História Imagine kpop - Capítulo 17


Escrita por: ~ e ~EXO_04

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Tags Imagine Bts
Exibições 70
Palavras 410
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ain genti
A nightcore fez uma verção mt brutal da nova musica do bangtan ♡
Ta muito bonitin
Fiquem com o cap ent
Ah quero agradesser aos 41 favs (tamo junto)

Capítulo 17 - Pensando naquele idiota ...


Fanfic / Fanfiction Imagine kpop - Capítulo 17 - Pensando naquele idiota ...

OBRIGADA PELOS FAVS, TAMO JUNTO
- O que se passa aqui?! - gritou o diretor JAQUINSÉ PINA, com a sua barriga enorme e o bigode tão grande que quase lhe tapava a cara toda (tbm não me estou queixando kkkkkkk :3) - parem todos imediatamente!
Suga e Jimin levantaram-se com dificuldade, eu e Chanyeol os ajudamos a manterem-se de pé, caraio eles estavam todos lixados.
Depois de os levar à enfermaria, fui até ao gabinete do diretor que me esperava junto com a sua barriga. Pronto, estou de castigo, amanhã tenho de ficar fechada numa sala de aula mais Suga, Chan, e outros que também estiveram incluídos na luta. MAS EU NÃO FIZ MERDA NENHUMA! Ah só quero sair desse gabinete, cheira a mofo.
Cheguei a casa depois de 3 horas esperando na rotunda, tive de ir caminhando para casa, mais uma vez minha mãe se esqueceu de me vir buscar, maisé normal, toda a gente costuma me esquecer. Quando cheguei eram 19h, tranquei-me no meu quarto depois do jantar, e sentei-me no parapeito da janela, jogando EXORUN.
Levantei a cabeça e vi o Mark segurando um papel que dizia "Posso ir aí?". Eu disse não com a cabeça, não quero que meus pais me matem!
Ele fez beicinho e abriu a janela, também a abri e ele falou:
- Maseu vou mesmo - ele disse e meteu uma tábua de madeira ligando as nossas janelas, e começou a atravessa-la.
- O que pensas que estás a fazer?!
- Nada - disse ele e sentou-se mesmo à minha frente, com aquela cara estúpida... mas munto linda :3
- Desaparece daqui, se meus pais te vêm me matam!
- Tem calma... - ele começou a andar pelo quarto, até que parou em frente ao meu diário, o agarrou e começou a ler.
- Ah para! - eu comecei a saltar para agarrar meu precioso diário, mas ele era mais alto que eu e eu não o conseguia alcançar.
- Uau isso é muito interessante! - ele riu e eu mordi o seu braço, o que fez com que ele deixasse o meu diário cair.
- Ah isso doeu macaca! - ele riu e agarrou-se ao seu braço, aquilo ia deixar a marca.
- Não quero ouvir mais nada, sai daqui!
- Aish tá bom - ele disse e aproximou-se de mim - boa noite... - ele sussurrou ao meu ouvido. Aquilo deu-me arrepios. Deitei-me na cama e adormeci.
Pensando naquele idiota...


Notas Finais


Ain
Meu santo jimin
Obrigadao por lerem ^-^
Tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...