História Imagine Kim Taehyung - Just a Dream - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan, Bts, Hoseok, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoom, Suga, Taehyung
Visualizações 49
Palavras 1.151
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Orange, Saga, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que vocês gostem, vou tentar dar o meu melhor nessa fic, boa leitura ❤

Capítulo 1 - Mais um ano


Fanfic / Fanfiction Imagine Kim Taehyung - Just a Dream - Capítulo 1 - Mais um ano

S/N POVs on


Acordei ao som do despertador que marcava seis da manhã, com um pouco de dificuldade me levantei da cama esfregando meus olhos até minha visão se adaptar à claridade que vinha da janela. Me levantei e andei até meu guarda roupas, de lá pequei o uniforme da escola e me dirigi ao banheiro.

Hoje seria o primeiro dia de aula, após passar as férias inteiras acordando às onze da manhã eu com certeza demoraria à me acostumar novamente à acordar cedo.

Porém nem tudo naquela estressante vida escolar era ruim, estava feliz por poder ver meus amigos novamente e claro, poder ver novamente Kim Taehyung, o garoto por quem à três anos estava apaixonada. Tae era um garoto tímido e frequentemente zoado na escola, ninguém dava atenção à ele, sempre via o mesmo isolado de tudo e de todos, se sentava sozinho, comia sozinho e fazia os trabalhos sozinho. Ao chegar na escola à três anos atrás me deparei com três garotos que espancavam o mesmo no corredor, sem pensar duas vezes fui até lá e o defendi,Tae pareceu meio tímido e agradeceu com um sorriso quadrado. E foi à partir daquele dia que comecei à reparar nele, nunca chegamos à conversar muito, alguns alunos tentavam me afastar dele dizendo para não me misturar com pessoas como Tae, apesar disso eu me apaixonei por ele, era inevitável.

Após fazer minha higiene saí do banheiro e desci para a cozinha.


-Bom dia querida... 

-Bom dia mãe...


Falei me sentando em frete à mesa enquanto minha mãe me servia um pote de cereal.


-Com saudades dos seus amigos?

-Tenho sim... Mas estou feliz de poder vê-los hoje...

-Isso é muito bom querida... Quer carona?

-Hoje não mãe, vou passar na casa da Hyemi para irmos juntas.

-Certo, então tenha um bom dia minha filha...


Disse a mesma pegando sua bolsa e saindo pela porta para ir trabalhar. Terminei meu cereal e após escovar os dentes também saí de casa.

Andei por alguns quarteirões até chegar à casa de minha melhor amiga Hyemi, dei duas batidas na porta e a mesma abriu alguns segundos depois.


-Já está pronta? 

-Estou sim, podemos ir...


Disse a mesma sorrindo e assim seguimos andando pela rua.


-Está animada para o primeiro dia de aula?

-Mais ou menos, essa história de acordar cedo ainda vai me matar, mas tirando isso estou empolgada pra rever nossos amigos.

-Já eu estou empolgada pra outra coisa... Dizem que vão ter vários alunos novos esse ano, e alguns deles na nossa sala...

-Pode parar... Sei o que está tentando dizer...

-Ah, qual é S/N? Se forem caras legais podemos nos divertir, você nunca fica com ninguém, e não é por falta de opção, metade dos garotos faria de tudo pra ficar com você, por que não aceita logo?

-Porque nenhum deles me chama atenção... Se for pra ficar com alguém quero ficar com alguém que me ame e não que só queira meu corpo.

-Você é muito chata às vezes sabia? Mas tudo bem, eu ainda te amo.


Disse ela me abraçando de lado, retribuí o abraço sorrindo. Alguns minutos depois chegamos à escola, vários alunos entravam pelo portão principal.


-Hey, S/N!


Falou Scott, meu colega de classe e líder do time de basquete. Confesso que nunca gostei muito da presença dele, Hyemi insistia em dizer que ele gostava de mim e que seria um desperdício não ficar com o garoto mais desejado da escola, porém eu conhecia Scott, sabia que ele não era o tipo de cara que se contentava com apenas uma garota, e eu realmente queria distância dele.


-Olá...


Falei com um suspiro.


-Olha só pra você, está ainda mais linda do que eu me lembrava.

-Obrigada...

-O que acha de voltarmos pra casa juntos depois da aula?


Falou ele andando ao meu lado e discretamente passando o braço em volta da minha cintura, me afastei rapidamente.


-A-acho melhor não Scott, talvez outro dia...


Falei me afastando dele junto com Hyemi e indo em direção à sala.

Ao entrar lá várias de minhas amigas vieram em nossa direção nos cumprimentando e nos puxaram para sentar nas mesas da frente. Conversamos por algum tempo até notar alguém entrar pela porta da sala, me virei vendo Taehyung.

Nossos olhares se cruzaram enquanto o mesmo se dirigia ao fundo da sala.


S/N POVs off 


V POVs on 


Aquele era o primeiro dia de aula, e como todos os anos ao cruzar o portão principal fui recebido por um empurrão que quase me fez cair.


-Olhe por onde anda idiota!!!


Disse um garoto me fuzilando com o olhar. Me afastei sem jeito e voltei à andar. Todos me olhavam com desprezo, me sentia excluído, isolado e inútil, e era realmente o que eu era, um inútil, sempre tive dificuldades para fazer amigos, apesar das notas boas sempre fui taxado como idiota e a garota que eu mais amava no mundo mal sabia da minha existência.

Conheci S/N à três anos atrás, estava sendo espancando por Scott e seus amigos, aquilo já era uma rotina para mim, estava acostumado à apanhar nos corredores sem ninguém fazer nada para impedir, até aquele dia... S/N me vendo naquela situação interveio e me defendeu.


-O que estão fazendo?! Parem!

-Não defenda este idiota novata! Você não o conhece! Agora saia da frente!

-Não!!! Não vou sair até deixarem ele em paz! Se quiserem bater nele vão ter que passar por mim!


Essas foram suas palavras, nunca ninguém havia feito aquilo por mim, agradeci com um sorriso tímido e voltei à minha vida normal porém não parava de pensar nela, S/N era tão linda, era gentil, fofa e foi a primeira pessoa à me tratar bem naquela escola. Com o tempo me apaixonei por ela, mas era claro que se eu dissesse à ela com certeza seria mais humilhado do que sempre fui.

Finalmente cheguei à minha sala, quando entrei vi que algumas garotas faziam uma roda ao redor de uma mesa, olhei curioso para lá e vi que no centro da roda estava S/N. Ela continuava linda, a mesma me viu e olhou para mim. Me distraí com seu olhar profundo e hipnotizante e acabei esbarrando em um garoto, que segurava alguns livros e os deixou cair.


-Desculpe...


Falei abaixando a cabeça.


-Qual é o problema garoto?! Não olha por onde anda?!


Perguntou ele fazendo toda a sala se concentrar em nós. Fiquei sem ação, ele parecia alterado.


-Você não ouviu?! Eu fiz uma pergunta! Pirralho imbecil!


Disse ele com raiva e me acertando um tapa forte no rosto, ouvi os risos do restante da sala. Levei minha mão até a bochecha, que estava vermelha e doía muito.


-Qual é o problema seu inútil?! Vai chorar?! 


Disse ele me acertando outro tapa, dessa vez forte o suficiente para me desequilibrar e me fazer cair sobre as mesas, olhei de canto para S/N, ela parecia assustada, fechei meus olhos e segurei minhas lágrimas, eu estava sendo humilhado, humilhado na frente da garota que eu amava... Ela deveria me achar um covarde... Sem mais o que fazer apenas me levantei e corri para fora da sala indo em direção ao banheiro e me trancando em uma das cabines.


Continua?








Notas Finais


Espero que tenham gostado ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...