História Imagine (Jungkook) Sweet revenge - Capítulo 26


Escrita por: ~ e ~alessandra_army

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Exibições 217
Palavras 1.569
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 26 - Yang Mi sua vadia


  Depois de minha briga com Jungkook o ar ficou com uma tensão forte , não olhávamos nos olhos um do outro , eu estava muito chateada com o que ele havia dito .

  - Aii !?!? - alguém havia jogado uma bolinha de papel em minha cabeça , abro e vejo que era do Mark .


   " Oie pequena , porque está tão pensativa ? Se quiser esfriar a cabeça passe o intervalo comigo "

                    Bjs Mark ♡♡♡

   Sorri com seu bilhete , ele não costuma ser carinhoso comigo , porque não aceitar?  Irei passar o intervalo com ele então,  um momento de irmãos .

   " Apenas briguei com Jungkook,  claro que vou passar o intervalo com você,  vamos nos divertir "

   Joguei o bilhete de volta para o Mark que logo abriu e deu um sorriso de orelha a orelha , olhou para mim e piscou . Revirei os olhos e rindo baixinho para a professora não notar.




  Depois de um tempo o sinal bate e vamos para o refeitório, pego uma bandeja e entro na fila. Derrepente minha visão escurece e eu posso sentir pequenas mãozinha em meus olhos, eu as toco para ver se conseguia descobrir de quem era, senti o cheiro do perfume do Mark, com certeza era ele.

  - Mark?

  - Acertou

  - Tá, agora que adivinhei pode tirar as suas mãozinhas dos meus olhos? - ele ri e logo tira as mãos do meu rosto.

  - E aí tá com fome?

  - muita, não comi nada no café, como tá o Appa? .

  - Tá com uns probleminhas nos EUA então teve que ir pra lá resolver e é por isso que estou aqui , não ia ter ninguém pra eu azucrinar na em casa então eu vim pra cá passar um tempo com a minha irmãzinha mais nova.

  - Há há muito engraçado.

  - E aí como tá indo o plano de vingança?

  - Era isso que isso que eu queria falar com você, ,não vou ...- derrepente chega a minha vez de pegar o almoço e a senhora da cantina me enterrompe.

  - O que vai querer mocinha bonita ?

  - Kimchi, Japchae e um suco pêcego por favor.

  - Aqui mocinha, e me chame de sr. Jane - ela sorriu e eu retribuo, ela é muito simpática .

   Peguei minha bandeja e fui me sentar logo atrás vinha Mark com a sua bandeja , nos sentamos na mesa e começamos a comer .

  - Ei o que é isso aí? 

  - Batata frita, quer ?

  - Quero - Abro um sorriso no rosto, quando eu ia pegar ele desviou - ah da uma por favor. 

  - O que eu ganho em troca?

  - Ganha o que você quiser.

  - quero um beijo

  - Oi? Mark nós somos irmãos

  - Sua maliciosa, eu quero um beijo na testa - mostrou língua pra mim me fazendo rir de seu jeito infantil,  dou um beijinho em sua testa e ele cora.

  - Eu mereço a batata frita?

  - Pega aí - ele passa a batata frita pra mim e eu pego umas três ou quatro. - Gulosa como sempre - Bato de leve em seu ombro rindo .

  - Não quer conhecer o pessoal?

  - Aqueles merdinhas que fizeram aquilo com você?

  - Não os chame assim .

  - Por que não? Eles são desprezí...Não vai me dizer que se apegou a eles ? - Abaixo a cabeça envergonhada , ele arregalou os olhos - como pode perdoa - los?  .

  - Eu apenas vi como se sentiam em relação ao passado - falei em voz baixa .

  - Você realmente é muito idiota.

  - Por que ?

  - Porque confia neles como se nada tivesse acontecido. 
 
  - Não é você quem decide em quem devo confiar .

  - Perai um minutinho...Se você realmente perdoou cada um deles ... Significa que perdoou o maior dos merdinhas ? E que vocês também estão juntos ? - Balanço a cabeça positivamente .

  - Não sei como você consegue ser tão idiota - revirou os olhos e o ignoro terminando de comer a deliciosa comida , Aish , devem ter trocado a mulher da cantina porque meu deus , parece a comida que minha Omma fazia quando eu era pequena , como o mais rápido que posso , eu apenas queria sair dali , estava um clima tenso no ar entre eu e meu irmão,  mas fazer o que né?  Hoje não é um dos melhores dias .

  - Eu já vou indo - após terminar de comer , levanto e ponho minha bandeja na bancada e saio andando para procurar os outros meninos. Até que finalmente acho um deles ... Não perai aquele não é o Jungkook? O que a piranha da Yang Mi estava fazendo com ele , ela o encurralou em um cantoE ainda com dois rapazes enormes os segurado, eu não os conhecia mas me pareciam muito famíliares , eles parecem estar conversando algo muito sério pois o rosto do Kookie emanava medo e preocupação. Depois de um tempo os meninos o soltam e ela da um celinho que não é correspondido por ele , mais um motivo para confiar nele .

  Ele parecia estar muito preocupado,  seus cabelos estavam molhados , sas mãos tremiam e não parava quieto , se mechia de um lado para o outro , quando ele percebe que estou aqui ele me olha sorrindo mas de um minuto para o outro sua face muda completamente,  como se lembrasse de algo , seu rosto estava fechado e seu punho cerrado , vou correndo até ele para falar com ele .

  - Kookie ? Você está bem ?

  - E por que não estaria ? - fala friamente e parecendo debochar de mim .

  - Eu vi o que aconteceu , o que ela te falou ? - pergunto preocupada

  - E isso é da sua conta vadia? - ao ouvir a última palavra...Aquilo foi como uma lembrança que marcou meu coração, cerro meu punho tentando me controlar para não dar um tapa em seu rosto , Apenas mostrei o dedo do meio para ele e sai andando até banco em que Kookie e eu vimos as pétalas das cerejeiras caírem , fiquei pensando no que aquela rapariga disse para ele agora tão frio e seco daquele jeito , uma lágrima pesada escorre pelo meu olho direito.


                JUNGKOOK POV'S


   Eu havia comprado o doce favorito da (S/n) para tentar me desculpar por hoje mais cedo eu não devia ter falado daquele jeito com ela .

   Do nada senti algo segurar a gola da minha camisa e me jogar contra uma parede , Abro os olhos e vejo se dois cara enormes me segurando

  - Hora hora hora , esse doce é pra mim amorzinho?  - Aish conheço muito bem essa voz nojenta ... Yang Mi

  - Nós não temos nada Yang , meu coração é da (S/n) - Falo cheio de vontade e coragem , ela apenas suspira .
 
  - Kookinho , Não torne ascoisas mais difíceis ...- ela para é Sorri falsamente - está vendo esses dois caras enormes ai? Há mais 5 deles , é o seguinte , vou fazer um trato com você - ela pega uma faca afiada e passa levemente sobre meu rosto - Você vai apenas tratar aquela sua vadiazinha que você chama de namorada como se ela fosse uma qualquer...E em troca não machuco você amorzinho ... Quero que você seja meu e não dela ficou claro ?

  - E se eu me recusar .

  - Calma que já chegamos na melhor parte...Eu irei mata - lá e sem ajuda de ninguém apenas irei atraí - lá para um canto qualquer e atirarei nele sem só nem piedade - Agora sim fiquei assustado , concordo com a cabeça e ela me da um celinho... Eca vai saber  onde ela encostou essa boca de puta que ela tem ... Os rapazes me soltam e logo saem atrás da puta .

   Começo a suar frio, estou com muito medo , estou agitado e não paro de suar , vejo que (S/n) está me olhando , sorrio para ela mas logo me lembro do Yang Mi disse para mim e logo fecho a cara , ando até ela que já começa a fazer várias perguntas .

 - Kookie ? Você está bem ?

 - E por que não estaria ? - falo friamente .

 - Eu vi o que aconteceu , o que ela te falou ? - então ela viu o que aconteceu , (S/n) me perdoe por isso mas é pra te proteger .
 
 - E isso é da sua conta vadia? - Conhecendo - a como conheço com certeza ela iria me dar um tapa na cara nessas horas mas a única coisa que foi cerrar os punhos e me mostrar o dedo do meio , em um movimento rápido ela sai correndo me deixando ali parado , vejo que ela está indo para um dos lugares onde fez parte de um encontro maravilhoso...A cerejeira . Me desabo em lágrimas...Aish eu odiei fazer isso pode apostar o quanto eu odiei , odiei mágoa - lá o tapa que eu deveria levar com certeza deve doer menos do que eu estou sentindo agora ... Me sentindo um lixo pois prometi protege - la e nunca mágoa - la.




Gente leiam pfv as notas finais 


Notas Finais


Aaamooorres do meu kokoro , como sabem mais alguns cáps e a fic acaba, estou com três idéias para a próxima , estou gostando mais de uma nova momento , queria saber se alguém gostaria de escreve - lá comigo ... Se alguém quiser me chamem no chat pfv


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...