História Imagine Jungkook - The Anonymous Boy - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang
Personagens G-Dragon, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, T.O.P, V
Tags Assassinato, Bts, Colegial, Drama, Jungkook, Luta, Romance, Vhope
Visualizações 381
Palavras 442
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ooooooooooooooooi!Boa leitura <3

Capítulo 4 - Capítulo Quatro - O Livro


Fanfic / Fanfiction Imagine Jungkook - The Anonymous Boy - Capítulo 4 - Capítulo Quatro - O Livro

Jungkook

Desde aquele dia que eu estava treinando de noite,não consigo parar de cometer assassinatos. É como se fosse algo que me dominava,eu precisava acabar com todos os bandidos. Mesmo assim,eu não me sentia um herói,um verdadeiro herói não mata os bandidos,nem deixa marcas. Ele se revela.

E agora,para piorar,a polícia começou a me procurar. Eles me denominavam de matador,ou assassino. Pra eles não importava,eles queriam me achar. Com certeza eu pegaria uns anos de cadeia.

Mas se tem uma coisa que eu tenho certeza,é de que eles não vão me achar.

Olho pro relógio 00:00. Esse é meu horário. 

Coloco minha roupa,era um traje negro,ele não rasgava,e era grudado no meu corpo. Pego minha bengala,e a máscara de coelho que eu havia criado. Por que um coelho?

Eu sempre gostei de coelhos. Eles são quietos,mas quando você menos espera,eles agem.

Como eu havia feito por muito tempo acrobacias e lutas antigas,isso me ajudava.

Saio sorrateiramente,descendo pelas janelas do alto prédio que eu morava. Rapidamente eu chego ao chão. Ando calmamente pelas ruas,como elas estavam vazias eu podia ficar despreocupado. Ou não.

Sinto o cano de uma arma encostar na minha cabeça.

- Parado aí. - Fico parado. - Acabou pra você. Não vai matar mais ninguém..Pode se virar! - O homem ordena e faço. - Coloque as mãos na nuca.

- Ok. Posso fazer uma pergunta? - Em um movimento rápido,pego a bengala e derrubo a arma do homem,chutando-a em seguida. - Como tem tanta certeza de que eu não vou matar mais ninguém...Se você é o próximo.. - Pego uma faca pequena em meu bolso e lanço na cabeça dele,fazendo o cair no chão. 

Arrumo minha bengala nas costas novamente e o observo morrer.

- Não subestime um coelho. - Digo terminando de deixar minha marca no chão.

[...]

Acordo e me arrumo pro colégio,saio quase me arrastando de casa,já que só voltei depois de umas 4 horas na rua. Chego na sala e me sento ao lado de (s/n). Eu adorava provocar aquela garota,de alguma forma,eu sentia que ela gostava de mim.

- Hoje,eu irei separá-los em duplas. Cada dupla fará um trabalho pro ano inteiro,uma pesquisa sobre as guerras. - Ele começa a falar os nomes,nem ligo,qualquer dupla pra mim serviria. - Jungkook e (s/n).

Olho pra mesma com um sorrisinho no rosto,ela apenas revira os olhos.

[...]

Chego na biblioteca depois do intervalo pra fazer o trabalho e me sento ao lado de (s/n). Ela estava com uma pilha de livros. Por último,quase escondido,estava um livro grosso.

Como Seguir Os Passos de Um Assassino.

Eu fico encarando o livro. Eu sabia de quem se tratava.

Era eu.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...