História Imagine Kim Taehyung - Just a Dream - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan, Bts, Hoseok, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoom, Suga, Taehyung
Visualizações 141
Palavras 1.496
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Orange, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que vocês gostem, boa leitura 😊❤

Capítulo 2 - Amigos?


Fanfic / Fanfiction Imagine Kim Taehyung - Just a Dream - Capítulo 2 - Amigos?

Tentei segurar as lágrimas mas elas insistiam em cair. Não entendia o porque todos me odiavam tanto, sempre tentei dar o melhor de mim, sempre tentei fazer amigos e me aproximar das pessoas, porém elas se afastavam, me tratavam como seu eu fosse apenas um objeto que não tinha importância, e talvez elas estivessem certas, eram em situações como essa que eu me perguntava, vale à pena continuar vivendo se for para sofrer assim? 

Apoiei minhas costas na parede da cabine e deixei meu corpo deslizar até cair sentado no chão. Meu desejo era passar o resto do dia ali, sozinho, e talvez assim nada de ruim pudesse acontecer. Porém eu sabia que teria que sair, teria de enfrentar as pessoas lá fora e acima de tudo encarar S/N mais uma vez... O que ela estaria pensando de mim? Deveria estar me achando um covarde por ter fugido daquela maneira, eu nunca seria bom o suficiente para ela, S/N não merecia alguém como eu. Pensado nisso comecei à chorar mais do que antes, tudo estava dando errado.


V POVs off 


S/N POVs on 


Ao ver Taehyung sendo humilhado e agredido por um dos alunos minha única reação foi entrar em choque, eu me sentia culpada, deveria ter andando até lá e o defendido como da outra vez, mas ao invés disso deixei o garoto que eu amava ser tratado daquela forma. 

Pensei em ir falar com ele mas Tae correu para fora da sala não me dando oportunidade para isso. Todos na sala riam e zombavam dele, meu coração se partiu ao ver aquilo. Sem pensar duas vezes me levantei e andei até a porta.


-S/N?


Chamou Hyemi, me virei para ela.


-Sim?

-Onde você vai? 

-Eu...

-Não me diga que vai atrás do Taehyung...


Falou ela e toda a sala olhou para nós.


-É claro que vou... Ele deve estar péssimo...

-Se preocupa mesmo com aquele idiota? Olha pra ele S/N, não acredito que tem pena de um inútil como ele...


Ao ouvir aquelas palavras de minha própria melhor amiga fiquei surpresa e decepcionada, franzi o cenho e a encarei séria.


-Tae não é um inútil! Vocês não tem o direito de tratá-lo daquela forma... E quanto à você Hyemi... Achei que fosse diferente desses idiotas!


Falei com raiva e sem esperar uma resposta apenas saí da sala.

Andei pelos corredores procurando Taehyung em todas as partes mas não o encontrava. Já estava começando à ficar preocupada.


S/N POVs off 


V POVs on 


Ainda chorando em uma das cabines do banheiro ouvi a porta de entrada ser aberta, me encolhi ali mesmo, no chão e olhei pelo vão da porta da cabine.

Um garoto de cabelos pretos, quase da minha altura havia entrado no banheiro, o mesmo estava de costas então não consegui ver seu rosto. Tentei fazer o mínimo para não fazer barulho, mas acabei me descuidando e batendo meu braço na parede da cabine, vi que o garoto se virou em minha direção.


-Tem alguém aí?


Perguntou ele. Não respondi. 


-Vamos, eu sei que está aí, estou te vendo pelo vão da porta...


Disse ele.


-Você está bem? Por que não me responde?


Perguntou ele, limpei minhas lágrimas e dei um suspiro.


-Estou bem... Não se preocupe...

-Você não parece bem... Por que não sai para eu poder ver seu rosto?

-Estou bem aqui...

-Estou tentando ajudar...


Falou o garoto, por algum motivo acreditei nele, me levantei e abri a porta da cabine podendo ver seu rosto.


-Uau, você parece péssimo... Por que não lava seu rosto?


Disse ele e andei até a pia.


-Estava chorando não estava?


Perguntou o garoto, um pouco envergonhado assenti.


-Não precisa ter vergonha... Todos nós choramos um dia... Oh, e à propósito... Me chamo Jungkook, é um prazer conhecê-lo... Qual é o seu nome?

-Taehyung... Kim Taehyung...

-Certo, Kim Taehyung, quer me contar por que estava chorando? Oh, já sei,  você deve ser novo aqui, assim como eu, mas não se preocupe, o primeiro dia de aula é assustador mas você logo fará amigos.

-Não sou novo aqui, e não é por isso que estava chorando, você não entenderia.

-E por que não?

-É complicado... Mas se não for pedir muito não quero falar sobre isso.

-Tudo bem, como quiser...


Falou ele. Tive impressão de que Jungkook iria dizer mais alguma coisa mas foi interrompido pelo sinal da escola.


-O sinal já bateu, acho melhor eu ir...


Disse ele.


-Mas se precisar de algo pode me procurar, estudo da sala cento e dois...

-Obrigado...


Falei, o mesmo sorriu e se retirou do banheiro. Fiquei surpreso com Jungkook, ele havia sido gentil comigo, algo que nunca havia acontecido antes.

Ainda um pouco triste decidi sair do banheiro,  não podia me atrasar para a aula.


V POVs off 


S/N POVs on 


O sinal já havia batido e eu iria me atrasar para a aula, mas nada daquilo importava, eu só queria achar Taehyung e conversar com ele.

Apertei o passo sem olhar para onde andava até sentir meu corpo esbarrar em alguém.


-Desculpe...


Falei e vi que em minha frente havia um garoto um pouco mais alto que eu, de cabelos pretos e um sorriso fofo.


-Sem problemas... Está com pressa?

-Estou procurando alguém.

-Uma amiga sua?

-Não, na verdade é um garoto da minha sala, algo não muito legal aconteceu com ele e quero saber se ele está bem.

-Está falando de Taehyung?


Perguntou ele e meus olhos se arregalaram.


-Conhece ele?

-Nos conhecemos à pouco no banheiro, ele estava chorando, parecia bem triste. 


Disse ele e meu coração congelou.


-E-ele estava chorando?

-Sim, mas não quis me contar o motivo, pelo visto tem à ver com você... É namorada dele?


Senti minhas bochechas corarem.


-N-não,somos apenas colegas...

-Entendo, bem, se quiser ir atrás dele acho melhor ir rápido.

-Eu vou... Obrigada... Err...

-Jungkook...


Sorriu ele.


-Obrigada Jungkook.

-Não à de que... 

-S/N...

-Certo... S/N, não à de que... 


Disse ele sorrindo, nos despedimos e corri até o banheiro. Quando cheguei até lá pude ver Taehyung saindo pela porta, estava com os olhos inchados e olhava triste para o chão. Não consegui me controlar e corri até ele.


-Taehyung!!!


O mesmo olhou para mim surpreso. Queria tanto abraçá-lo e perguntar se ele estava bem mas não tinha esse tipo de intimidade com ele, ele poderia se afastar e me achar estranha então tive que me conter.


-S-S/N?


Gaguejou ele. Dei um sorriso.


 -Eu te procurei pela escola inteira... Que bom que você está aqui...

-V-você estava m-me procurando?

-É claro... Fiquei preocupada com você, aqueles idiotas não deviam ter te tratado daquele jeito, eu queria ter te defendido, queria poder te ajudar mas eu...

-Não precisa disso... Obrigado por vir atrás de mim...

-E-eu me importo com você Taehyung... Não poderia deixar você ser humilhado daquele jeito.


Vi as bochechas do mesmo corarem e ele desviou o olhar.


-Você se importa... Comigo? M-mas por que?


Desta vez foi a minha vez de ficar corada. Sem saber o que dizer apenas o encarei.


-E por que não me importaria? Não gosto de ver você sofrendo Tae...  Você é um garoto legal, não merece isso.


Vi o mesmo dar um sorriso quadrado. Retribui o sorriso, tomei coragem e segurei sua mão um pouco envergonhada.

O mesmo pareceu surpreso, arregalou os olhos e ficou mais vermelho do que nunca, senti suas mãos tremerem e reparei que ele estava nervoso, provavelmente não estava acostumado à chegar tão perto assim de garotas, mas não me importei, olhei para ele sorrindo e falei.


-Ouça,  eu quero te ajudar Tae... Quero ser sua amiga... Não quero que as pessoas o tratem mal... Então...  Você aceita minha amizade?


Falei um pouco envergonhada. Tae ainda tremendo assentiu.


-Sim, eu aceito...


Disse ele sorrindo. Poderia ficar ali de mãos dadas com ele conversando e nos encarando pelo resto do dia, porém tínhamos uma aula para assistir.


-Bem, nós estamos atrasados... Não acha melhor irmos para a aula?

-Acho...

-Então vamos...


Falei para ele, separamos nossas mãos e seguimos para a sala de aula.


S/N POVs off 


Scott POVs on 


As aulas já haviam começado, reparei que S/N não estava na sala, assim como Taehyung. Aquilo me deixou preocupado. Aquele idiota sempre foi apaixonado por ela desde que ela o livrou de uma surra que iríamos dar nele à três anos atrás, à partir dali reparei que Taehyung sempre a olhava durante as aulas e sempre sorria quando se tratava dela, e aquilo me deixava irritado.

 Com o tempo tive a oportunidade de conhecer S/N melhor e ao longo de três anos comecei à sentir que estava apaixonado por ela, eu a queria para mim, poder beijá-la e poder agarrá-la à qualquer hora, seu corpo era perfeito, sua voz era perfeita, tudo nela era perfeito e não via à hora de poder chamá-la de minha, mas S/N parecia sentir pena de Tae e tentava ajudá-lo e defendê-lo de tudo, não entedia o que ela via naquele idiota mas eu não iria perdê-la para ele.

A demora dos dois me deixava aflito, até ele escutei a porta da sala ser aberta. S/N entrou acompanhada de Taehyung, todos pareciam querer dizer algo mas permaneceram calados, Taehyung andou até seu lugar e se sentou com a cabeça baixa, já S/N trocou algumas palavras com a professora e se sentou em seu lugar.

A encarei por um longo tempo e em seguida olhei para Taehyung, o mesmo olhava feito bobo para ela, fechei os punhos e rangi os dentes, aquilo não iria ficar assim...


Continua?





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...