História Imagine Kpop - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 57
Palavras 873
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Hello! Bom, não tenho muita coisa o que falar aqui! Então desejo que curtam as imagines, umas vão ser curtas e outras mais compridas.
Ah... Leiam também a minha outra história: South Korean Dream! E vejam se gostam! Beijinhos❤

Capítulo 1 - Kai (Exo)


Fanfic / Fanfiction Imagine Kpop - Capítulo 1 - Kai (Exo)

"O som da tua voz, sacudiu meu mundo inteiro" -HM, sei lá

Mais uma apresentação, e novamente eu me via apaixonada por ele. Como isso é possível? Eu era dançarina principal da girlband Dance Machine. Estava concorrendo como melhor dançarina feminina. No Music Bank. E JongIn estava lá, performando naquele palco, como um fantasma. 

Ele tinha rapidez e ao mesmo tempo, sutileza em cada passo. Ele dançava com paixão, entregava sua vida ao grupo, e isso me deixava cada vez mais impressionada. 

Logo começaram as premiações, e então chegou o momento que eu, em particular, mais esperava. 

-Estamos muito felizes em anunciar um dos grandes prêmios da noite! -Ailee dizia sorrindo. -Concorrendo como melhor dançarina feminina temos Yuri do Girl's Generation, Yuna do AOA, Dasom do SISTAR e (S/N) do Dance Machine. 

A platéia ia a loucura enquanto cada uma de nós se levantava, e nesse momento frizei um cena que fez meu coração palpitar ainda mais. Kai me olhava, com aquele sorriso que só ele tem. Eu o olhei por breves segundos, antes de focar meu olhar no palco, ansiosa pelo resultado. 

Desta vez a palavra foi passada para o outro apresentador, Siwon, do Super Junior. 

-E agora, vamos anunciar quem ganhou. Com 7.986 votos, a melhor dançarina feminina é.... (S/N) do Dance Machine. Parabéns! -Falou pegando o prêmio. 

Eu cumprimentei brevemente as meninas e subi ao palco. 

-Não preparei nenhum discurso, até porque este prêmio foi uma surpresa pra mim. Mas só tenho que agradecer à todas as pessoas que acreditam no meu talento, e aos meus fãs. Sem vocês, isso não seria possível. E quero dar os parabéns a cada uma das meninas que estavam concorrendo comigo. Elas tem tanto talento quanto eu. Obrigada. 

Desci do palco emocionada, mas não chorei. E a primeira pessoa que veio me cumprimentar, era sim, Kai. Seu perfume me embriagava... 

-Parabéns little, você merece! Lutou muito por isso! -disse me dando um breve abraço. 

E antes que eu pudesse sentar, ele pegou levemente em meu braço e me entregou um papel. 

Me encontre amanhã, na praça, em frente ao Rio Han, às 15:30 a.m. Estarei te esperando. 

Com amor, Kim JongIn.

(...)

Terminava de revisar os últimos detalhes do que vestia, um vestido na altura do joelho, rosa bebê, meu casaco de couro marro e uma botinha preta. Minha maquiagem era leve e o cabelo preso em um rabo de cavalo. 

Fechei a porta do dormitório e fui descer de elevador. Quando cheguei no térreo, peguei um táxi e fui até a praça. Logo que cheguei, paguei o motorista e fui procurar por JongIn. 

Depois de uns 15 minutos andando, o vejo sentado em um banco, de frente para o rio. Seu moletom cinza destaca sua pele morena. Seus cabelos agora estavam castanhos escuros. 

-JongIn? -perguntei chegando mais perto da figura à minha frente. 

-Ah, (s/a), que bom que veio! -me cumprimentou e sentou-se comigo no banco.

Logo engatamos em uma conversa animada sobre os mais diversos assuntos. Falávamos sobre economia, politica e entretenimento. Depois de muita conversa, um silêncio se instaurou no local, deixando que apenas o barulho das folhas balançando e da água sendo agitada nos fizessem companhia. 

Já estava perto das 18:00hrs e começava a ficar ainda mais frio. Andávamos um ao lado do outro, e um vento bateu, me fazendo abraçar o próprio corpo. 

-Está com frio? Posso te levar para um lugar mais quente. -Kai falou sendo atencioso comigo.

-Claro, vamos! -disse já batendo os dentes.

Entramos em seu carro, logo percebi que não tinha levado mais dinheiro do que o que eu usei com o táxi. Me sentiria mal vendo Kai pagar tudo por nós.

-Kai, vamos para minha casa. Não trouxe dinheiro extra, e não quero que você gaste o seu comigo. -disse envergonhada.

-Tudo bem. Sessão cinema então? -perguntou sorrindo no final. 

-Sim -falei animada

Logo chegamos ao meu apartamento. Mostrei-lhe onde guardava os filmes e fui fazer a pipoca. Então logo tudo estava organizado, nós dois sentados e tudo começou. Kai tinha escolhido o filme Dory, e como sou emotiva, no final soltei as lágrimas que segurei no começo. Kai soltou uma risadinha.

-Aigoo, não ria de mim, isso é triste ok? -falei enxugando minhas lágrimas. 

-Aishi, não fique assim, vem aqui -falou abrindo os braços para que eu alí me encaixasse. 

Fui logo ao encontro de seu abraço e alí permaneci por alguns minutos, até que decidi fitar seu rosto, que por incrível que pareça, estava bem próximo ao meu. 

Kai observava cada movimento meu, e eu fazia o mesmo com ele. Nos encarávamos, e eu sentia seu hálito batendo em meus lábios. 

Não resisti e acabei o puxando pelo moletom, e fazendo com que o mesmo me beijasse. O beijo era calmo, tinha paixão e carinho. Ficamos nos beijando por alguns minutos até que o ar se fez ausente. 

-Eu desejava isso desde que te vi pela primeira vez -falou sorrindo. 

-Kai, eu preciso que saiba de uma coisa. Eu sou... Apaixonada por você. -falei com o rosto queimando de vergonha.

-Princesa, não precisa ficar assim, porque eu também sou. -falou simples. -Será que você me ajuda a realizar um outro desejo? 

-Bom... Ajudo, mas qual é esse desejo?

-Deixa eu ser seu príncipe? 

Eu apenas sorri e beijei-o novamente! Aquilo já era minha resposta!








Notas Finais


Comentem e favoritem!
Beijinhos👄


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...