História Imagine Kim Taehyung-I hate you, but I love you! - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 52
Palavras 1.456
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiie denovo!!!!!

BOA LEITURA!♡

Capítulo 10 - CORADA DE NOVO!!!


Fanfic / Fanfiction Imagine Kim Taehyung-I hate you, but I love you! - Capítulo 10 - CORADA DE NOVO!!!

já sabia quem era, seu cheiro era impossível de não reconhecer...

S/N  Off.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Tae  On.

Quando Lee disse aquelas coisas horríveis para S/N, vi tristeza em seus olhos, então realmente algum infeliz a magoou, que vontade de matar esse idiota. S/N não diz nada, apenas sai da sala, não aguentei ver ela assim, precisava saber como ela estava, então a sigo, ela vai para o jardim e se senta em baixo de uma árvore, ela começa a chorar, aquilo me doeu, por que eu me importava tanto, será que estou gostando dela! Pensamentos rodeavam minha cabeça.

Ando em direção a ela e a abraço, eu queria consolar ela, queria que ela visse o quanto me importo com ela. Quando ela sente que estou a abraçando, logo tira sua cabeça dos joelhos e coloca em meu peito, sento ao seu lado, e a abraço forte, ela rodeia minha cintura com suas mãos, e me aperta chorando mais, começo a fazer cafuné em seus cabelos macios, tinha um cheiro tão bom. Não falamos nada, apenas ficamos abraçados, até que decido cortar o silêncio. 

-S/N, não fique assim, vai ficar tudo bem, não chore mais! - Digo e a aperto mais contra meu corpo, eu estava amando tocá-la.

-Eu estou bem Tae, só não me solte! - Disse ela. Ela já não chorava mais, seu rosto ainda estava um pouco inchado.

-Não vou soltar, pode contar comigo, sempre pequena! - Adorei chama-la assim, não que ela seja muito baixa, mais eu era bem mais alto que ela.

Tae  Off.

----------------

Yang Mi  On. 

S/N saiu da sala, e Taehyung foi atrás, não fui junto pois eu sei que ele poderia cuidar dela. Lee, não entendo por que nos odeia tanto, pra que nos atacar dessa forma, uma coisa que eu não entendia, como Lee sabia desse história, eu não falei nada a ninguém, S/N também não pode ter contado, muito menos a dona Catarina, como ela sabe!!?¿

Olhei incrédula para Lee, que gargalhava por S/N ter se magoado.

- Você não se cansa garota, vai ocupar seu tempo com outra coisa, vai ser feliz, pra que infernizar a vida dos outros! Garota chata, já ta me tirando do sério! ! - Disse com a expressão brava.

-Nossa, gente cuidado, agente tirou ela do sério, ela vai fazer alguma coisa! Cuidado em, aquele seu amiguinho da AK-47 pode receber uma visitinha depois! - Disse ela rindo de mim, é como falam, se puta voasse, minha escola seria um aeroporto. Ela conseguiu me tirar do sério, não aguentava mais essa biscate atrapalhando nossas vidas. Fui pra cima dela, tirei força de onde não tinha e dei um soco tão forte que achei que tinha quebrado o nariz daquela piranha, ela caiu pra trás com tudo e ficou no chão gritando de dor com a mão no nariz,  não tive reação, mais também não fiquei com dó, ela merecia.

Bem na hora o professor entra na sala, olha pra todo mundo, olha para Lee, tentando entender o que aconteceu, todos se entre olharam.

-O que aconteceu aqui? - Pergunta ele com os olhos arregalados olhando para o nariz de Lee que estava sangrando bem pouco, pouco mesmo! Ela estava fazendo um drama que meu deus!

-Professor ainda bem que o senhor chegou, Yang Mi me deu um soco no nariz! - Disse ela se fazendo de coitada, aaah se o professor não estivesse na sala, ela ia ver o que realmente um soco bem dado!

-Por que fez isso Yang Mi?? - Ele perguntou me olhando torto, era só o que faltava, a culpa ser toda minha!

Expliquei tudo o que aconteceu, menos a parte em que Lee falava da traição de S/N, pois não queria falar naquele assunto perto de todos. Lee contou uma história completamente diferente, ai o pressor chamou outro aluno que estava lá para explicar, ele contou a mesma historia que a minha, mais Mina foi lá e mentiu contando a história de Lee, no final, o professor não acreditou em ninguém e mandou todo mundo para a diretoria, todo mundo mesmo, teve gente que ficou puto, pois não tinha nada a ver com a história. 

Chegando na diretoria o professor explicou tudo para diretora, ela falou para Lee ir na informaria para ver se ela não tinha quebrado o nariz (tomara que tenha quebrado), depois falou que todos nós teríamos que limpar o pátio, que era gigante e estava muito sujo, mais ela não aliviou para Lee, ela disse que depois da enfermaria era pra ela ir direto para o pátio nos ajudar.

Fomos para o pátio para começar o quanto antes e terminar mais cedo,  até S/N e Taehyung passam por lá nos olhando confusos, o professor chamou eles, não consegui ouvir o que eles falavam, depois da conversa S/N e Taehyung foram em direção a nossa sala.

Yang Mi  Off. 

-------------------

S/N  On.

Depois de um tempo abraçada com Tae, levanto minha cabeça que estava em seu peito, e o olho, ele era tão bonito, sua pele que não era tão pálida e nem morena, seus cabelos lisos que caiam em seu olho, seus olhos castanhos que me fitavam, e sua boca, meu deus e que boca (meu deus o que eu estou pensando, PARE com isso S/N)

-Está tudo bem S/N? Por que me olha assim? - Pergunta ele envergonhado, meu deus como ele era fofo!

-Estou bem, só estou te olhando, v-você é b-bonito! - Digo e coro, fazendo ele corar também.

-O-obrigado, você também é muito bonita! - Diz ele e naquele momento senti meu rosto ferver, tinha certeza que eu estava um pimentão, com vergonha escondo meu rosto na curvatura de seu pescoço, ele tinha um cheiro que eu não cansava de sentir.

-Haha tão fofa corada! - diz ele e levanta minha cabeça e da um salar em minha testa, coro mais ainda.

O que ele estava fazendo comigo, eu não coro facilmente, o que está acontecendo. 

-Bom S/N, acho melhor voltarmos, se não vamos perder todas as aulas! - Disse ele.

-Ok Tae, já estou mais calma também, vamos! - disse e levantamos.

-Então vamos! - Disse ele.

-Espera Tae! - Disse  e ele me olhou. - Obrigada! - Digo e vou abraça-lo, o mesmo retribue e sussurra em meu ouvido, com aquela voz rouca maravolhosa.

-Denada! - Ele sussurra me fazendo arrepiar.

-E-então vamos! - Digo e me separo dele.

No meio do caminho para a sala, passamos pelo pátio e vimos todos da nossa sala limpando o local, quando estávamos passando o professor nos chama.

-S/N, Kim Taehyung, venham aqui! - Ele nos chama, e fomos em direção dele.

-Sim, professor - Eu e Tae falamos ao mesmo tempo. 

-Onde vocês estavam, que não vi vocês em lugar nenhum? - Pergunta ele, eu e Tae nos olhamos, eu não sabia o que falar, então Tae fala alguma coisa.

-Nós estávamos no banheiro professor! -Diz ele como se isso fosse verdade ( ele mente bem).

-Por que demoraram tanto? - O professor fez outra pergunta difícil, mais Tae respondeu.

-Aaah sabe, é que meu café da manhã foi meio pesado e não me caiu muito bem - Diz ele colocando a mão na barriga, eu me segurei pra não rir. - E  S/N me esperou para irmos juntos pra sala. - Disse ele na maior tranquilidade.

-Então vocês não participaram de nada do que aconteceu na sala de aula? - Pergunta ele com uma sobrancelha erguida.

-Não participamos de nada, o que aconteceu? - pergunto.

-Depois seus colegas te contam, podem ir para a sala, se comportem, tenho que ficar aqui para supervisionar a limpeza deles! - Disse o professor e saímos em direção a sala, entramos e nos sentamos, me viro para trás já que Tae se senta atrás de mim.

-Tae! - Chamo ele e ele olha pra mim. Pisco para ele, já que eu não tinha cumprido meu desafio do jogo. Ele me olha e abre um sorriso que MEU DEUS, novamente não aguentei e apertei suas bochechas fofas.

-Eiii denovo! - Diz ele com as mãos nas bochechas. 

-Você é muito fofo, da vontade de morder.  Digo olhando pra ele.

-Então morde! - Diz ele bem baixo mais eu consegui ouvir e arregalei os olhos, virei pra frente com tudo e senti meu rosto ferver de novo.

Um tempo se passou e eu fui para a lixeira jogar um papel no lixo, mais eu não vi que Tae foi atrás de mim, quando joguei o papel no lixo e virei para voltar pro meu lugar, dou de frente com Tae,  ele me prensa na parede e segura minhas duas mãos na altura da cabeça, ele cola nosso corpos, Tae era bem mais forte que eu, então não pude resistir, não queria resistir, Tae me olhava de um jeito que nunca tinha me olhado, estávamos muito perto, estava sentindo a respiração de Tae ofegante, eu procurava ar aonde não tinha, Tae fitava meus lábios, e eu fitava seus olhos....





CONTINUA...





Notas Finais


Espero que tenham gostado, desculpe qualquer erro ortográfico!
Até o próximo cap.
BJÃO♥♥♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...