História Imagine Namjoon- I do not live without you - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine Namjoon, Imagine Rap Monster, Rap Monster
Exibições 258
Palavras 1.080
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem❤❤❤

Capítulo 23 - Imagine Namjoon- Finalmente


- N-não precisa, você já fez demais.- Falo fazendo carinho em sua bochecha.- Nos vemos domingo então, tchau.- Dou um abraço no mesmo e saio correndo em direção ao hospital, espero que Nam esteja bem.

~~Quebra de tempo~~

-Finalmente.- Falo comigo mesma a chegar em frente ao hospital, vim correndo durante 25 minutos e finalmente cheguei. Entro na portaria do hospital.

- Você viu um homem alto, bem alto passar por aqui? Ele tem cabelos escuros.- pergunto para a recepcionista.

- Talvez eu tenha visto sim, ele estava com outro homem  de cabelos escuros e estava com o nariz sangrando bastante. Mas enfim eles foram por ali.- fala a mesma apontando para uma porta, e a mesma havia uma plaquinha dizendo “emergência”, vou em direção a mesma.- Espera!!! moça qual seu nome?

-(S/n).

-Qual a sua idade?

- Minha idade? 18, porque?- minto, ela acha que eu sou burra de falar minha verdadeira idade, ela não me deixaria entrar na emergência sendo menor de idade.

- Pode me entregar sua identidade pra mim poder checar? Sem ela você não entra ai.- pergunta a mesma, parecia que está duvidando de mim.

- Argh… Eu me esqueci minha identidade em casa...mas tenho que ir vê-lo agora, por favor eu já disse que tenho 18 anos, posso ir agora.- mas antes que ela falasse algo entro correndo na emergência a procura de Nam, vejo uma sala de espera logo a frente e o avisto sentado em uma das cadeira lendo umas revistas coreanas de moda que haviam ali mesmo na sala. Caminho até ele é paro em sua frente, o mesmo demora a perceber que eu estava ali.

- O-oi...Nam.- Falo surpresa eu pensei que ele estivesse machucado ou algo do tipo, e o mesmo olha em minha direção.

- (S/n)? Você veio.- Nam deixa a revista de lado e vem me dar um abraço.

- Desculpa...Nam eu deveria ter te escutado…olha o jeito que eu te tratei, desculpa mesmo.- Falo me afastando dele, mas o mesmo me puxa pra si colando nossos corpo e ele fica me olhando.

- Eu te amo (S/n)... você quer namorar comigo?- pergunta Nam, e eu apenas paraliso ali mesmo. E-ele me pediu em namoro? Eu só posso estar sonhando.- (S/n)?-

- Se tá me zuando…

- …

- É sério!!!! Claro que eu aceito namorar com você Nam.-  Então eu o beijo, sim eu o beijei primeiro, era um beijo calmo e foi ficando mais intenso, logo senti uma ereção tocar minha intimidade, e ele para de me beijar me levando em direção ao banheiro que havia ali, o mesmo abre a porta e me empurra delicadamente para dentro do banheiro e tranca a porta, acendendo a luz. Me reaproximo dele o beijando com mais intensidade, não sei o que eu estava pensando, apenas continuei o que eu havia começado, mas estou com medo...de...de...sou virgem pronto falei. Ele me põe sentada em cima da pia sem parar com o beijo, Nam arranca minha blusa e o sutiã fazendo a blusa se  rasgar( Deus ele é muito forte, se antes eu estava com medo, agora estou tremendo demais), ele me olha por alguns instantes e ataca meus seios com beijos e chupões me fazendo arfar, por impulso começo a tirar sua camiseta, e percebo um sorriso em seu rosto, logo ele começa a tirar sua calça e vejo seu membro já duro debaixo da box, e engulo em seco, e o mesmo volta a me beijar, e sinto Nam começar a tirar minha calça e quando ele iria tirar minha calcinha, eu seguro sua mão.

- Nam...eu não sei se…

- O que foi meu amor? Fiz algo de errado?- pergunta o mesmo preocupado.

- Eu não to pronta... não agora, me desculpa.- Falo e me sinto mal por ele.   

- Você é virgem?- Não consigo dizer nenhuma palavra apenas concordo com a cabeça enquanto tampava meus seios com os braços, eu devo estar parecendo um pimentão de tão envergonhada que estou.- T-tudo bem (S/n), quando estiver pronta eu estarei aqui pra você, Ok?- fala Nam, que bom que ele entende. E o mesmo vem em minha direção, me puxando pra perto me dando um beijo calmo.

- Desculpa mesmo Nam eu queria fazer isso por você mas não estou pronta...eu sou uma idiota...mas prometo de compensar.- Falo parando com o beijo e sinto meus olhos lacrimejarem novamente.

- Você não é uma idiota (S/n)...vem.- o mesmo me desce da pia e pega minha do chão.

- Minha blusa…- Falo dando um sorriso tímido em direção ao Nam.

- Ops eu juro que foi sem querer. Vou comprar uma nova não se preocupa...pega a minha camiseta por enquanto.- fala Nam rindo e me entregando a sua camiseta.-Ei sorria, não fique mal, eu já disse que quando você estiver pronta.- o mesmo faz cosquinha em mim e eu começo rir.- Agora sim.- e logo ele para.

-Obrigado por emprestar sua camiseta.- Solto um sorriso  visto a mesma, ele também me passa a minha a minha calça.- Obrigado de novo.- Falo terminando de me vestir. E fico olhando o mesmo se vestir ele põe um casaco no lugar da camiseta. Pego sua mão, mas antes que pudesse sair ele me segura.

- Espera!!! Seu cabelo ele está bagunçado.- fala rindo, enquanto arrumava meu cabelo.

- O seu também está bagunçando, deixa eu arrumar, vem.- arrumo e seu cabelo e finalmente saímos do banheiro e nos sentamos na sala de espera, havia uma senhora ali sentada, ela não parava de nós olhar aquilo estava me irritando.

-Que foi? Perdeu algo em minha pessoa.- Falo brava e a mesma desvia o olhar para sua revista.- Sua quenga.- sussurro pra mim mesma mas acho que ela e Nam escutaram.

-O que foi que você disse menina?- pergunta a senhora voltando seu olhar em minha direção.

- Sua…- antes que eu terminasse de falar Nam me interrompe.

- Ela quer dizer que sua bolsa e muito linda...onde você comprou?- fala e a mesma apenas sai da sala de espera após ser chamada pelo médico.

- Você tá louca!!!- fala Nam cutucando meu braço e rindo.

- Desculpa mas ela tava me irritando…que horas são?- pergunto.

- Meu Deus já são 18:00 horas preciso ir (S/n). Fique aqui com Tae creio que logo ele ganhará alta.

- Espera pra onde você vai?

- Vou ir a um jantar com meu pais e a Hyu.

-Aff sério isso, você nem gosta dela.

- Eu não posso decepcionar meus pais, a gente se fala mais tarde pelo telefone pode ser?.

- T-ta bom mas você vai dormir com ela?

- -S-sim, infelizmente.

- Nam!!!

- Não se preocupe, sou só seu…

Continua...


Notas Finais


Desculpem qualquer erro...
O que acharam? Eles estão indo rápido demais?
Até o próximo capítulo,
bjssss😘😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...