História Imagine JunHoe - Delicious - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias IKON
Personagens Junhoe
Tags Hentai, Junhoe, Sadomasoquismo, Você
Exibições 276
Palavras 781
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá 💙 então esse imagine é dedicado para uma leitora 💙 a @Frnd4ever .... {leiam os avisos}

*18+
*sadomasoquismo
* PWP
*eitinha
*meu lugar no inferno já tá reservado
* socorre
*mas vamos lá
*boa leitura

Capítulo 1 - Capítulo Único


P.O.V JunHoe [21:50]

Por que tão gostosa? Os movimentos que minha empregada fazia, não era de Deus.... Não sei se é normal maliciar a própria empregada, mas ela fica tão gostosa com aquele uniforme Preto e Branco... Ai, aquelas pernas, são maravilhosas, todas as noites, penso em fuder aquela bunda de uma maneira inesquecível... Acho que ela nunca me "daria", tenho fama de galinha, mas nenhuma mulher despertou o desejo em mim, igual S/N, a empregada dos sonhos...Estou na minha sala assistindo TV, enquanto S/N limpa, ela se abaixa para pegar algo caído no chão e eu me aproveito da cena, para ver sua linda bunda.... Percebo que meu membro está latejando, minha ereção começa a aparecer

- S/N, estou indo para meu quarto... Por favor não incomode
-Okay

Chego lá e retiro minha calça, começo a me tocar o mais rápido possível, pensando em como se fosse S/N me tocando, início com movimentos lentos e me preparo para movimentos mais rápidos. Percebi que saia de minha boca o nome da S/N cada vez mais alto, chego ao meu limite e me arrumo, lavo minhas mãos e saio. Me surpreendo ao ver S/N na porta do quarto

- Então o senhor se toca pensando em mim? - fala mordendo o lábio - que feio senhor JunHoe
- Ei ei, não é nada do que está pensando - falei corado - não me julgue
- Não posso julga-lo - fala dando uma volta por mim - seria errado isso, até admito, já fiz o mesmo pensando em ti....

Aquilo me deixou em choque.... Quando ela ia sair, a puxei pelo braço, iniciando um beijo, mas não um beijo calmo, e sim um beijo, cheio de desejo, luxúria... Ah que gosto bom S/N tem

- Vem vamos para o quarto - falo a colocando em meu colo
- Me foda oppa

Ouvi aquilo saindo da boca da S/N foi uma das melhores coisas... A joguei na cama de uma forma brutalmente e a beijei, logo partindo para teu pescoço. Gemidos baixos saia de sua boca me fazendo ficar mais excitado

- Deixa o daddy brincar contigo??
- Claro

Retirei sua blusa de uniforme de uma maneira rápida, e logo a minha. Ela passava a mão pelo meu abs de uma forma maravilhosa, aquelas unhas, uma  marca de arranhado que ficou lá... Invertemos as posições deixando S/N por cima de mim, ela cavalgava em meu membro ainda coberto pela calça, sentia sua calcinha está molhada, já que a mesma estava de saia, ela mesmo retirou sua saia ficando apenas de roupas íntimas, e retirou minha calça também. Troquei as posições e retirei seu sutiã, sem ao mínimo dar a importância aos seus seios já rijos, levei meu dedo a sua intimidade coberta pela calcinha e o precioso la mesmo, tirando um gemido da boca de S/N, comecei com movimentos circulares, logo respirei em sua intimidade a fazendo arfar, retirei a calcinha, e penetrei minha língua na mesma, fazendo movimentos de vai e vem, a fazendo se contorcer na cama. Aquilo não estava me convencendo, então, fui a cozinha e peguei um pouco de sorvete. Ao chegar ao quarto vejo S/N deitada me olhando com um rosto perverso, deito por cima dela e a peço algo

- Abri bem as pernas, pro daddy
- Aham

Ela abriu, passei sorvete por toda extensão de sua vagina e depois comecei a chupa-La, até a mesma gozar. Invertemos a posição e a mesma retira minha cueca e fala

- Será punido, oh será

Ela começou a me masturbar e despois abocanhou meu membro, de uma maneira tão gostosa, a parte que ela não consegue chupar ela massageia, juro, juro mesmo, esse foi o melhor boquete do mundo. Queria deixar as coisas apimentadas, peguei uma venda e disse

- Vamos fazer isso, uma pergunta uma resposta, uma resposta errada, uma punição - falei colocando a venda na mesma
- Okay
- Quantos anos eu moro aqui?
- 5?
- Errou, são 8 anos, senta no colo do daddy

Ela se sentou, ja posicionando meu pênis em sua entrada, então disse a ela enquanto a algemava com uma algema que estava em cima da cama

- Você tem o direito de quicar - falei batendo em sua bunda - Você tem o direito de rebolar - falei dando outro tapa - Você tem o direito de ficar caladinha, Okay? Sem gemidos.

Ela quicava, rebolava, e se segurava para não gemer, seu corpo estremeceu junto ao meu, ja sabíamos o que estava por vim, gozamos juntos, e caímos na cama, olhei para S/N e cheguei ao pé de seu ouvido e falei "Está pensando que acabou? Esse é apenas o começo"


Notas Finais


Olá dnv 💙 gostaram?? Espero que sim!!! Bom, desculpem-me pelos erros ortográficos, estou pelo celular!! Esse imagine foi feito para @Frnd4ever
Gostou?? Então é só isso 💙 beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...