História Imagine Kim Taehyung (V) - Aposta no amor - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens Baekhyun, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Escola, Exo, Festa, Got7, Hentai, Kim Taehyung, K-pop, Romance
Exibições 518
Palavras 1.281
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desta vez fui mais rápido, tá ai minhas lindas 😙
Postei e sai. Tô com medo de vocês me bater.

DASI RUN RUN RUN 🎶🎶

Capítulo 12 - O ursinho


_____ P.O.V.

Eu fui direto para o pátio, pensar um pouco, e Yoongi estava lá,  estava... cochilando? Que fofinho ele dormindo no banco... Vou acordar ele.

- Oi Yoongi. - Ele não acordou - Arcorda. - Eu estava sacudindo - o e ainda estava de olhos fechados - Acorda! - Ele abriu os olhos e foi pra cima de mim.

- Porra! Por que você me acordou?! - Ele tava puto. - Eu estava no meu "orgasmo do sono". (REFERÊNCIA) Você só pode estar pedindo pra morrer.

- Você tá loco?! - Ele ainda tava em cima de mim.

- Você quis me acordar, você não sabe que não pode me acordar não?

- Não! - Falei brava.

- Agora sabe. - Quê? - Pede desculpas...

- "Desculpa". - Fiz em aspas - Mas então, o que você tá fazendo aqui fora?  - Fiquei curiosa.

- Eu é que pergunto.

- Tá alterado?

- Ahaha, por que será? - Ele falou ironicamente.

- Tá. Por que você está aqui? Responde. - Falei.

- Foi expulso da sala. - Ele falou tão normal.

- Por qual razão?

- Virou o senso da IBGE pra ficar perguntado sobre a vida dos outros? - Mano. (REFERÊNCIA, e pra quem não entendeu procura WTF Bangtan) - Vou te falar, só pra você passo ficar enchendo meu saco. A razão é... Dormir.

- Você falou tudo isso só pra responder isso? - Disse brava. - Você é de que ano?

- Desculpa ai Sherlock. Sou do 3 ano.  - Ele me olhava - Olha como você fica fofa brava!
Seu aegyo é natural. - Ele apertava minhas bochechas.

- Para!  - Estava doendo. - Vou te bater.

- Duvido! - Ele levantou.

- A é? - Levantei, e ele saiu correndo.

- VEM ME PEGAR! - O menino já estava longe.

Eu saí correndo atrás dele nos corredores, e eu me esbarrei em alguém e cai em cima. Pelo que parecia era um menino. Eu fui ver quem era o Hoseok, ele me fitava, eu corei. ( Quê clichê auhajahauah)

- O-oi - Gaguejei.

- Oi. - Ele sorria. Que fofo... - Então... Não é muito bom ficar assim né? - Eu estava em cima dele, então eu corei, e sai de cima dele.

- Olha que lindo! Hoseok e _____, estão muito juntos... - Era Yoongi que olhava maliciosamente.

- Não é isso! - Falei, eu acho que estava como um pimentão.

- Sei... Mas então, Hoseok vai pra sala não?
- Yoongi.

- Fui beber água. E o que você faz aqui fora? - Perguntou.

- Eu dormir na sala de aula. - Disse o Yoongi.

- Você não, a _____. - Então era para mim. - Já sei que quando você está aqui fora é por ter dormido.

- Nossa... Cusão. - Yoongi deu risada.

- Eu tava na diretoria. - Eles olhavaram assustado.

- O QUÊ?! - Eles gritaram.

Do nada um professor saiu do nada e pediu silêncio, já que estávamos no corredor das salas.

- Como? - Hoseok.

- Vamos lá no pátio, é melhor.

Nós fomos até o pátio e sentamos no banco.
- Vocês conhece a Minjeong? - Perguntei.

- Claro, a ex do Tae, ela é conhecida pela escola inteira. - Hoseok.

- Você quis dizer a ex-vadia do Tae, ela é uma piranha, deu em cima de mim namorando o Taehyung, mas eu nem contei pra ele. - Falou Yoongi.

- Quando era criança, eu e ela éramos amigas, mas um dia ela começou a fazer Bullying comigo... - Falei nervosa.

- Nossa. - Hoseok.

- Então, nós viramos inimigas. Quando voltei para a Coréia ela me encontrou, pois estudamos na mesma escola, e ela me humilhou escrevendo aquele cartaz. - Me esqueci que não tinha mais cartaz ali. - Ué...

- Nós tiramos para você. Era humilhante até mesmo para mim. - Yoongi sorriu, que fofinho.

- Sim. - Hoseok sorriu também.

- Obrigada pessoal... Não sei como desmontrar minha gratidão. - Falei feliz.

- Eu sei... Me da um beijo. - Yoongi deu risada e bati nele.

- Continuando... Ela não é mais ex dele, eles voltaram... - Falei com cara de nojo.

- Que estranho, ele não nos avisou. - Hoseok.

- Ela me ameaçou, eu não arguentei mais e bati nela. Foi assim que fui na diretoria e vou ficar um dia de suspensão. - Queria ter batido mais.

- Tá certo, bate na piranha mesmo. - Yoongi.

- Tchau, vou te que ir. - Disse o Hoseok se levantando. - Mais tarde você explica melhor.

- Eu vou ficar aqui mesmo. - Disse Yoongi.

- Vou ter que ir pra sala agora também... Tchau. - Levantei e acenei.

- Até mais. - Disseram em coro.

- Até.

Eu voltei para a sala, todos estavam me olhando com cara de nojo. Passei o dia com as pessoas me encarando, o dia passou muito devagar... Só queria ir embora dali. O sinal bateu, peguei meus materiais e quardei. Já estava quase no portão quando uma menina me arrastou para outro lugar.

- Me sol- - Tampou minha boca.

Fui levada para trás da escola, onde estava Minjeong junto a outra garotas. Me olhavam, Minjeong veio para perto de mim.

- Olá, novamente... - Ela me deu um tapa na cara - Isso é por ter me chamado de vagabunda. - Ela deu mais um - E esse por causa do Tae. Agora o próximo foi por ter me batido. - As meninas começaram a me bater.

Estava doendo, mas não ia gritar, nem chorar, era o que ela queria. Ficaram muito tempo lá me espancando. Eu apenas não demonstrava nenhuma dor. Até que elas pegaram minha bolsa, e viu meu ursinho.

- Olha o que tem aqui... Se não é aquele trapo velho. - Minjeong falou dando risada.

- Não! O ursinho não, por favor! - Eu estava desesperada. Ele é muito importante.

- Olha, parece que finalmente mostrou um desespero... - Ela entregou para as meninas o ursinho - Façam o que quiser. - Ela saiu.

- O que você quer de mim?! - Ela ignorou.

Elas rasgaram ele na minha frente, picotaram e fez de tudo para não parecer mais um ursinho. Eu não chorei mesmo assim, elas queriam me ver chorar.

- Chora logo!  - Uma delas gritaram.

Ela me espancaram mais, só que desta vez iria ficar com hematomas.

- Vamos embora, não vamos conseguir fazer ela chorar. - Elas saíram.

Eu fiquei por um bom tempo lá, vendo os trapos jogados e espanhados. Eu não ia chorar. Fui embora, antes que as pessoas me vissem ali.

~~~ Quebra de Tempo ~~~

Cheguei em casa, Jungkook não havia chegado, entrei no meu quarto e me despi, indo ao banho, com dores em todos os lugares do meu corpo. Eu não aguentei e apenas chorei, de dor, ódio, tristeza, tudo junto. Coloquei um moleton para não aparecer os machucados, e fiquei fitando o teto. E me lembrei de quando ganhei, eu tinha 3 anos, foi meu primeiro presente... Tinha lágrimas em meu rosto

Ouvi a porta bater.

- Quem é? - Perguntei.

- Sou eu. - Era Jungkook.

Em seguida limpei minha lágrimas, não queria que ninguém visse minhas lágrimas.

- Ah! Pode entrar. - A porta se abriu.

- Eu só vim avisar que tem churrasco hoje. Os meninos estão ai, eu chamei a Josiane e o Baekhyun. - Eu não queria ir. - Desça depois.

- Talvez. - Ele fechou a porta.

Não queria ir pelo simples fato de que Taehyung estaria lá. Mesmo não foi ele que escreveu o cartaz, ele só me usou. Uma aposta né?


Notas Finais


Espero que vocês não me batam, queria mais drama na história. Eu praticamente postei e sai. Mas é ai? Eu quero que vocês odeiam a Minjeong. MUAHAHHAHAHA. Gostaram? Até.

Baep Sae U.U


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...