História Imagine Jungkook - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 33
Palavras 1.910
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Fantasia, Festa, Hentai
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oe genten!Espero que gostem da fanfic.Se gostarem deixem o seu comentário ou não.Até porque não somos obrigadas a nada.Ahuahau,enfim.Boa leitura.😘

Capítulo 1 - Primeiro dia no inferno voce quis dizer!?


Fanfic / Fanfiction Imagine Jungkook - Capítulo 1 - Primeiro dia no inferno voce quis dizer!?

Primeiro dia de aula nessa escola nova que nem conheço mas já não gosto.Pra começar,eu não precisava ter mudado de escola só porque eu brigava com praticamente todas as meninas e meninos da escola antiga.Digo,porque acho que desde sempre estudei lá.Mas mesmo assim,ate porque a minha mãe não se preocupa comigo desde sei lá,meus nove anos?E agora já tenho 17.Pois é (S/N) lide com isso.Nunca vão te dar o valor que tem,se é que tem algum valor..

Vamos lá,enfrentar meu primeiro dia de aula.Uhu que animação só que nunca.A minha única amiga desde a primeira serie foi a Keyse,e na quinta serie ela simplesmente me trocou pela menina nova que tinha chegado na nossa turma.Depois disso ela nunca mais falou comigo ou sei lá,olhou na minha cara ate o final do ano.Já não me importo mais com isso,pois tenho meu melhor amigo fone de ouvidos.Amo tanto ele,não sei o que seriam dos meus dias sem ele.Ai meu Deus,que horas são???Já são 06:47!!!Eu deveria estar de pe as 06:20!Socorro

Levantei em um pulo eu ia arrumar as minhaupas depois.Foi um banho rápido,nada de relaxar ou essas coisas,não dava tempo.Eu tinha aula as 07:30.

Peguei minha calça de moletom/abrigo(não sei como é onde vcs moram)cinza minha blusa preta e meu moletom azul marinho.Sequei e escovei os meus cabelos e deixei eles soltos mesmo e calcei meu tenis preto maravilhoso.Sera que vai ter educação física hoje?Ah,acho que não.Tomei café da manha e fui para a escola.A pé mesmo.Sempre foi assim,esse ano não seria diferente,peguei meus fones e coloquei em uma das minhas músicas favoritas e deixei para repetir somente ela.Uns vinte e cinco minutos depois eu já estava na escola.

-Vamos lá.-falei para mim mesma antes de entrar na escola-Nao deve ser tao ruim assim.

Entrando na escola fui na direção em que tinha uma placa escrito "Diretoria" entrei na sala e vi uma mulher bem seria aparentando ser a diretora da escola.Não sou de julgar as pessoas,mas ela parecia não ter ido muito com a minha cara,pois quando entrei ela fez uma cara de...nojo??Eu não acredito!Ta,deixa pra lá (S/N),isso é nóia da sua cabeça.Bem,espero que seja.Não foi.

-Bom dia,eu sou a aluna transferida,vim para saber onde é a minha sala e qual é a minha turma.-perguntei da forma mais educada possível.Para que ela não pense que só pelas minhas roupas largas eu seja uma pessoa ruim.Acho esse tipo de pensamento horrível.

-A sua turma é a 102B.E a sua sala é a 17 no segundo andar.Já pode ir,esta quase atrazada para a aula.-Ela disse em um tom extremamente arrogante.Como se a minha presença ali fosse a pior do mundo.

-Obrigada.-falei em um tom seco.Eu realmente estava tentando ser melhor que no ano passado,mas parece que ninguém nessa porra de planeta colabora.

Sai dali sem nem ao menos fechar a porta.Eu tentei ser gentil com ela,mas se ela nao quer a minha gentileza ela poderia ter dito para eu perguntar a vice diretora,sei lá.Esqueci de tudo isso quando pela centésima vez tocou a minha música favorita.Parecia que ela me trazia uma calma inexplicável sobre mim.E olha que engraçado,é Cypher pt4.Sei lá,eu sou muito estranha.chegando na minha sala,vi que tinham apenas 7 meninos estéricos gritando uns com os outros e rindo alto.Não dei importancia,sentei em uma cadeira no fundo e coloquei minha musica no maximo.Fiquei mexendo na galeria porque eu sempre salvo alguns Tweets pra quando eu fico em algum lugar sem internet.Tipo agora.

Eu estava super feliz lendo os tweets salvos no meu celular que não percebi que eles estavam fazendo uma guerra de bolinhas de papel.Só fui perceber quando uma consideravelmente grande pegou em cheio bem na minha cara.Olhei para os meninos e todos estavam simplesmente olhando pro horizonte como se nada estivesse acontecendo.

-Quem foi que jogou?-falei e todos viraram a atenção para mim,um pouco surpresos porque eu falei com o tom de voz alto e estava nítido que meu humor não estava dos melhores.

-Do que você está falando?Ninguém atirou nada em você garoto.

Ah,eu não acredito que ele disse isso.Quer brincar de fazer piadinhas?Então vamos. Com toda a calma do mundo desliguei a música do meu celular,levantei da cadeira e peguei a bolinha de papel.E de novo eu perguntei.

-Quem.Jogou.?-bem pausadamente.Ninguém respondeu então eu apelei.Joguei a bolinha no lixo. "Grandes merdas" não.Não mesmo.Eu iria me vingar não agora,talvez não hoje mas eu ia.Gravei o rosto de todos.E quando eu olhei para a fuça daquele ser repugnante fiquei o encarando com o  olhar mais serio que eu pude.E ele me encarava com uma de suas sobrancelhas arqueadas como se estivesse dizendo com os olhos "Até parece que você faria alguma coisa".Aí foi a gota d'agua.Fui me aproximando dele e ele indo para trás.Até que ele bateu de costas na parede.Me aproximei bem do seu rosto e perguntei:

-Qual o seu nome?Projeto de gente?-ele é maior do que eu então eu fiquei muito feliz por poder encarar ele de cabeça erguida.Literalmente.

-Se fosse da sua conta eu até diria.Mas eu acho que essa informação não lhe diz respeito.-ele deu um sorriso cínico e tentou sai dali ate então os outros seis meninos estavam rindo da minha cara.O empurrei pondo as minhas duas maos em seu peito e quando eu ia para dar um soco bem no meio da cara dele.O professor de matemática entrou na sala jogando um:

-O QUE ESTA ACONTECENDO AQUI?-Bem,antes de o senhor chegar eu ia dar uma lição nesse idiota,mas parece que com o senhor aqui na minha frente vai ser uma cena meio pesada porque vai jorrar sangue pra tudo que é lado.Pensei em dizer isso.Só pensei mesmo.-ME RESPONDA GAROTA!

-Ah,então foi por esse motivo que você ia me dar um soco na cara?Por eu ter confundido o seu sexo?Hahahaha

A gentileza que me desculpe.Depois do meu pensamento só vi um muleque escorregando da parede ate o chão da sala.Eu vi sua boca meio cortada e percebi o que tinha feito.EU DEI UM SOCO NELE AAH TOMA SEU TROUXA!HAHAH QUE OTARIO,ELE TAVA ME ZOANDO MANO!AAH,ZEREI MINHA VIDA.Me senti realmente vitoriosa.Até meu professor pegar o meu braço e o do menino e nos puxando para a diretoria.Eu estava rindo por dentro,não rindo não,me transformei em um sorriso ambulante.Nunca me senti tao feliz em ir para a diretoria antes.

-Ligaremos para os pais de vocês.Vocês dois-disse olhando e apontando o dedo em nossos rostos-só vão sair dessa escola acompanhados de seus pais.

Levantei a mao como se quizesse dizer algo.

-Sim (S/N)..

-Eu não fiz nada.Pelo contrario.Eu sou a vitima dessa historia toda.-o menino me olhou incrédulo e eu continuei-eu cheguei nessa escola e já fui de cara muito mal atendida.Eu fui super educada com a diretora e ela foi exremamente arrogante comigo. -disse e ele logo encarou a diretora.

-Isso é verdade senhora Kim?

-Você vai mesmo acreditar em uma menina briguenta como ela?-me olhou com desprezo como logo que cheguei aqui.-ela não passa de uma garota mimada.Que quando não gosta de algo,faz birra até conseguir.

-Posso contar a minha versão da historia?E que prove a minha inocência?

-Pode e deve.Gostaria muito de saber como você vai se safar dessa..-disse com um sorriso cínico.

Pois bem,ai vai a minha versão da historia:Camera de segurança.-dei um sorrisinho gentil e cínico ao mesmo tempo.-Se se eu estiver mentindo vai mostrar também.Se ela e ele (me referi ao garoto cujo queria matar na sala de aula)estiverem certos vamos saber.-Ela ficou apavorada,e bem,o garoto também.-como eu sei que nada que eu disser vocês vão acreditar nada mais justo do que ver as câmeras de segurança.Tanto as da sala em que estamos agora quanto as da nossa sala de aula.Certo?-perguntei olhando para a diretora.

-C-claro.

Assim que terminamos de ver as câmeras,a diretora estava encarando o chão com cara de criança quando faz algo errado e fica quieta para não levar bronca.

-(S/N),você pode voltar para a aula.Quanto a você senhor Jeon Jungkook,teremos uma conversa com seus pais.

-Mas ela me deu um soco na cara!!-O mimado,quero dizer,o Jungkook,disse,que merda.Poderia ter deixado de lado essa parte.

-Ela vai levar a devida punição.Agora os dois,já para a sala de aula.

Já no caminho para a sala de aula ele puxou assunto

-Você estava rindo o tempo todo..-ele jogou no ar assim,do nada

-Que?Como assim?-perguntei confusa pelo assunto tao aleatório

-Quando nos estávamos indo para a sala da diretora Kim..no caminho-ele me explicou 

-É,me senti vitoriosa-bati no meu peito-voce mereceu,foi um ótimo exemplo de filho da puta sabia?Eu não sou tão masculina assim!

-Imagina...Você só se parece comum menino em todos os requisitos..-ele me respondeu como se fosse a coisa mais normal a se dizer para alguma garota.

-Você é insuportável sabia?-revirei os olhos

-Eu sei-ele bateu no peito imitando o que eu tinha feito antes

-Nossa angraçadão voê hein.Comedia andante.-dei as costas e fui na frente para a sala de aula.

Chegando na sala de aula todos atraíram a atenção para nós dois que estavamos entrando na sala arrecem.Quando uma garota chegou em mim e disse:

-Acho que já esta atrasada!!

-Porque?O professor esta lá na diretoria ainda.

-Não querida,o caminhão de lixo já passou.Porque pelas suas roupas acho que ele iria passar aqui mais tarde mas acabou se esquecendo.Hahah-continuei olhando para ela com um sorriso totalmente verdadeiro.Cinismo verdadeiro isso sim.

-E você garota?Já se olhou no espelho?-perguntei rodeando ela.Como se estivesse analisando ela.Bem,eu estava.

-Eu já sim.Mas você parece que não.Também com essa sua cara deve ter quebrado todos da sua casa né Hahahahha-denovo ela falou merda.O pior é que se ela continuar eu não vou me segurar não.E não adianta vir ninguém tentar defender ela.

-Quantos anos você tem?-perguntei dócil parecendo ter aceitado que perdi.Sendo que eu não tinha nem começado a brincadeira ainda..

-18.-falou balançando aqueles cabelos que mais pareciam uma palha de tao secos que eram-Porque?

-Seus argumentos são tao bons quanto os de uma criança de seis anos.Até o meu sobrinho de quatro anos tem argumentos melhores que os seus.

-Escuta aqui sua vadia,voce ta pensando o que falando comigo nesse tom?Aqui não é o primário pra você ficar de brincadeirinha pro meu lado.

-Logico que aqui nao é o primário.Até porque você já ta meio grandinha para essa serie imagina no primário não é mesmo?-arqueei uma sobrancelha como se eu estivesse dito "que os jogos comecem"-agora,se me da licença,eu vou me sentar no meu lugar.O professor já esta na porta pretendendo dar a aula dele.Mas você atrapalhou com o seu teatrinho infantil.Que feio.Você certamente é a mais velha aqui deveria dar o exemplo.Principalmente para mim que deveria estar no primário.Não é mesmo professor?-perguntei para o mesmo que estava encostado na porta.Ele acentiu com a cabeça e fez sinal para que aquele projeto de piranha saísse com ele a caminho da diretoria.Sorri minimo e fui para o meu lugar,bem,era o que eu pretendia fazer.Se um ser não estivesse parado na minha frente sem que eu percebesse.Preciso dizer quem era?

-Primeiro dia de aula e já esta causando tudo isso?- 

-Primeiro dia no inferno voce quis dizer!?-o empurrei e passei batendo meu ombro no braço dele.Por ser um pouco menor que ele.

Me sentei no meu lugar e o professor entrou.Com aquela piranha logo atrás de cabeça baixa.Fingi que nao percebia que ela estava o tempo todo me encarando como se eu tivesse feito algo.Hehe 

O professor começou a passar as matérias no quadro e eu assim como todos copiavamos em silencio.Pelo visto não queriam mais brigas no mesmo dia,eu também não mas parece que o universo não sabe disso ainda.Ok.

Passou o primeiro período de matemática,o segundo período de geografia,o terceiro período de educação artistica e enfim depois de durar um milênio cada período chegou o intervalo.FINALMENTE!!!

fiquei o intervalo inteiro escutando música mas infelizmente acabou,então voltamos para a sala de aula.O quarto período foi de ciencias e o ultimo de educação física.

             SOCORRO!!!


Notas Finais


Obrigado por lerem todo o primeiro capitulo.O que sera que vai acontecer na educação física?Sei lá também :v
Bye Bye.Nos vemos no próximo capitulo.bJin😂😂👏😒😘😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...