História Imagine Jimin - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Você
Exibições 35
Palavras 1.274
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura <3

Capítulo 7 - Confissões


Fanfic / Fanfiction Imagine Jimin - Capítulo 7 - Confissões

- Perai, então ontem quando você foi pra casa do Tae, você... - ele fica pensando agarrando meus braços

- Jimin, não se faz de inocente, por que você tá muito longe disso, e sim eu transei com o Taehyung - abri um sorriso debochado

- VOCÊ O QUE? - apertou mais meus braços

- Ai Jimin, você tá me machucando - tento me soltar

- Eu não acredito S/n! Você transou com o meu melhor amigo! 

- O que que tem? 

- Porra! VOCÊ É MINHA CARALHO -  sua cabeça estava de frente com a minha, nossos rostos estavam quase colados

- Para de falar bosta, eu não sou sua! Não... Peraí, você tá com ciúmes do Tae?

- Lógico que não, eu posso comer outras a hora que eu quiser, você é só mais uma, ou você pensou que eu estava gostando de você? - deu um sorriso de lado e me largou com certa força, me fazendo ir um pouco pra trás

- Então é isso que eu sou pra você né? Um pedaço de carne, qualquer uma, aquela que você pode foder a hora que quiser, JIMIN EU TENHO VALOR! - falo indo em direção a porta mas sou puxada, bem clichê 

- Espera S/n, não foi isso que eu quis dizer, foi da boca pra fora, eu juro, me desculpe 

- Me poupe, nem para mentir você presta, me solta que eu vou embora

- Aonde você vai? 

- Para onde eu quiser - peguei minhas coisas e sai da sala

Fui para a diretoria avisar Sun que iria embora, inventei que não estava bem, e fui para casa, estava triste, desses dias pra cá eu estava sentindo umas coisas estranhas pelo Jimin, acho que estou gostado dele, não tenho certeza ainda, chegando em casa vou direto pro meu quarto e me jogo na cama, com a cara no travesseiro, começo a chorar sem perceber.

- Para S/n - me sento na cama e passo a mão no rosto limpando as lágrimas - Ele não merece isso, ele não merece nem uma gota sequer do meu choro, quer saber? Não vou mais ser a S/n "boazinha" de antes, ele que se prepare, eu vou sair pegando geral. 

Eu realmente não estava bem, resolvi tomar um banho, sai e coloquei um shorts jeans curto e uma camiseta mais ou menos longa, me joguei na cama de novo, fiquei fitando o teto e dormi.

Um tempo depois...

Puta que pariu, isso são horas de alguém estar tocando a campainha de alguém? Caralho, não posso nem dormir, me levanto e lavo meu rosto, seco o mesmo e vou descendo a escada, e a pessoa continua apertando a campainha.

- ESPERA PORRA - grito da escada, no momento que eu falei pararam de tocar

Pego a chave e abro a porta, e vejo quem eu menos queria ver, Jimin.

- S/n, antes que feche a porta na minha cara eu tenho que te falar uma coisa

- Então fala logo, porque hoje eu não estou com paciência, ainda mais com você 

- Eu acho que... Estou gostando de você - coçou a nuca, ri debochada 

- Tenha um bom dia - estava fechando a porta, mas ele coloca o pé na frente impedindo 

- S/n, por favor, me escuta, quero conversar com você, posso entrar? 

- Não 

- Para de ser chata, eu só quero conversar - dei passagem pra ele entrar, ele entra eu eu tranco a porta

- O que você quer dizer - sento no sofá e logo ele senta no mesmo, com uma certa distância de mim

- Eu estou gostando de você S/n! Desde que eu te vi eu senti uma coisa diferente, quis ter você por perto, queria chamar sua atenção, por isso das encheções de saco, e o que eu falei na sala não é verdade, eu disse aquilo porque estava nervoso  

Confesso que foi fofo ouvir ele falar aquilo, mas meu coração estava partido, tudo que ele falava pra mim era tudo mentira, falando apenas para se desculpar, como eu disse, eu não vou ser boazinha, não vou ceder, não vou me deixar levar por palavras de um garoto que é quase um nada pra mim.

- De qualquer forma... Eu não me importo, agora vai embora - apontei para porta  - E de preferência nunca mais fale comigo ou olhe na minha cara - deixei uma lágrima cair sem querer

- S/n você está chorando? - chegou mais perto 

- Jimin vai embora e nunca mais fale comigo! 

- Tudo bem... Se é isso que você quer - abriu a porta e foi embora

Coloco minha cabeça sobre meu joelho e começo a chorar, isso dói tanto, eu nem sei se gosto dele ou não, meu coração ao mesmo tempo que está destruído, está confuso, porque só ele me deixa assim? Será que é uma coisa além de só "gostar"? Eu odeio ele, mas queria ele por perto.

Alguns meses depois...

A minha rotina é a mesma, todo dia, acordar, tomar banho, me vestir, tomar café e ir para a escola, e hoje não seria diferente, já vai fazer uma semana que minha mãe foi embora de casa por causa do trabalho, estou morando sozinha nessa casa enorme, e vai fazer uns dois meses que não falo com o Jimin.

Chego na sala e a mesma estava vazia, gostava de chegar cedo, dá pra ouvir música, passear pela escola, enfim, fazer o que eu quisesse, mas hoje resolvo ficar lá dentro, ouvindo música. Até que vejo alguém entrar na sala, vejo que é ele logo viro para o outro lado, eu realmente não queria vê-lo.

- Oi S/n - Jimin fala com a voz doce enquanto coloca suas coisas encima da mesa, não respondi

O sinal toca e todos começam a entrar na sala e sentar nos seus lugares, o professor entra com a diretora e fecha a porta, estranhei ela entrar lá na sala, não é muito comum, mas ok.

- Bom dia! - diz Sun - Sei que estão todos confusos e se perguntando o que eu estou fazendo aqui, certo? - todos assentem com a cabeça - Só vim falar sobre uma festa que terá aqui na escola - todos começam a se animar e conversar - Silêncio! Como a maioria sabe antes das férias fazemos uma festa, ela será realizada semana que vem, não terá tema, portanto podem vir com as roupas que quiserem, ok? Obrigada professor, tchau gente - acenou e saiu da sala 

- Hoje e o resto dessa semana e semana que vem, vocês terão o dia livre, se quiserem andar pela escola, podem ir - todos saíram, inclusive eu

Puxei a Lisa, que agora era minha melhor amiga, para irmos a quadra onde haveria um jogo de futebol dos meninos da nossa sala, mas meu intuito não era ver o jogo e sim falar sobre a tal festa que teria semana que vem, sentamos na arquibancada e começamos a conversar.

- Eai, o que achou sobre a festa? - Lisa me pergunta

- Já tô até ansiosa - começo a rir

- Com que roupa está pensando ir? 

- Acho que vou com aquele meu shorts de cintura alta, um cropped e um tênis, e você? 

- Não sei ainda...

- Tive uma ideia! Hoje depois da aula vamos ao shopping fazer compras, topa?

- Topo, mas agora fica quietinha que eu quero ver o jogo dos meninos

- Af Lisa, fala sério né - dou um tapa de leve no seu braço, virando para olhar o campo, até que percebo que Jimin estava me olhando.


Notas Finais


Desculpa de novo, estou em semana de provas e está sendo difícil escrever, desculpa qualquer erro, espero que tenham gostado ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...