História Imagine Min Yoongi- Colors and Musics - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Red Velvet, TWICE
Personagens Baekhyun, J-hope, Jihyo, Jimin, Jin, Jungkook, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Yeri
Tags Bangtan Boys, Cores, Drama, Min Yoongi, Musica
Visualizações 32
Palavras 1.229
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen
Avisos: Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa se eu não postei nada... Está muito corrido ;-;
Mas está aí<3 BOA LEITURA

Capítulo 17 - Diário


Fanfic / Fanfiction Imagine Min Yoongi- Colors and Musics - Capítulo 17 - Diário

Paramos o beijo por causa da falta de ar.


- Ahn... Antes que eu esqueça... E a marca de seu pescoço? - Suga pergunta, cutucando um dedo indicador no local onde ele havia deixado o marcado vermelho.
- Em dois dias passou... Mas por favor não faça mais isso... Se não vou começar a te achar totalmente pervertido... - Dou um tapa bem de leve em seu braço 
- Tudo bem - Ele se levantou e pegou minha mão e puxou meu braço, para eu ficar de pé. 
- Gostaria de ir em mais algum lugar? - Pergunto
- Huuum... Realmente uma boa pergunta... 
- Então... - Quando eu ia falar algo, fui interrompida
- Quero te levar a um lugar!

Ele puxa meu braço direito e saímos correndo do gramado vermelho, até o suposto lugar onde ele queria me levar
Parecíamos crianças, de tanto que corríamos sem rumo. Após alguns quilômetros, finalmente chegamos, e vi que era... Um clube...? 


- Mas... Porque um clube?
- Apenas vem! Vamos aproveitar um pouco mais nosso primeiro encontro!

 Ele me puxa novamente, correndo até a piscina.
Decidimos parar de correr quando chegamos na piscina, pois eu quase escorrego e caio na borda molhada da piscina.
A água estava com uma coloração azul bem chamativa, refletindo o pequeno raio do pôr do Sol, passando pela janelinha da coberta.
Suga de repente entra dentro d'água, deixando eu surpresa com seu ato, e havia espirrado gotas d'água em mim, fazendo com que minha blusinha ficasse um pouco molhada.
Ele nadava, enquanto eu sentava na beirada da piscina, deixando minha bolsa de lado e apenas observava. 


- Entra! A água não está tão gelada! - Suga me chama para eu entrar 
- Ficar apenas na beirada está ótimo para mim... De boas! - Faço um gesto com a minha mão, dizendo que eu não queria entrar na água.
- Então me ajude a sair da piscina? - Suga estendia seu braço, e seu corpo estava inteiramente molhado.
- C-Claro... - Estendo também meu braço, e eu ajudo-o a puxar, mas naquele momento, vi que ele na verdade estava fazendo uma brincadeira. Ele se apoia na ponta da borda, e me puxa para dentro d'água.
Ele me abraça, e fiquei realmente bravinha com ele... E comecei a "empurrar" a água nele. Começamos a fazer mais uma guerrinha infantil, só que desta vez na piscina. Depois de um certo tempo, ficamos totalmente exaustos e sentamos na borda da piscina.
- Pegarei algumas toalhas, já volto! - Suga sai de meu lado e foi até o vestuário pegar toalhas, e depois de um tempo ele volta com duas toalhas brancas.
- Obrigada! - Ele me cobre com a enorme toalha.
- Não foi nada... - Ele também se enrola na toalha
- Ai... Parecemos duas crianças... Brincando tanto justamente no primeiro encontro... - Seco meus cabelos
- Verdade... Mas admite que sou um bom namorado, vai... 
- Isso eu posso sim concordar! - Eu ia dar um beijinho em sua bochecha, mas ele vira seu rosto, fazendo com que nós demos um selinho.
- Não exagere muito com beijo Suga... Por favor... Não gosto e não quero me tornar uma pessoa cada vez menos inocente... - Falo corada, com as bochechas vermelhinhas
- Tudo bem.. - Ele me dá um abraço - Assim está melhor?
- S-Sim... Bem melhor... - Fico colada no corpo de Suga, tão quentinho, aconchegante...
Quando se soltamos, pego o meu celular de minha bolsa, e vejo que era 19:37.
- Vamos embora? Está ficando tarde... - Vejo que a Lua branca estava exposta na janela, e o céu quase estava sendo escurecido.
- Sim! 
Damos uma secada geral e fomos embora. Ficamos conversando sobre assuntos engraçados, até chegarmos em minha casa.
- Obrigada! Por fazer hoje meu dia feliz! - Dou um abraço forte em Suga
- Na verdade, foi você que me deixou meu dia feliz! - Damos um selinho
- Hehe... Tchau! Mais uma vez, obrigada... - Aceno para ele
- De nada! E tchau! Eu também agradeço! - Acena de volta
Fiquei observando Suga ir embora, até ele sumir ele de vista. Percebi que eu estava ainda encharcada, e me pergunto como irei explicar para meus avós...?
Acho que é só contar que fazia parte do encontro, será? Kkk
Abro a porta, e vejo eles escrevendo algo...
- Voltei!!! - Deixo meus sapatos no tapete
- Oi neta!! Como foi o primeiro encontro? - Vovó pergunta feliz
- Porque está molhada? - Vovô aponta para minhas roupas
- Ahn... Yoongi me levou a um clube e ficamos brincando na piscina... Kkkk
- Melhor tomar um banho antes que fique resfriada... - Vovô fala
- Tá bom Tá bom! - Vou para meu quarto correndo
- Meu deus... Indo no clube no primeiro encontro... No nosso não foi assim... - Vovô se lembrava
- Deixe eles! São puras crianças! - Vovó dizia em um tom simples, realmente não se importando com os lugares, apenas com os sentimentos do casal.


*NO QUARTO DE S/N*


Chegando em meu quarto, larguei minha bolsa e fui ao banheiro, obviamente para tomar banho.
Saio do banho e coloco um pijama de unicórnios. Vou até minha prateleira, procurar algum livro, ou HQ para ler, até que cai alguma coisa em minha cabeça 
- Ai!!! Meu deus... - Quando encaro o chão para observar o que havia caído, vi que era um diário, que deve ter caído da estante de coisas inveteradas ( significado: coisas muito antigas ).
- Acho que isso... Eu usava quando eu tinha sete anos de idade... Deve ser... - Quando pego a capa vermelha e viro, vejo que não havia palavras, e sim imagens desenhadas por mim. Traços semelhantes a de uma criança comum... Realmente 
Folheio uma página por uma, tentando "decifrar" o que desenhei, e em uma das páginas, vejo um desenho onde uma menina com cabelos curtos, parecendo uma vassoura, pelo fato de eu ter usado giz paste oleoso, que aparentemente a garota  deve ser "eu". O joelho tinha uma bola vermelha, e eu estava chorando. Eu no desenho estava em volta de muitas pessoas, e que provavelmente eram meus colegas e amigas. Deve ser no dia em que machuquei meu joelho e havia doído muito, e lembro que todos da classe tentavam me consolar.
Folheei mais um pouco e em uma página aleatória estava desenhado eu, com aquele cabelo de vassoura kkk, e mais duas pessoas. Tentava descobrir quem eram essas pessoas, através dos detalhes, e logo percebi que eram meus dois amigos de infância, Baek e Yeri, e eu os conhecia desde o primário, mas eles mudaram para outra escola, e Haruka foi comigo. Deve ser no dia da formatura, onde eu estava me "despedindo" deles, e nunca mais nos encontramos...
Quando virei a próxima página, vi que estava em branco, ou seja, eu devo ter desistido de desenhar nele.
- Quer saber... Irei terminar o que comecei! - Coloco meu diário em minha escrivaninha e pego meu estojo, e começo a desenhar eu e Suga no estilo mangá chibi, de mãos dadas, sorrindo um para o outro, e após o término do esboço, começo a colorir o desenho.
Desenhar fez eu ficar com sono, então forrei a cama, tirando a colcha e colocando o travesseiro, cobertor e minha pelúcia de unicórnio colorido, e capoto na cama, dormindo tranquila...
 


Notas Finais


BEIJINHOS NO KOKORO E XAU<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...