História Imagine Namjoon - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine Namjoon
Exibições 34
Palavras 733
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oii Gente!!
Essa é minha primeira fanfic, espero qe vocês gostem!!
Bjss!!

Capítulo 1 - Festival De Kpop


Fanfic / Fanfiction Imagine Namjoon - Capítulo 1 - Festival De Kpop

 (S/N) on.

Eu estava terminando de me arrumar pra ir pro festival com Cindy e Emma. Emma me gritou:

- Anda logo (S/N), nos vamos chegar tarde e eu quero ver o Jimin!

- Já tô indo - resmunguei.

Saímos de casa, pegamos um táxi para ir pro festival. 

Chegando lá, encontramos com Lia, Hazel, Zoe e Anne.

Quebra Tempo.

Aproveitamos o festival, só que  ainda faltava algumas bandas da cidade. Acho que tomei muito refrigerante.

- Eu preciso ir no banheiro - aviso e saio.

Acho que fiquei perdida, e a vontade de ir no banheiro tá aumentando. Entro na primeira porta que vejo e me deparei com um paraíso na minha frente.

- Desculpa - falei corada, porque o Namjoon tava sem camisa e só de bermuda- Estou procurando um banheiro.

- Oi! Tem problema não -  falou meio sem jeito - Se você quiser pode usar o meu.

Assento. Quando voltei ele estava só de bermuda e deitado no sofá numa posição extremamente sexy. Eu estava parada encarando aquele deus grego que só voltei pra mim, quando ele deu um pulo do sofá  e veio em minha direção lentamente. Ele fechou a porta atrás de mim e se posicionou na minha frente. Eu não conseguia mexer, parece que ele percebeu e tirou satisfação, passando suas mãos grandes e macias dos meus ombros até minhas mãos, delicadamente, às segurou e levou-as até acima na minha cabeça, enquanto me preensava, contra a porta. E aconteceu.

Ele me beijou. Foi uma coisa mágica, seus lábios eram robustos, tinham gosto de uva, suas mãos percorreram  por meu corpo e sinceramente, aquilo me deixou toda arrepiada. Mas infelismente foi estragado pelo V, um dos integrantes da banda.

- Ops - falou  meio assustado, mas voltou ao normal- Podem continuar, não vou  atrapalhar - falou com a cara maliciosa.

- Sai logo Taehyung- falou com raiva. V saiu rindo- Bora continuar onde paramos? -  falou com um sorriso lindo no rosto que marcava as covinhas.

- Não posso, já demorei demais - falei, mas con raiva de ter que ir embora.

- Porque? - aquele sorriso no seu rosto, havia virado uma cara de tristeza.

 - Minhas amigas estão me esperando - falei e ele assentiu.

Saí correndo. Só escutei ele perguntando qual era o meu nome.

Namjoon On.

Hoje será o destinatário de Kpop da cidade, estou ansioso, porque nunca apresentei pra tanta gente, tô acostumado a fazer apresentações na quadra do colégio  e na aula de canto.

Quebra tempo.

Tô mexendo nas minhas coisas aqui no camarim(au: nem camarim era, ta mais pro um cômodo pequeno), brota um anjo na minha frente. Tenho certeza que eu já vi essa menina em algum lugar, acho que na aula de canto.

- Desculpa - ela falou corada - Estou procurando um banheiro.

- Oi! Tem problema não - falei meio sem jeito,  porque estava só de bermuda - Se você quiser pode usar o meu.

Ela assentiu e e entrou no banheiro do " camarim". Fiquei tentando lembrar de onde a conheço e acho que ela é uma amiga de uma das peguetes preferidas do Jimin e deve fazer o curso de canto comigo, mesmo. Ela é bem bonita e tem bastante curvas, não deve ser coreana ou pelo menos tem descendência de outro país. Me deitei no sofá e fiquei esperando ela sair do banheiro. Creio que se eu não beijar ela, agora, vou me arrepender depois, porque aquela boquinha parece dos deuses. 

Estava tão perdido nos meus pensamentos que, quase não percebi que ela me encara, com os olhos transmitindo um certo desejo, e percebi  que essa era minha deixa. Me levantei e andei lentamente em sua direção e percebi que ela acordou dos próprios pensamentos, ri interiormente. Fechei a porta do banheiro, comecei a tocá-la  e a pensei na porta. Comecei um beijo calmo e pude perceber uma certa suavidade em sua boca, um gosto ótimo de menta e também incerteza nos movimentos de seus lábios. Mas como tudo que é bom dura pouco, um Alien trajado de humano atrapalhou-nos, bem na hora que eu ia esquentar as coisas.

A garota foi embora, creio que constrangida  pela cena e acabou não me falando seu nome. Normalmente, não costumo me preocupar com esse tipo de coisa, mas os lábios dla eram diferentes dos de  qualquer outra garota que já tenha beijado. Novamente, meus pensamentos são pausados, só que por V.

- Nossa vez de apresentar é daqui a pouco. Coloque uma roupa e vamos!

Vesti minha roupa e fui pro palco.


Notas Finais


Me desculpem por qualquer erro!😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...