História Imagine Jin (BTS) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin
Visualizações 183
Palavras 855
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


.
.
.
.
.
.
.
.
.

Capítulo 2 - Gosto de você?


Fanfic / Fanfiction Imagine Jin (BTS) - Capítulo 2 - Gosto de você?

Depois que ele me ajudou, foi embora, assim que agradeci. 

Arrumei tudo no armário. 

Meu celular apita, indicando que é uma mensagem:

"Oi" 

- Quem é? 

"Jin"

- O que quer? 

"Nada"

Cruzes... Ele é doido. 

Fiquei o dia inteiro em casa. Sem nada pra fazer. Fui dar uma olhada na janela pra ver o movimento da rua. 

- Oh. - vejo Jin no portão de sua casa. Estava esperando algo? Fiquei ali. Logo aparece um carro. 

O cara sai e comprimenta Jin. Logo eles pegam umaa caixas e entram pra dentro da casa de Jin. Eram muitas caixas. O que um menino de 20 anos vai fazer com essas caixas? 

Logo o cara sai, entra no carro e vai embora. Estranho. 

(..........)

 É tarde agora. Percebi que Jin estava bem agitado. O que será que ele tá aprontando? 

(.........)

Já à noite, tomo um banho e visto meu pijama. Rosa bebê com sorvetes fofos desenhados e minha pantufa. 

Fui até a cozinha comer algo. 

Fui pra sala assistir TV. 

(..........)

Eram umas 23:30, ouço conversas. 

- Osh. - me levanto e vejo pela janela várias pessoas entrando na casa de Jin. Agora caiu a ficha. É uma festa. - Aigoo, aigoo. Amanhã tem aula. Ele só pode ser doido. - digo a mim mesma. Tantas boates por aí, e ele vai fazer logo na sua casa? AIGO. 

Volto pro sofá e fico mais uns minutos ali. Logo vou pra cama. 



Já de madrugada, o som estava muito alto. Acordo e vou ao banheiro. Me olho no espelho e vejo minha cara amassada e meus cabelos em pé. 

- Eu vou lá. - saí do banheiro, desço as escadas, saio de casa. Entro na casa do mesmo e o aviso com os amigos. - Ei Seokjin. - ele me olha. - Poderia abaixar o som por favor?  Amanhã tem aula. - pedi educadamente 

Jin- Não. 

- Por favor. 

- JÁ DISSE QUE NÃO. - gritou. O que me deixou assustada. 

- Eu desligo pra você. - fui até o som e tirei da tomada. Todos me olharam. Não me impotei. 

Jin- Quem você pensa que é? - disse vindo até mim. - Eu disse não, ou você é surda? 

- Eu só quero dormir. - disse manhosa  

Jin- Não é problema meu. Agora saia, eu quero colocar de volta na tomada. 

- Não. Não vou sair. 

Jin- SAI. 

- NÃO. - só senti um tapa forte no rosto. Me descontrolei e cai, bati a cabeça na mesinha e não vi mais nada. 

Jin on

Meu Deus!  O que eu fiz? 

- S/N, S/N. - a balançava. Todos me olharam. - Me ajudem. - pedi. Todos balançaram a cabeça em negação e sairam de minha casa. Até meu dois melhores amigos. - MELHORES AMIGOS VOCÊS. - gritei

A peguei no colo, senti algo quente em meu braço que se encontrava em seu pescoço. Olho e vejo sangue. 

Me desespero e corro com ela pro carro em direção ao hospital. 

Me perdoe. 

(...........)

S/N, está sendo atendida. Depois de longos minutos o médico aparece. 

- Ela está bem? - pergunto. 

Médico- Sim, demos pontos no corte. 

- Que bom. Posso vê-la? - ele assente e me fala qual quarto ela está. Entrei e vi a mesma de olhos fechados. - S/N, me perdoe. - pego em sua mão. 

S/N- Jin? 

- Sim. Está sentido dor? - negou

S/N- Porque? - ela começa a chorar

- Não foi por quer. Me perdoe. 

S/N- Sai daqui. 

- Eu preciso cuidar de você. 

S/N- Eu não preciso de você. Sai. Por favor. Faça apenas isso que te peço. - assinto e saio. Fui pra casa. 

S/N on

Porque ele fez isso?  Como eu posso gostar dele?  Isso muda hoje. 

O médico entra no quarto. 

- Quando posso ir embora? 

Médico - Amanhã, está tarde pra você ir sozinha. - assinto

(...........)

Já de manhã, o médico me passa alguns remédios caso sentisse dor. Eu saio dali indo pra casa. Ainda são 06:00 da manhã. Dava tempo de ir pra escola. 

Chego em casa, tomo um banho, visto meu uniforme, calço os tênis. Penteio meus cabelos, vou deixá-los soltos, pra não mostrar meus pontos no machado. Escovo os dentes. Desço tomo café, pego minha mochila, celular, fones e saio indo pra escola. 

Chego na mesma, vou até meu armário e pego os livros. Assim que o fecho, me viro pra ir pra sala, mas vejo Jin encostado no armário ao lado. Saio dali rapidamente. 

Logo as aulas começam. 

(.........)

Intervalo. Saio e compro me laescuro. 

Vou pro meu lugar de sempre. Olho e vejo Jin vindo em minha direção, abaixo a cabeça. 

Jin- S/N? 

- ...

Jin- Me perdoe. 

- Eu deveria? 

Jin- Não foi por querer. Por favor. - me levanto rápido, sinto uma tontura. 

- Jin eu... eu... - tudo fica escuro

Jin on

Aish. Tinha que ter deamaiado? Eu não sei lidar com isso. Eu entro em desespero. A pego e levo até a enfermaria. Ela disse que S/N não tem condições de ficar na escola. 

- Mas ela mora sozinha. 

Médica - Vá e cuide dela. 

Assenti. Mesmo S/N não querendo, ela precisa de mim. E vou cuidar dela. 

Será que estou gostando dela? 



Notas Finais


Pronto

Comentem pls.

Fk meio bosta né kkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...