História Imagine Kim Taehyung(V)-I hate you, but I love you. - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Seventeen
Personagens Hansol "Vernon" Chwe, Jeon Wonwoo, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Rap Monster, Soonyoung "Hoshi", Suga, V
Tags Bangtan Sonyeondan, Bts, Hoseok, Imagine Kim Taehyung, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Seventeen, Taehyung, Yoongi
Visualizações 1.565
Palavras 1.807
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ooooie, tudo bom my love?

BOA LEITURA!

Capítulo 11 - The true kiss


Fanfic / Fanfiction Imagine Kim Taehyung(V)-I hate you, but I love you. - Capítulo 11 - The true kiss

Um tempo se passou e eu fui para a lixeira jogar um papel no lixo, mas eu não vi que Tae foi atrás de mim, quando joguei o papel no lixo e virei para voltar para o meu lugar, dou de frente com Taehyung. 

Coração: Piiiiiiiiiiii.

 Ele empurra meu corpo com o seu até a gélida parede entrar em contato contato com as minhas costas, segura minhas duas mãos na altura da minha cabeça, e simplesmente me encara, eu não conseguia descrever como me sentia.

Taehyung era bem mais forte que eu, então não pude resistir, Taehyung me olhava de um modo intenso,  estávamos entre uma distância muito perigosa, estava sentindo sua respiração calma cair contra meu rosto, eu procurava ar onde não tinha, Tae fitava meus lábios, e eu fitava seus olhos....


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Desço meu olhar lentamente até seus lábios, ele passa sua língua em volta de sua boca e morde seu lábio inferior com desejo, eu olhava cada movimento que ele fazia, aquilo realmente estava me deixando louca. 


O que eu estava fazendo? O que ele estava fazendo comigo?


Ele volta seu olhar para mim.


Eram um monte de sensações misturadas, o que realmente iria acontecer? Taehyung estava me deixando muito confusa, mas o que era incrível, era meu corpo, que pareceu que tomou vida própria e chutou para longe minha sanidade e mandou de brinde minha consciência. 

- Posso? - Taehyung pergunta e volta a fitar minha boca. 

Eu olho em seus olhos que estão focados em meus lábios, parecia um caçador olhando sua presa, extremamente focado, ele observava cada movimento que minha boca fazia, era insano, ele estava esperando minha resposta, vendo seu olhar, automaticamente mordo meu lábio inferior com certa força, o que aparentemente deixou ele louco, então...


Ele me beijou. 


Não foi algo muito zen, era...desesperado, ele começa a movimentar seus lábios contra os meus, esperando que eu correspondesse, e obviamente foi o que eu fiz, como eu disse, meu corpo agia por mim, minha consciência e minha sanidade não opinavam em nada, elas estavam dando tchau lá da Lua, que foi para onde meu corpo as chutou.

Comecei a movimentar meus lábios junto aos dele, logo sinto sua língua quente e macia adentrar minha boca com movimentos repetitivos e viciantes, não tinha certeza do que eu estava fazendo, mas acabo cedendo a tudo isso, o que mais eu poderia fazer?  Pelo amor de Deus, esse homem é gostoso de mais.

Em uma sincronia rápida nossas línguas entraram, eu não saberia descrever, era tão...quente, ele fazia questão de explorar cada centímetro escondido da minha boca, não poderia dizer que não era recíproco, eu colaborei, pois uma boca só não trabalha sozinha.

Logo ele solta minhas mãos que estavam na altura da minha cabeça, com uma mão ele segura meu rosto, e a outra ele coloca em minha nuca tomando o controle do beijo, ele me aperta mais pra si, fazedo o beijo ficar mais intenso, logo o ar nos falta, nos separamos ofegantes mas ele continuou com sua testa colada na minha.

Ele recupera o ar e começa a fitar seus pés, eu estava estática, ambos estávamos ofegantes, com nossas respirações pesadas. O que realmente ele queria? Me beija logo porra!

- Isso é errado... - Ele sussurra me deixando mais confusa. 

Tae volta sua atenção para mim, sua boca estava vermelha e um pouco inchada, e isso estava tão sexy e atrativo, eu estava quase babando, Tae fita meus olhos sem expressão alguma, eu estava realmente confusa, mas  Taehyung coloca sua perna entre as minhas e aperta seu corpo contra o meu, eu mal conseguia respirar, eu sentia meu estômago revirar com tanta proximidade, eu sentia como se meus órgãos internos se diminuíssem.

- Mas que se foda... - Ele sussurra roçando nossos narizes, minha boca estava seca, eu estava trêmula.

Taehyung molha seus lábios e passa sua língua nos meus vagarosamente, retribuo mordendo seu lábio inferior e o puxando, ele se afasta poucos centímetros e dá um impulso para frente me fazendo bater as costas na parede, soltei um pequeno grunhido de dor, mas eu só queria saber do garoto em minha frente, eu sentia que poderíamos nos fundir à qualquer momento.

Ele fitava meus olhos com intensidade, eu não conseguia fazer diferente dele, ele levanta uma de suas mãos até meu rosto, a repousa em minha bochecha, arrastando até meu lábio inferior, onde ele começa a passar seu dedo lentamente o apertando contra meu lábio. 

- Tão doce. - Ele sussurra pressionando novamente seu dedo em meu lábio. 

O vejo se aproximar e fechar os olhos, automaticamente fecho os meus também, ele logo volta com seus lábios aos meus em um outro beijo.

Taehyung era tão insano, isso me divertia, seu beijo era tão delicado, mas era tão voraz ao mesmo tempo, isso realmente fazia meu estômago se revirar, nossos corpos estavam extremamente colados, um calor inexplicável subiu pelo meu corpo. Sua língua, ah sua língua era algo divino. 

Eu não sentia isso há muito tempo, desde o ocorrido com o meu ex-namorado, nunca mais beijei ninguém, nunca mais me interessei por ninguém, tinha esquecido o quanto era bom esse sentimento, adrenalina, hormônios, parece que eu tinha me esquecido disso.

Logo o bendito ar nos falta de novo, e ele para o beijo com pequenas mordidas em meu lábio, Taehyung volta a fitar meus olhos, seus olhos brilhavam, e um sorriso largo se forma em seu rosto, ele estava feliz, gosto de vê-lo assim, gosto de ver as pessoas que eu gosto assim. 

Eu estava muito envergonhada, tinha acabado de beijar um dos meus amigos, não quero que a nossa amizade mude, Tae é tão legal comigo, amo tanto sua amizade, amo como ele me trata, como se importa comigo, não quero que isso mude.

Enquanto Tae ainda me olhava, sinto meu rosto novamente fervendo, tinha certeza que eu estava muito vermelha.

- Ei! Não fique com vergonha, somos amigos esqueceu? - Pergunta Tae sorrindo e minha boca se abre para um sorriso também. 

- Sim, somos amigos, e isso não vai mudar né? - Pergunto dando um pequeno sorriso sem abrir a boca.

- Sim, não vai mudar, mas...eu não quero ser só seu amigo, tipo, só amizade... - Fala Taehyung desviando o olhar para o lado. 

- Taehyung, não brinque comigo garoto! - Falo séria mas com um tom calmo.

- Não estou brincando com você, não estou te pedindo em casamento S/N, só estou falando que sinto uma atração por você além da amizade, vamos com calma, vamos dizer que temos...hum...uma amizade colorida certo? Tudo bem pra você? - Pergunta ele.


Eu que não seria a louca de negar!


- Certo! - Falo animada.

- Bom, já consegui o que queria, vou me sentar, isso fica só entre nós. - Fala ele desgrudando do meu corpo e voltando para o seu lugar tranquilamente. Isso foi realmente estranho, eu estou me sentindo naqueles filmes teen, quando a menina consegue pegar o bonitão da escola, então, é exatamente assim, eu sei, não é uma boa comparação, até porque Taehyung não é o mais bonito da escola, ou é? Nunca parei para pensar. 

Volto para o meu lugar, Tae estava entretido brincando com seus dedos, ele era tão fofo, parecia um criança brincando, me sento, pego meus fones e começo a ouvir música, toco meus lábios com as pontas dos dedos relembrando do beijo que acabará de acontecer, não beijava há muito tempo, queria mais, mas não vou falar isso pra ele, que vergonha.

Sinto olhos sobre mim, acho que Taehyung está me observando, não tenho certeza pois estou virada para frente, mas sinto que ele está me olhando.

Logo Tae me cutuca e eu me viro para trás e tiro meus fones.

- S/N! Quer? - Pergunta ele tirando da mochila um pacotinho de bala Fini. Eu estava fome, sei que bala não vai me encher, mas eu queria. 

- Quero sim Tae, obrigado! - Falo e ele coloca uma quantidade de balas em minhas mãos. 

- De nada. - Fala ele com um sorriso simpático. - S/N? - Ele me chama novamente. 

- Oi? - Respondo com a boca cheia de balas.

- Você é muito fofa! Posso ouvir música com você? Não tem nada para fazer e está muito chato. - Fala Taehyung fazendo uma cara de tédio. 

- Claro Tae! - Falo e ele vem se sentar ao meu lado, ele não se sentou em outra cadeira, ele se sentou na minha cadeira, do meu lado, a cadeira não era muito grande, não cabia duas pessoas, então ficamos os dois espremidos, metade da bunda de cada um para fora.

Coloco a música, estávamos escutando "Fire"-coincidência não?-,eu e Tae estávamos dançando igual loucos, estávamos nos divertindo, quando chegou a parte do Jungkook, na parte lenta até que ele encosta dois dedos na boca e solta um beijo-vocês entenderam né kk-, eu e Tae fomos imitar.

- Sua mão é sortuda! - Fala Tae. 

- Por que? - Pergunto confusa. 

- Porque ela pode fazer isso! - Fala ele e rapidamente sela meus lábios com os seus. - Desculpa, não resisti! - Fala ele rindo, eu não estava aguentando, ele só me deu um selinho, eu merecia mais! Ele acha que isso é muito? Só Deus na causa.

- Desculpa Tae, eu também não estou aguentando! - Falo e coloco minhas mãos em seu rosto o puxando para um beijo, vejo que ele se surpreendeu com a minha iniciativa, mas logo retribui, começamos com um beijo lento, logo sua língua foi ao encontro com a minha, eu adorava essa sensação, seus lábios eram quentes e macios, ao contrário do beijo, sem contar as puxadas de lábios, aquilo era muito bom.


S/N  Off.

-----------------

Taehyung  On.


S/N mexia comigo, e não era pouco, não posso dizer que estou apaixonado e aquelas coisas de melação, longe disso, acabei de conhecê-la, mas queria me aproximar mais, não conseguia ficar longe dela, ela era tão linda, e com certaza seu beijo é um dos melhores que experimentei, seus lábios eram macios, tão apetitosos, cada movimento era único,  ela puxava lentamente meu lábio com os dentes, isso realmente me deixava com mais vontade de beijá-la. 

 Logo o ar nos falta e nos separamos, não falamos nada, estávamos muito envergonhados, voltamos a prestar atenção na música, eu realmente gostei da iniciativa dela de começar o beijo, isso significa que ela também está interessada, eu acho...

Já tinha se passado uma aula, ainda tinha a última aula e eles não tinham acabado de limpar o pátio, então eu e S/N tínhamos a última aula sem ninguém, só nós, eu gostava de ficar com ela, eu gostava de ter sua companhia.


Taehyung  Off.

----------------

S/N  On.


Estava ótimo com o Tae lá, fiquei com sede por causa das balas, então falei para ele que iria beber água, saí da sala e fui em direção ao bebedouro, passei no banheiro e me arrumei um pouco no espelho, quando parei em frente à porta da sala arregalei os olhos.


Taehyung estava se agarrando com uma garota.





CONTINUA...




Notas Finais


Desculpem qualquer erro!
Até o próximo!
BJÃO♥♡♡♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...