História Imagine Kim Taehyung (V) - Aposta no amor - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens Baekhyun, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Escola, Exo, Festa, Got7, Hentai, Kim Taehyung, K-pop, Romance
Exibições 502
Palavras 1.393
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Novo shipp gente, espero que gostem. Como viram eu estou escrevendo mais rápido, é por que estou com ideias tá?

DASI RUN RUN RUN 🏃🏃🏃

Capítulo 13 - Churrasco


Eu ouvia conversas lá embaixo, esses meninos escandalosos. Não só ele mas imagino a Josiane gritando também. Eu me decidi que iria lá embaixo. Mas passei uma maquiagem para disfarçar os machucados.

Desci lentamente, já que estava ferida, e dou de cara com Taehyung, que maravilha... Ele apenas saiu do caminho sem dizer algo. E a Josi me viu e abraçou. 

- Ai flor! Como está? - Eu me segurava para  não gemer de dor.

- E- Eu? Estou bem... Mas preciso conversar com você depois. - Ela ainda não sabia entre mim e o Taehyung.

- Sobre o quê? - Ela falou.

- Depois eu te conto. Vamos lá para fora. - Disse a empurrando.

Estava com uma mesa grande e cadeiras, a piscina estava limpa e a grelha estava já esquentando algumas carnes. O pessoal estava sentado, eu fiquei longe do Taehyung.

- Que cheiro bom... - Sentei em uma cadeira e Baekhyun foi do meu lado.

- Oi _____! - Ele falou.

- Oi. - Ele ficou meio desconfortável com minha resposta.

- Que seco... Mas então, porque está coberta assim? Está calor. - Ele me disse.

- Estou resfriada. - Menti.

- Ah sim... Então você não vai poder nadar? - Nadar era das menores preocupações.

- Não oppa. - Menti novamente.

Era uma mania eu chamar o Baekhyun de oppa. Olhei em volta e todos me olharam paralisados. Jungkook era o único normal pois ele brincava junto comigo e Baek então ele sabia dessa mania. (Oppa: quando uma menina chama um menino mais velho, com carinho, na maioria das vezes são namorados.)

- O quê?!  - Nanjoom falou assustado - Vocês estão namorando? - JungKook dava risada.

- A não, é a mania da _____ me chamar de oppa. Não liga pra ela. - Todos caíram na gargalhada. Menos Taehyung, parecia sério demais.

- Nossa, que susto pensei que estavam namorando por causa que o Ta- - Interrompi o Nanjoom.

- Pessoal vamos ver se a carne está pronta! - Eu disse, Baekhyun não podia saber entre eu e o Tae.

- É mesmo! - Jin levantou-se. E foi conferir a carne.

- Então Baekhyun como conheceu a _____? - Josiane perguntou, concerteza ela iria me zuar depois.

- Ah! Vamos falar disso não... - Falei envergonhada.

- Por que não? - Falou Josiane.

- Cala boca. - Sussurrei ela estava no meu lado.

- Porque eu e ela iríamos se casar. - Baekhyun falou tão normal e eu apenas me escondi de vergonha.

- Como? - Falou os todos em coro, menos Taehyung, Jungkook e a Josiane.

- Vou te matar Baekhyun... - Sussurrei para ele,  o mesmo deu risada.

- Não precisa ter vergonha, é normal isso acontecer _____, iríamos se casar por conta de família e para tornar a _____ mais "coreana", pois ela é adotada pela mãe e não tem olhos puxados. - Explicou.

- Que susto! - Yoongi.

- Eu já sabia, só queria fazer ela ficar com vergonha. - Riu Josiane.

- Boa. - Disse o Yoongi.

- Boa nada. Não é você né? - Falei brava.

- Awwwnnn!! Que aegyo! Já disse pra você que fica fofa brava? - Disse Yoongi.

- Não é mesmo? - Baek apertava minhas bochechas, mas eu não conseguia ficar brava com ele.

Taehyung P.O.V.

Eles estavam muito íntimos, nunca vi ela daquela forma e Baek também, pareciam namorados, vê eles juntos me fazia sentir algo que eu nunca senti. Era angustiante e desconfortável. Perguntei para o Nanjoom que estava ao meu lado.

- Por que eles são tão alegres juntos? - Sussurrei.

- Não está na cara? Ele sente algo por ela e ela por ele. - Sussurrou.

- Eu não gosto muito de vê-los juntos... - Falei nervoso.

- Ah! Não vai me dizer que está com ciúmes dela né? - Ele riu.

- Ciúmes? Eu? Só se você estiver enganado. - Eu nunca senti ciúmes, é impossível.

- Então você está com ciúmes do seu lindo irmãozinho? Corta essa. - Nanjoom voltou a conversar com os outros.

Depois de uma longa conversa as bebidas tinha acabado.

- Quem vai buscar mais? - Falou o Jin.

- Eu! - Levantou-se  _____.

- Eu também vou. - Baek ia se levantar.

- Deixa eu ir, não tem problema têm? - Eu disse, _____ me olhou com raiva.

- Pode ir sim. Só não faça coisas com ela tá? - Riu Baekhyun.

_____ P.O.V.

O QUÊ VOCÊ ESTAVA DIZENDO BAEKHYUN?! Meu Deus, agora Taehyung vai me infernizar como sempre. Se fosse o Baek estaria de boa mas... O Taehyung? O pior que ele brincou, como se não tivesse acontecido algo entre a gente... DROGA.

Eu fui na frente pra não ver a cara dele. Nem perto queria estar, mas né. Peguei as bebidas na geladeira e deixei em cima da bancada para pegar mais. Logo ouço ele falar:

- Por que você não fica longe do Baekhyun? - O quê ele está dizendo?

- Por que você não cuida da sua vida? - Fui grossa.

- Não quero vê-la perto dele me ouviu? - Como assim? Ele vem fala uma merda dessa pra mim?

- Você só pode estar zuando né? Não vai me dizer que está com ciúmes... - Ele me olhava bravo.

- Eu com ciúmes? De você ainda? Nunca! - Ele falou como eu fosse um ser inferior.

- Vai tomar no meio do seu cú. Não vou para de ficar junto ao Baek por um ciúmes bobo. - Já estava furiosa.

- O quê? - Ele quase pegou meu braço mas eu desviei, se não eu iria sentir dor. Mas logo não desistiu e acertou pegando meu braço  senti dor e gemi.

- Ah! - Gemi, ele se assustou.

- Por que gemeu? Eu nem fiz força... - Pegou meu braço e empurrou a manga da blusa vendo os hematomas - Que merda é essa? - Falou bravo.

- Não te interessa. - Ele ficou sério.

- Alguém te bateu? - E claro que eu iria mentir.

- Não, eu cai da escada e daí? Me solta. - Menti e ele me largou.

- Sei. Você não contou para o Jungkook?

- Não. Ele iria se preocupar demais. - Respondi.

- Desculpa, por eu ter te machucado. - Ele é bipolar? Uma hora está bravo outra sentimental.

- Se desculpa por dizer aquilo, por causa do ciúmes também. - Logo sua feição muda.

- Você é burra? Não ouviu eu dizer que não é ciúmes. - Fiquei puta novamente.

- Vai se fuder. - Peguei as bebidas e deixei ele sozinho.

Eles me olhavam, Taehyung vinha logo atrás.

- Vocês demoraram demais... Vocês estavam fazendo coisas impróprias? - Yoongi disse sem vergonha na cara.

- Cala boca. - Falei.

- _____ calma. Por que você está com essa cara. - Falou a Josiane.

Não respondi, e fiquei muda por um tempo com raiva. Por que ele sempre me deixava furiosa? Taehyung era meu veneno, não aguentava mais ele. Mas Baekhyun parecia ser a cura.

- Gente não estou bem, vou subir la em cima. - Todos me olharam.

- O quê? - Jungkook falou.

- Relaxa. Alguém quer me ajudar a subir?

- Eu vou. - Baek sempre o que disponibilizava a me ajudar.

- Ok. - Eu fui na frente. Ele me ajudou a subir.

Entrei no quarto estava tudo desorganizado, meu fiquei envergonhada.

- Não ligue para a bagunça. - Eu disse sentando na cama.

- Tudo bem. - Ele sorriu - Mas então o que aconteceu entre você é o Taehyung? - Disse fechando a porta e sentando na cama.

- Ah, é um assunto delicado... Mas me prometa que você não vai bater nele. - Segurei suas mãos. 

- Prometer a não bater? To vendo que ele fez cagada... - Olhava bravo.

- Mais tarde eu te conto, preciso dormir para ter uma conversa com nos meus tios... - Deitei e fechei os olhos.

- Ok, durma com os anjos, princesa. - Ainda estava de olhos fechados.

Eu senti algo na minha boca, abri meus olhos, era os lábios de Baekhyun no meu, ele não percebeu que eu vi, então rapidamente fechei os olhos.
Ele saiu do quarto, e logo toquei em meus lábios... Ele me beijou? Por que? Eu fui dormir pensando neste beijo, gostoso e reconfortante.


Notas Finais


E ai?? Gostaram?? Com que vocês shippam a (S/N)?? Yahauhauahau, Eu Shippo ela com todos.

Até!

Just One Day 💓💓💘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...