História I Need U (Imagine Park Jimin) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Block B
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Zico
Exibições 771
Palavras 2.451
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Lemon, Orange, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente essa é minha minha primeira fic Imagine, eu fiz especialmente por causa do niver do Jimin e eu espero que gostem

Capítulo 1 - Imagine Jimin


Fanfic / Fanfiction I Need U (Imagine Park Jimin) - Capítulo 1 - Imagine Jimin

- Happy birthday to you, happy birthday to you, happy birthday to Jimin, happy birthday to you!

Todos na sala cantavam parabens para o Jimin, menos eu, nunca o suportei ele é literalmente o pior aluno da sala ou melhor da escola toda, não sei como ainda não foi expulso, ele é a prova viva de que nem todo asistico é inteligente, pelo o menos é o que parece, estudamos juntos desde os meus 7 anos e não sei muito sobre ele só que ele nasceu na Coreia do Sul e se mudou com seus pais para o Brasil quando tinha apenas 3 anos de idade, o pai abandonou ele e a mãe quando ele tinha 8 anos desde então ele mudou completamente, se tornou rebelde, não obedece nem a propria mãe, não faz os deveres da escola e vive se metendo em briga e tudo piorou desde que ele descobriu que sua mãe tinha um caso com o diretor da escola, talvez esse seja o motivo pelo qual ele nunca foi expulso e nem se quer levou advertencia, por mais que eu o odeie eu tenho que admitir que ele é a coisa mais linda que eu já vi, ele é bem palido, e tem os olhos puxados, cabelos preto bem liso e os labios dele meu deus, já perdi a conta de quantas vezes já imaginei aqueles labios perfeitos no meu, o rosto dele é perfeito até parece o rosto de um anjo asiatico e o corpo bombadinho, gostoso, as vezes eu me pego tendo pensamentos obcenos com ele mas tento os afastar, isso é tão errado quer dizer ele é um bad boy e eu uma good girl, meus pais sempre me disseram pra não me aproximar desse tipo de gente mal educada, e sempre que falavam sobre gente mal educada e mals exemplos pra mim citavam o Jimin meus pais odiavam ele e me dizam o quanto ele é um "pirralho" as vezes acho que eu só odeio Jimin pra não desapontar meus pais, se eu virasse amiga dele acho que eles iriam ter um infarte e é por isso que eu sempre me afastei dele mas se eu tivesse um pouco mais de coragem poderia até puxar assunto com ele, as vezes eu penso nisso inclusive agora enquanto todos o parabenizavam por seu aniverssario me perdi tanto em meus pensamentos que agora me vi sozinha na sala, todos já tinham ido em bora e eu havia ficado, ao perceber isso guardei meu material e sai da sala em direção ao portão da escola, droga fui acertada por um ovo perdido que era pra ter acertado Jimin se o mesmo não tivesse desviado

-Puta que pariu, meu cabelo porra - falei e todos me olharam com os olhos arregalados - que é?

-Eu te conheço desde os 7 anos e nunca te vi falar um palavrão e agora vejo você falando logo dois seguidos - disse Jimin

-Vai se foder

-Bem no meu aniverssario?

Só ignorei e andando rapido pra casa e Jimin logo atras de mim, não que ele tivesse me seguindo, só que a casa dele é bem na frente da minha ele rapidamente me alcançou, ele é realmente muito rapido eu cheguei em casa e ele tambem, eu me virei e abri a porta

-HEYYY ______! - gritou Jimin

-QUE É? - gritei de volta ainda brava pelo ovo

-Não fica brava não, ovo faz bem pro cabelo - riu

-Haha - bufei entrei em casa e bati a porta

-Isso quebra, continua, não foi você quem pagou mesmo - disse minha mãe aplaudindo sentada no sofá

-Affe mãe - me virei pra ela e ela viu meu cabelo sujo de ovo

-O que aconteceu com você? - começou a rir

-Fui acertada por um ovo perdido, to indo lavar o cabelo

Subi pro meu quarto, separei uma roupa, um shorts jeans escuro basico e uma camiseta regata branca soltinha com um desenho fofo de um gatinho, ela fica meio cumprida em mim mas eu gosto, separei tambem roupas intimas e meu chinelo da pequena sereia, sei que sou grande de mais pra usar chinelo de personagens da Disney mas eu nem ligo, eu gosto, até de mais, tambem tenho o do mickey, da minnei, da branca de neve, da bela e a fera e da Cinderela depois de separar minhas roupas eu fui pro banheiro e tomei meu banho e lavei meu cabelo, me vesti depois desci e fui pra cozinha comer alguma coisa, abri a geladeira peguei um pedaço de pizza de mussarela da noite anterior e dei uma mordida

-______ - disse minha mãe sentada na cadeira foliando um livro

- O que? - respondi ainda de boca cheia

- Para de falar de boca cheia que deselegante _____! - falou e eu engoli

- Desculpa, o que foi?

- ______ hoje é aniversario daquele seu colega Park Jimin, a mãe dele vai fazer uma festa pra ele e nos convidou, você vai?

-Você sempre me disse pra ficar longe dele e agora me pergunta se eu vou na festa dele? Claro que não!

-Eu e seu pai decidimos ir pra dar apoio pra mãe dele, se você quiser pode ir junto

-Não quero

-Tudo bem

Terminei de comer o pedaço de pizza e voltei pro meu quarto pra secar o cabelo, depois passei prancha deixando todo o cabelo completamente liso e sem deixar o cabelo esfriar fiz uma trança nele deixando de fora apenas a franja até porque não é grande o suficiente pra entrar na trança mas assim quando eu soltasse meu cabelo ele estaria da forma que eu gosto, ondulado com a franja lisa depois disso eu me joguei na cama e dormi, acordei tres horas depois com minha mãe me chamando enquanto batia na porta do meu quarto levantei ainda sonolente fui até a porta e abri

-Oi?

-Seu pai e eu estamos indo pra festa do Jimin

-Já?

-Meu amor já é 19:00

-Caramba eu dormi de mais

-Dormiu mesmo, enfim estamos indo qualquer coisa me liga tá

-Tá bom tchau

-Tchau

Ela me deu um beijo na bochecha e saiu, eu já tinha perdido quase que completamente o sono então sentei no sofá liguem a TV e coloquei um filme de terror na netflix, eu já tava me cagando de medo com o filme quando ouvi ums barulhos estranhos nos fundos da minha casa eu achei que não fosse nada e continuei assistindo o filme por mais ums dois minutos e ouvi um barulho nos fundos de novo dessa vez seguidos por algumas batidas, eu pausei o filme, criei coragem e fui até a cozinha, respirei fundo e abria a porta dos fundos, o que eu vi não foi uma assombração mas me surpreendeu tanto quanto se fosse, era apenas o Jimin rindo da minha cara

-Desculpa te assustei?

-Não magina - falei em um tom ironico

-Desculpa é que eu não queria que ninguem me visse

Disse já entrando sem ser convidado e indo em direção a sala, pegou o controle, sentou no sofá e despausou o filme, eu catei o controle da mão dele e pausei o filme novamente e o mesmo bufou me encarando

-Jimin não era pra você tar na sua festa não?

-Festa? Que festa? - encarei ele - ahhhh sei a que minha mãe diz que é pra mim quando na verdade é obvio que é pra ela e pros amigos dela, eu não conheço ninguem lá da mesma forma que ninguem me conhece, ninguem vai sentir minha falta

-Isso não é verdade, logo vão sentir sua falta

-Duvido muito

Ele me ignorou e despausou o filme, eu sentei do lado dele e assistimos ao resto do filme, teve alguns abraços em algumas partes de susto do filme

-Pronto ______, viu é só um filme, não precisa ter medo - disse Jimin rindo da minha cara - to com fome

-Tem pizza na geladeira

-Beleza

Ele foi em direção a cozinha e logo voltou com um pedaço de pizza

-Jimin?

-Que? - ele respondeu de bica cheia

-Me explica uma coisa, você é popular na escola e tem varios amigos, por qual motivo você fugiu logo pra minha casa e eu nem se quer falo com você na escola?

-Não tenho tantos amigos assim, não de verdade e eu prefiro muito mais ficar perto de você do que deles

-Por que?

-Sei lá eu me sinto bem quando eu te vejo, eu dou risada do nada e eu sinto uma coisa estranha na barriga que eu nunca senti antes, eu não sei o que é isso mas é a verdade

-Eu to delirando ou o que?

-Do que você tá falando?

-Park Jimin apaixonado por mim meu deus! - ri

-Que apaixonado o que, vem cá que eu vou te dar uma lição pra você nunca mais dizer essas besteiras - disse ele vindo em minha direção pra me fazer cossegas

-NÃO JIMIN, NÃOO, NEM VEM

Gritei enquanto corria mas foi tarde de mais ele me pegou e fez cossegas em mim até eu cair no chão quase sem ar de tanto rir de repente ele parou e olhou nos meus olhos, tudo o que se podia ouvir era nossa respiração ofegante ecoando pela sala, ficamos assim em silencio por quase um minuto até que ele se aproximou da minha boca e me beijou, finalmente relizei minha fantasia de ter aqueles labios perfeitos sobre os meus e então ele se afastou

-Você tá errada, eu não to apaixonado por você. Eu te amo - disse ainda em cima de mim no chão da sala

Logo voltou a me beijar, um beijo bem calmo que me fazia ter desejos com o Jimin, logo ele se separou do beijo e desceu pro meu pescoço e depositou varios beijos e alguns chupões que me fazinham soltar pequenos gemidos, ele viu que aquilo estava me dixando louca de tesão e parou, ele tirou sua jaqueta e sua blusa, logo em seguida tirou minha camiseta e meu shorts me deixando apenas de roupa intima o que me deixou com um pouco de vergonha

-Gostosa - sussurou no meu ouvido, fazendo com que minha intimidade ficasse mais molhada do que já tava

Ele voltou a chupar meu pescoço colocando a mão dentro do meu sutiã apertando meu peito, logo colocou meu peito pra fora e colocou a boca me fazendo soltar um gemido e começou a chupar e a beijar enquanto abria e tirava meu sutiã, ele tirou a boca do meu peito e em seguida tirou sua causa juntamente com sua boxer, em seguida tirou minha calcinha e me olhou com cara de desejo, logo desviou o olhar e passou o dedo em minha intimudade

-Tá toda molhadinha - disse ele tirando o dedo e lambendo em seguida - delicia, eu quero mais

Disse e na mesma hora abaixou a cabeça e enfiou a lingua na minha entradinha e lambeu todo meu molhadinho de tesão, depois deu algumas chupadas no meu clitolis me fazendo gemer cada vez mais até ele ver que eu não aguentaria por muito tempo e parou

-IDIOTA- gritei brava por ele ter parado

-Eu quero outra coisa agora

Ele posicionou seu membro em minha entrada e enfiou completamente me fazendo soltar um gemido e tirou seu membro de dentro mim

-Não - disse ele

-O que? - perguntei confusa

-Tive uma ideia vem cá

Ele me pegou no colo e eu cruzei minhas pernas sobre sua cintura e entrelcei meus braços sobre seu pescoço, ele me levou até a cozinha e parou na frente da mesa que era enorme, ele me segurou com uma mão enquanto jogava as coisas no chão com a a outra em seguda me deitou na mesa

-Como eu queria isso meu Deus - ele disse colocando a cabecinha do seu membro na minha entrada e tirando em seguida - espera um pouco

Ele correu até a sala e pegou uma camisinha no bolso da causa e vei em minha direção enquanto colocava

-Pronto

Posicionou novamente seu membro na frente da minha entrada e enfiou completamente me fazendo gemer, ficou alguns segundos com seu membro parado dentro de mim e logo começou a dar estocadas leves e de vagar e eu comecei a gemer pedindo para que ele fosse cada vez mais rapido e aos poucos ele foi almentando a velocidade e a força até que ele viu no fogão uma panela com brigadeiro que minha mãe havia feito mais cedo, na hora ele tirou seu membro de mim

-Adoro brigadeiro

Ele andou em direção ao fogão, pegou a panela e voltou, em seguida derramou brigadeiro no meu corpo todinho desde meu pescoço até meus seios, minha barriga e minha intimidade, em seguida ele começou a laber todo o brigadeiro do meu corpo me fazendo delirar quando finalmente labeu todo o brigadeiro ele deitou na mesa do meu lado, me pegou e me colocou em cima dele, eu o ajudei a colocar seu membro em minha entrada e comecei a rebolar com ele dentro de mim, ele ia a locura gemendo me pedindo pra calvagar, um tempo depois eu cedi, comecei a cavalgar em seu membro, ele me pegou pela cintura e começou a controlar meus movimentos, os nossos gemidos e o som dos nossos corpos ecoavam pelo o comodo, estavamos cpmpletamente delirando de prazer, iamos cada vez mais forte e rapido até que ele gozou e um tempo depois eu tambem em seguida eu sai de cima dele e deitei do seu lado na mesa com a cabeça em seu peito e ele me abraçou, o cheiro de sexo dominava o lugar

-Obrigado - disse ele me olhando nos olhos

-Pelo o que? - perguntei confusa

-Por ter tornado esse meu melhor e mais especial aniverssario

-Não foi nada

-Eu te amo

-Tambem te amo

-______, a festa acabou graças o Jimin que sumiu - disse minha mãe entrando na cozinha e vendo nos dois - ______ O QUE FOI QUE ACONTECEU AQUI??

-Nada - Jimin e eu dissemos juntos

Levantamos da mesa e corremos pra sala pegamos nossas roupas no chão, corremos pro pto banheiro e trancamos a porta e tomamos banho juntos com ums assos é claro depois corremos pro meu quarto pelados ainda e eu tranquei a porta, ele deu um suspiro e se jogou na cama e eu deitei com a cabeça no peito dele, ficamos um tempo assim até que dormimos, não sei o que ta passando pela cabeça da minha mãe agora, não ligo pra bronca e nem pro castigo que eu sei que eu vou levar porque graças a Jimin esse foi o melhor dia da minha vida.


Notas Finais


Foi isso
Espero que tenham gostado
E eu tenho outra fic chamada Falling In Love e lá tambem tem especial do Jimin quem quisee da uma olhada

https://spiritfanfics.com/historia/falling-in-love-6398399

Então é isso
Bjo no kokoro de vocês 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...