História Imagine Jungkook - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Imagine, Jungkook
Exibições 180
Palavras 403
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bebês do meu kokorô, eu tô tão feliz hoje, nem sei o motivo, mas tô feliz, bora vomemorar meu povo, beijos Bia ^^

Capítulo 31 - Lucas


~~~ Lucas on ~~~

O médico chegou em pouco tempo, minha mãe conseguiu me acalmar um pouco, expliquei tudo o que lembrava

D- Ah, cherry, isso é complicado Lucas, essa bala está se espalhando por tudo o país, você não se lembrar é um efeito dela, isso significa que têm usado ela por bastante tempo, como não percebeu senhora?

M- Raramente nos encontramos e quando o fazíamos ele parecia normal

D- Isso não faz sentido, em geral os usuários viram sádicos e agressivos

L- Como assim? 

D- Eles costumam se tornar agressivos com pessoas pelas quais tem fortes sentimentos 

L- Mãe, eu viajei?

M- Sim, passou um tempo fora, mas não disse onde foi

L- Doutor quando poosi sair?

D- Em dois dias, felizmente a bala não acertou nenhum nervo, tendão ou osso, e o musculo já está se recuperando, desde que não se esforçe muito, use muito carros e coloque o peso na outra perna... Você deve ficar bem

L- Mãe me compre uma passagem para a Coréia, dia seis

M- Mas filho...

L- Apenas faça mãe 

M- Okay meu filho

Em poucos dias eu já estava no avião, merda o que eu fiz? Durante o vôo comecei a escrever, não sabia exatamente o que, só continuei a escrever, tudo o que estava na minha cabeça e coração, cheguei dia setr, saí para comprar um presente, amanhã é aniversário dela, comprei uma tartaruga de pelúcia, no hotel voltei a escrever, sempre que terminava e lia não achava que era o suficiente, apesar de não lembrar sei que a fiz mal, Deus, passei a madrugada toda acordado escrevendo, minha princesa está sozinha e sofrendo, rla deve passar o aniversário dela comendo pizza em seu apartamento,  mandei uma mensagem para o avô dela perguntando o endereço dela, dm um primeiro momento ele estava relutante, mas depois aceitou, calma princesa você não vai ficar sozinha em um dia tão importante.

Já eram cinco da tarde e finalmente escrevi algo que achei aceitável, será que ela vai me perdoar? Eu não sei, merda isso está me deixando louco, entrei no banho e me preparei para ir, demorei bastante por causa da perna. 

Peguei a carta e a tartaruga, consegui chamar um táxi, parei na frente do apartamento, o porteiro não estava então passei com facilidade, estava prestes a apertar a campanhia quando ouvi um barulho, então só entrei, dncontrei ela beijando outro cara, o Arthur estava lá também, meu coração partiu, só consegui dizer:

L- Mas que porra é essa?


Notas Finais


Finalmente consegui juntar as histórias, agora continua a partir da festa da S/N, adeus Lucas ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...