro Tae! - Diz olhando para o bilhete que voou do bolso de seu casaco,Sunny na tentativa de pega-lo andou dois passos para frente.

Mary - Sunny não!


Incrível como as coisas acontecem em questão de segundos não é ? Primeiro o som de um caminhão acelerado,uma freada forte,o som de colisão,o barulho de alguem caindo e ,por último,um grito de horror :

Mary - NÃO!!! 

Me levantei assustada,Sunny estava caída no chão,seu corpo coberto de sangue,Mary a abraçava contra o corpo chorando. Eu não conseguia chorar,muito menos gritar,paralisada por completo.

- Isso não... - Me ajoelhei ao lado do corpo de Sunny e comecei a lhe observar,o bilhete estava agora em sua mão,amassado pela força de seu punho.

As pessoas se aproximaram,umas ligaram para a ambulância, o caminhoneiro estava lá se desculpando. Eu o olhei por alguns instantes,não podia ter raiva dele,o semáforo abriu só agora.

A ambulância chega e pega cuidadosamente Sunny a colocando em uma maca,deixaram eu e Mary irmos junto.

Mary - Ligue...para...avisar! - Disse em pausas pois sua voz estava muito fraca graças ao seu choro.

Fui mexendo na lista de contatos, decidi ligar para Dawon.


~~Ligação on ~~

- D-Dawon,está sozinha?

Dawon - S/N flor! Estou não,o Hoseok está aqui,junto com o Tae e o Jin.


O Tae tá lá?! Isso está dificultando,se ele receber a notícia... Não sei como ficará!


- A-ah,entendi...

Dawon - Sua voz está estranha,aconteceu algo? - Terei realmente que falar,não tem jeito.

- D-Dawon e-estávamos no shopping, a S-Sunny na volta,ela...ela - Comecei a chorar.

Dawon - S/N se acalma,me diga o que aconteceu. 

- Ela foi atropelada! Estamos indo para o hospital. - Meu choro aumenta e Mary se encosta em meu ombro.

Dawon - A Sunny foi atropelada?! - Grita e pude ouvir Tae no fundo linha.

Tae - A SUNNY O QUÊ?! 

Eu não tinha mais a coragem de prosseguir,passei o celular para o paramédico,ele lhes disse o endereço e por fim eu desliguei,não queria ouvir mais voz nenhuma,espero que me perdoem por isto.

O bilhete ainda estava na mão de Sunny,ainda desacordada,Mary o viu,pegou delicadamente da mão e guardou em sua bolsa.

Mary - Ela vai ficar bem? 

- Espero que sim,Mary. - Direciono meu olhar para o teto e mais uma vez as lágrimas escorriam do meu rosto. O que eu não tinha chorado antes chorava agora.

Chegamos no hospital,não deixaram eu e Mary prosseguir junto,ficamos na sala de espera.

?? - Elas estão alí! - Ouço uma voz masculina,era Hoseok,junto com ele estava Jin,Tae,Jungkook,Jimin e Dawon.

Tae - Vocês têm notícias? O que aconteceu com ela? -Tae aperta os ombros de Mary.

Mary - E-eu não sei! 

Tae - COMO ASSIM NÃO SABE?! CADÊ ELA?! EU PRECISO SABER COMO ELA ESTÁ!! - Aperta fortemente Mary,Jin e Jungkook o puxaram.- E-eu preciso!...Eu preciso saber como ela está! Por favor me diga... - Se encosta em um dos bancos chorando.

Eu me sentei em um banco no fundo,comecei a olhar apenas para o chão.

JM - S/N... - Senta do meu lado.

- Jimin! - Eu o abraço e me desmancho em lágrimas. - Eu...eu não sei o que fazer! O que pensar! Eu... - O aperto contra mim.

JM - Calma princesa, eu to aqui ok? - Começa a afagar meus cabelos.

- Ok...

Duas horas se passaram e nada de notícias, todos estavam aguardando notícias. 

Um homem parou em nossa frente,ele era o homem do caminhão.

? - Vocês deixaram suas sacolas lá,eu as peguei e segui a ambulância até aqui. Mais uma vez,me desculpem,eu não sabia...

Tae - ENTÃO FOI VOCÊ SEU DESGRAÇADO?!- Tae o agarrou pelo colarinho, seus olhos estavam vermelhos de raiva,o homem nada disse,apenas o encarou.

Hoseok e Jimin os separaram,Tae tentou avançar mais uma vez mas Mary o impediu.

Mary - Não! A culpa não é dele Tae! Deixe-o em paz. Muito obrigada moço! - Pegas as sacolas de Sunny junto com as suas e eu pego as minhas.

? - Moça seu eu puder ajudar em alguma coisa...

Mary - Não iremos atrás desse caso,o semáforo estava fechado para nós,você não tem culpa,apenas...Vá embora! - Sua voz estremecia por causa da sua força em segurar o choro. - Se não sair daqui agora,vai piorar! Por favor,vá emboraa! - Exalta a voz,Jin lhe abraçou para consolar,o homem olhou para o chão e saiu,não virou seu rosto para trás e nem tentou dizer mais alguma coisa,seguiu em silêncio.


***************************************


Agora eram 1:30 da manhã,Namjoon e Suga estavam lá,também preocupados,todos preocupados ansiando notícias por Sunny. De repente um enfermeiro chega.

Enfermeiro - Vocês estão com a Senhorita Sunny Andrew ? 

Todos - Sim! - Nos levantamos rapidamente.

Tae -Ela está bem? - Tae se aproxima mais do enfermeiro,estava muito preocupado,todos estávamos mas Tae desde que chegara,não parou de chorar nem por um instante,seu desespero era imenso.

Enfermeiro - O impacto fez com que ela fraturasse muitos ossos,ela perdeu uma boa quantia de sangue,em meio as cirurgias,ela teve duas paradas cardíacas...

Tae - DIGA LOGO SE ELA ESTÁ BEM! - grita.

Enfermeiro - Na segunda parada cardíaca,Sunny não resistiu.

Mary - Ela...Ela... - Começa a chorar.

Enfermeiro - Ela faleceu,lamento.


Notas Finais


SUNNY 😢😢😢💔

Perdoem qualquer erro ortográfico relevem por favor!
Comentem se puderem, me inspiram cada vez mais .
Até a próxima!
Bjin 😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...