História Imagine Jooheon - Por que eu fui te amar? - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Min Hyuk, Personagens Originais, Show Nu, Won Ho
Tags Badboy, Badgirl, Imagine Jooheon, Inimigos, Jooheon, Monsta X
Visualizações 144
Palavras 680
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Fantasia, Ficção, Fluffy, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 33 - Perguntas


-Jooheon, acho melhor não... – Ele parece triste, cheguei perto dele, o beijei, que saudades... não sei reagir a isso, a boca dele... seus toques... tudo é tão bom

Ele estava segurando firme em minha cintura, e eu em sua nuca, ele se sentou me fazendo sentar sem seu colo

-Eu te amo – Falei me beijando ainda, coloquei minha mão dentro de sua blusa e passei as unhas em seu peitoral

-Eu senti sua falta – Paramos o beijo e encostamos nossas testas – Eu te amo Honey – Ele me jogou na cama, mas na hora a porta é aberta bruscamente

-Jooheon? ... – Nós se levantamos rapidamente, olho para a porta e lá estava ela... Minah – ENTÃO FOI POR ISSO QUE TERMINOU? VOLTOU COM ESSA PUTA? – Jooheon pega meu braço e me coloca atras dele ao ver que ela se aproximava para me agredir – EU ACHEI QUE ME AMASSE – Ela estava gritando tanto que os pais de Wonho apareceram

-Minah... o que faz aqui?

-Shownu é um bom amigo e me falou que você estava aqui!

-Nós terminamos Minah, por favor, saia!

-NÃO, NÃO ATE EU ACABAR COM ESSA AI!

-MINAH, NÓS TERMINAMOS OK? ENTENDA! – Agora era Jooheon que gritou, ele se irritou, e isso não é bom, odeio quando Jooheon se irrita, ele é realmente muito assustador

-Ok... Ok.. – Ela falou correndo da casa, os pais de Wonho me olhavam estranho, assim como a irmã dele

-Quem é essa garota Lee?

-É-É amiga minha e de Hoseok – Gaguejou e o sr. Shin saiu com sua esposa, ele avia desconfiado, agora terei que sair da casa e entrar depois...

 

Hoseok chegou alguns minutos depois, explicamos tudo e ele com medo de que seu pai descobrisse falou

-Olha, meu pai sai cedo junto com minha mão para o trabalho, eu posso falar que você dormira aqui e saira logo de manhã e então eu posso te dar a copia da chave do escritório do meu pai, e você pode achar os documentos necessários! – Sorri

-Espera, espera, espera – Falou Jooheon – Primeiro, ela não vai dormir com você e segundo, acho muito arriscado, seu pai sempre vem aqui de manhã para pegar coisas que tem que levar mais tarde para o escritório depois!

-Jooheon, é o melhor plano ate agora, nada vai dar errada, beleza? – Falei confiante

-Mas eu não quero que durma com ele – Sorri ao ver seu ciúmes e Wonho se pronunciou

-Ok, Jooheon dorme aqui também, ai vocês dormem no colchão que vou colocar no chão e eu durmo na cama! Só não quero ouvir... coisas... de madrugada! – Assentimos e Jooheon me abraçou

 

Acabo de acordar com Jooheon me abraçando forte, o alarme toca no quarto do lado, escuto passos dentro e logo fora, seguidos da porta sendo batida e do carro sendo arrancado, o Sr. Shin saiu! Wonho levanta apressado e acorda Jooheon, ele me da a chave, Jooheon diz que vai entrar comigo, eu não pude fazer nada. Entramos e começo a mexer em tudo com luvas, logo encontro a folha certa, a que dizia todas as vendas de drogas e exportação delas. Sorri mas logo ouço a voz dele, Jooheon me olha assustado, coloco o documento na minha bolsa e puxo Jooheon para um armário de metar que avia aberto antes, não tinha nada além de um terno dentro daquilo, mas eu e Jooheon ficamos colados um no outro e logo comecei a ouvir

-Bom Wesley, irei pegar o documento para você ter certeza que esse dinheiro é apenas dele, sente-se por favor – Suspirei cansada, pois quando ouvi o “Sente-se” sabia que iria demorar, depois de uns minutos eles não se pronunciaram, o que achei estranho – Não estou achando... espera... hmmm... deveria estar aqui! Eu vendi muita mercadoria, é a única prova que tenho! – Ele parecia desesperado... espera... “Eu vendi muita mercadoria, é a única prova que tenho” Ai meu deus... é a folha que peguei... o que vai acontecer? Quem é Wesley? Por que ele vai provar que o dinheiro que ele ganhou era apenas dele? Dele quem?

Muitas pergunta, que você ira descobrir (ou não) no próximo capitulo



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...