História Imagine Kim Taehyung(V)-I hate you, but I love you. - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Seventeen
Personagens Hansol "Vernon" Chwe, Jeon Wonwoo, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Rap Monster, Soonyoung "Hoshi", Suga, V
Tags Bangtan Sonyeondan, Bts, Hoseok, Imagine Kim Taehyung, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Seventeen, Taehyung, Yoongi
Visualizações 1.626
Palavras 1.105
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiiie

BOA LEITURA!♥

Capítulo 7 - Jantar de trabalho Pt. 2


Fanfic / Fanfiction Imagine Kim Taehyung(V)-I hate you, but I love you. - Capítulo 7 - Jantar de trabalho Pt. 2

Entramos no carro e minha mãe dirige até lá, entramos no restaurante, era bem chique, eu era a única de tênis, mas nem liguei, me sentia confortável, avistamos uma mesa grande com várias pessoas em volta, com certaza era a que todos estavam, quando eu e minha mãe nos aproximamos da mesa, vi uma cena e pessoas que não queria ter visto, eu queria sair correndo...


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Fechei os olhos, respirei fundo e fui para trás da minha mãe, assim que  nós nos aproximamos mais, todos os olhares foram para minha mãe que estava deslumbrante, logo saí de trás dela e os olhares foram para mim, me senti desconfortável com todos olhando para mim, tentei ao máximo não olhar para as pessoas que estavam no outro canto da mesa, não conseguia mais suportar aquela cena, estava quase vomitando de tanto nojo.

Minha mãe começou a cumprimentar todos que estavam lá, eu somente acenava com a cabeça, até que chegou a hora de cumprimentar o chefe da minha mãe e a sua familia que estava lá também, vi novamente a cena que me deu enjôo.

Duas pessoas que eu conhecia muito bem, uma do lado da outra, ela estava se esfregando nele na frente de todos, e ele não fazia nada para impedir, até que ele bate o olho em mim, quando ele olha para mim ele a empurra para longe, minha mãe estava cumprimentando seu chefe, que eu acho que é pai dele, MEU DEUS, o chefe da minha mãe é pai dele.

- Olá senhor, Olá senhora!- Fala minha mãe ao seu chefe e sua esposa. - Essa é minha filha S/N! - Fala ela com um sorriso amigável apontando para mim.

- Olá Catarina, Olá S/N - Fala o chefe da minha mãe e sua esposa acena com a cabeça para mim e minha mãe.

- Olá senhor! - Falo fazendo uma pequena reverência com a cabeça.

- Bom, essa aqui é a minha esposa. - Fala ele apontando para a mulher muito bonita que estava ao seu lado, a mesma que tinha acenado pra mim e minha mãe. - E esse é o meu filho Taehyung, Kim Taehyung!  - Fala ele apontando para Tae que estava do seu outro lado.

- Prazer senhora, prazer Kim Taehyung ! - Fala minha mãe acenando para eles. Eu só acenei para a esposa do chefe da minha mãe, não olhei para Tae, estava com nojo de ver ela se esfregando nele e ele não fazer nada.

Os filhos dos funcionários que estavam la, inclusive o Tae, me olhavam de baixo até em cima, meu vestido deveria ser realmento bonito, eu não tenho uma auto-estima muito alta, mas eu sabia que estava bonita naquele vestido, e eu me sentia tão bem com isso.

Me sentei ao lado da minha mãe no meio da mesa, comi um pouco da entrada que eles tinham pedido, não aguentava mais ficar na mesma mesa que o Tae e aquela magrela que estava com ele, eu via que ele estava desconfortável, mas ele não fazia nada para impedir, então peço licença e saio da mesa, indo até atrás do restaurante, onde tinha um gramado bem grande e muito lindo com algumas árvores e uns branquinhos muitos fofos.

Peguei meus fones de ouvido, sentei em um banco que tinha lá e comecei a escutar música, eu estava de olhos fechado somente sendo levada pela música, a música me acalmava, até que sinto alguém ao meu lado.

Ah você não! O que você está fazendo aqui? - Pergunto com uma expressão nada boa. 


S/N  Off.

-----------------

Taehyung  On.


Cheguei da escola e fui trocar de roupa, hoje iria ter mais um daqueles jantares chatos de trabalho do meu pai.

Tomei banho e coloquei o terno que eu tinha que usar, saímos de casa eu, meu pai e minha mãe, chegamos lá e já tinham vários funcionários que trabalhavam para o meu pai, nos sentamos e logo chegaram uns amigos do meu pai, era um homem com uma expressão brava, não gostei muito dele, a mulher do amigo do meu pai também estava lá, não tinha percebido mas tinham uma filha que estava ao lado deles.

Antes deles se aproximarem mais, meu pai susurra uma coisa pra mim, o olhei com uma cara de  "WTF?", não acreditei que ele sacrificaria minha felicidade por negócios.

- Taehyung! Flerte com a filha deles, eles são ricos e vão ajudar nos nossos negócios, e nem tente resistir, vai ser pior! Ela é bonita...você consegue meu filho... - Ele disse e foi cumprimentar seu amigo.

Quando fui olhar quem era a filha do amigo do meu pai, arregalei os olhos, era Lee, a menina que fez S/N chorar, Hoseok tinha contado tudo para mim e para os meninos, ela estava com um vestido que não era longo, pelo contrário, comparado ao das outras mulheres que estavam lá, o dela era o mais curto. Ela sentou-se ao meu lado e começou a passar a mão em minha perna, de primeira tirei sua mão e meu pai me olhou feio, depois ela a colocou de novo, eu queria sair dali, mas meu pai não deixava.

Um tempo depois duas mulheres chegam no restaurante, vejo que todos estão olhando para elas, eu estava curioso, quando olho, vejo uma mulher muito bonita, com um vestido preto longo realmente muito bonito, todos a olhavam, aí vejo que tinha uma menina atrás dela, quando ela sai vejo que é S/N, ela estava simplesmente linda, não tinha nenhuma igual à ela, ela estava muito bonita, era a única que estava de tênis, isso a destacava ainda mais, ela era somente ela, eu amava isso nela, ela era  linda simplesmente porque era ela.

Sua mãe era aquela linda mulher, ela teve a quem puxar, quando S/N me olhou, tirei rapidamente Lee de cima de mim, mas logo ela voltou e eu não podia fazer nada, era como se eu estivesse traindo nossa amizade, S/N mal olhou na minha cara, nem ao menos me cumprimentou, também né,  o que eu queria? Que ela batesse palmas pela menina que ela mais odeia estar se esfregando em mim. Lee a olhava com cara de deboche, S/N não viu pois nem prestou atenção em mim e em Lee.

Logo saio dos meus pensamentos vendo S/N se retirando da mesa, não podia perder essa oportunidade, logo falo que vou ao banheiro e a sigo, ela foi para trás do restaurante, era um lugar muito bonito, um gramado com poucas árvores, ela se sentou e começou a ouvir música, ela estava tão serena, fiquei observando ela de longe,  até que decido ir falar com ela, me sento ao seu lado.

- Ah você não! O que você está fazendo aqui? - Pergunta ela, parecia brava...





CONTINUA...






Notas Finais


Espero que gostem, desculpe qualquer erro ortográfico,
Até a próxima!!!!!!!!
BJÃO♥♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...