História Imagine Kim Taehyung(V)-I hate you, but I love you. - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Seventeen
Personagens Hansol "Vernon" Chwe, Jeon Wonwoo, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Rap Monster, Soonyoung "Hoshi", Suga, V
Tags Bangtan Sonyeondan, Bts, Hoseok, Imagine Kim Taehyung, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Seventeen, Taehyung, Yoongi
Visualizações 1.653
Palavras 1.097
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiieee pessoas!!

BOA LEITURA!♡

Capítulo 9 - Jogo complicado


Fanfic / Fanfiction Imagine Kim Taehyung(V)-I hate you, but I love you. - Capítulo 9 - Jogo complicado

- Pessoal eu errei, me desculpem, recomeçando :

- Park Jimin e Young Eun... ㅡum menino da nossa salaㅡ Quando o professor disse, vejo Jimin sorrir aliviado. 

- Yang Mi e Kim Taehyung. - Eles deram um toque de mão

- S/N e Jeon Jungkook. - Sorri para o Kookie e o mesmo restribui.

- ..................*ele foi falando o resto das duplas*


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


O professor já tinha formado as duplas, fiquei com o Kookie, melhor ele do que Lee. A  primeira aula já tinha acabado, então o sinal toca pra segunda aula, o professor não apareceu, ele faltou, então a sala ficou sem ninguém olhando, significado disso : Significado 1: PROBLEMAS, significado 2: VAI DAR MERDA, significado 3: JÁ VIU A MERDA FEITA! 

Todos concordaram em jogar verdade ou desafio, eu não queria jogar, sempre dá merda, eles sempre te colocam em situações difíceis, Yang Mi estava querendo jogar, ela estava querendo muito, não entendi o porque. Ela não parava de me infernizar pra mim jogar, até que eu aceitei, todos da sala estavam jogando.

- Então vamos começar! - Falou uma menina da nossa sala colocando sua garrafa de água no meio de todos, estávamos todos sentados em círculo.

- Quem começa? - Pergunta Mina.

- Eu! - Fala Lee, então foi até a garrafa e girou, caiu na Mina e o ChimChim. 

- Então gatinho, verdade ou desafio? -Pergunta ela para o ChimChim. 

- Verdade, e não me chame de gatinho, brigado denada. - Disse ele revirando os olhos. 

- Então, é verdade que você gosta de mim? - Perguntou ela com um sorriso malicioso que me dava nojo, como elas podem ser tão fáceis? Tão atiradas, cadê o amor própria minha gente!

- Creeeedo, claro que não, tá repreendido em nome de Jesus! (quem entendeu a referência hahaha) - Fala o ChimChim fazendo careta.

- Chato, vai gira logo essa porra! - Fala Mina apontando pra garrafa.

Ele foi e girou, caiu na Yang Mi e na Lee.

- Vai, o que você quer, verdade ou desafio? - Pergunta Lee rápida e seca.

- Desafio - Fala Yang Mi. 

- Te desafio a trazer no meio do círculo a pessoa mais bonita aqui da escola na sua opinião. - Disse Lee com um sorrido maldoso, Yang Mi ficou assustada.

- E-eu n-não vou fazer isso, não acho ninguém b-bonito aqui. - Fala Yang gaguejando muito, muito mesmo.

- Aaaah para, está na cara que você está mentindo, vai logo, ele está aqui na sala? - Pergunta Lee impaciente.

- Não, não está, e eu não vou sair da sala pra incomodar ele, então me deixem! - Fala Yang Mi cruzando os braços.

- VOCÊ ACEITOU BRINCAR, ENTÃO VAI LOGO E PARA DE GRAÇA! - Fala Lee aumentando a voz.

- Não precisa gritar, ninguém aqui é surdo! - Falo.

- Me deixa garota! - Fala Lee.

- Tá bom gente, eu vou, podem parar de gritar! - Fala Yang Mi se levantando e saindo da sala. Confesso que eu estava curiosa em saber quem Yang Mi acha bonito. 

Logo ela volta e quem está com ela??? Quem??? Ela esta arrastando Suga pro meio do círculo, não fiquei muito surpresa, eu já sabia que Yang Mi tinha uma quedinha por ele, ela não admitia mas tinha.

- Pronto, satisfeita? - Pergunta Yang bufando.

- Huuum, então quem é ele? - Chan Sun pergunta interessada e Yang Mi não respondeu.

- O que eu estou fazendo aqui? - Pergunta Suga com uma expressão confusa. 

- Desculpa Suga, eles me obrigaram! - Fala Yang Mi. 

- Tudo bem, não façam isso de novo, eu estava pegando no sono, querem que eu pegue minha AK-47? -  Pergunta Suga em um tom sério, ele não teria uma AK-47...ou teria?

- Você tem uma AK-47?...quer dizer, desculpa Suga! - Fala Yang de cabeça baixa.

- Tudo bem, não foi sua culpa, só não faça mais o que eles pedem! - Falou Suga levantando a cabeça de Yang Mi que na hora suas bochechas ficam rosadas e um bico pequeno se forma em seus lábios. 

- Então tchau! - Fala Suga saindo da sala.

- Pronto já me fizeram passar vergonha, agora vamos continuar! -  Fala Yang Mi girando a garrafa, caiu no Tae e em mim, gelei, o que ele iria falar.

- Bom S/N , verdade ou desaf... - Estava tão nervosa que cortei ele e respondi antes de ele terminar de falar.

- Desafio! - Digo rápido. 

- Haha calma! - Fala ele rindo. - Então te desafio a.... -ele estava pensando muito- a piscar pro menino que você mais confia aqui da sala! - Fala Tae sorrindo, como se já soubesse o que eu iria faze, fiquei mais calma, achei que ele iria falar outra coisa (sei que vocês pensaram isso também safadinhos!).

-Bom, tem dois meninos aqui da sala que eu confio bastante, mas tem que ser só pra um? - Pergunto, isso foi o desafio mais tosco e fácil que já deram pra mim nesse jogo.

- Sim só pra um ! - Fala Tae.

- Ta bom, mas eu não vou piscar agora, vou piscar a qualque momento, por que seria muito óbvio e todos saberiam pra quem eu vou piscar, todos estão olhando pra mim! - Falo.

- Tá bom - Fala Tae sorrindo.

Tae foi e girou a garrafa, caiu em Lee e em mim, gelei de novo.

- Verdede ou desafio? - Perguntou Lee me olhando nos olhos.

- Verdade - Falo curta e grossa. 

- É verdade que vocêajá foi traída pelo "amor" da sua vida? - Pergunta ela fazendo áspas com os dedos na palavra amor. - Aaaah esqueci, ninguém nunca te amou, tenho certeza que todos no lugar dele fariam o mesmo, ninguém amaria uma pessoa como você, coitado, até que ele aguentou bem! - Fala Lee com um sorriso debochado.

Eu fiquei paralisada, não contei pra ninguém além da minha mãe e Yang Mi, como ela soube? Se tem uma coisa que mexe comigo é esse triste acontecimento em minha vida, eu queria chorar, mas como eu já disse, odeio chorar pertos de outra pessoas, me faz me sentir fraca, então me segurei e a única coisa que consegui fazer foi sair dali, não saí correndo, somente me levantei e sai em passos lentos. 

Fui até o jardim, na mesma árvore do outro dia, me sentei e chorei, chorei e chorei, lembrar daquela cena não era fácil, meu coração apertava, eu sentia raiva de mim mesma, ele não merecia que eu sofresse por ele, que eu chorasse por ele, e mesmo ele estando longe de mim, continuo sofrendo.

Eu estava lá com a cabeça em meu joelho, até que sinto alguém me abraçar, já sabia quem era, seu cheiro era impossível de não reconhecer...





CONTINUA...













Notas Finais


Espero que tenham gostado, desculpe qualquer erro ortográfico!
ATÉEEE!!
BJÃO♥♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...