História Imagine Namjoon- I do not live without you - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine Namjoon, Imagine Rap Monster, Rap Monster
Exibições 520
Palavras 592
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


😘

Capítulo 25 - °Imagine Namjoon - Prove part.2°


Fanfic / Fanfiction Imagine Namjoon- I do not live without you - Capítulo 25 - °Imagine Namjoon - Prove part.2°

~~ Namjoon on~~

Estava quase dormindo quando meu celular apita, confiro o mesmo, (S/n) havia respondido minha mensagem.

~~Mensagem on~~


- Oiii...sim já estou em casa, Tae está bem melhor, eu o deixei com os meninos.


- Que bom que ele está bem, não fiz de propósito foi um acidente.


- Tae me explicou tudo, eu sei que foi acidente hahaha. 


- Ainda bem, você sabe que não machucaria uma mosca. O que está fazendo?


 - Estou deitada, conversando com vc. Como foi o jantar? Ainda está com seus pais?


-  O jantar foi uma droga, seria mais divertido se vc estivesse aqui. Ainda estou na casa dos meus pais.


- E Onde está Hyu? O que ela achou das alianças?

Não queria falar a (S/n) que Hyu estava dormindo na mesma cama que eu, mas não vou mentir pra ela.


- Hyu está dormindo aqui...as alianças? Não estou nem aí pelo que ela achou das alianças, pra mim as  alianças nem existem.


- Eu sei que você está fazendo isso pelo seus pais...mas Você e Hyu…


- Não, já disse que sou só seu, não disse?


- Disse mas você terá que fazer isso alguma hora e eu nao sei se vou aguentar.


 Ela está certa, eu me sinto muito mal      por isso.


- Não, não pense nisso (S/n), apaga isso da sua. Cabeça agora. Amor, vc não tem noção dá vontade de estar aí deitado ao seu lado.


- Tbm queria que você estive-se aqui comigo Nam.

...

- Tenho uma boa notícia…


- sério?


- Jungkook me convidou para ir junto a New York.


- Jungkook te convidou?

Não acredito, Tae estava certo é melhor eu tomar cuidado com ele, ou vou perder (S/n).


 - Uhumm...algum problema?


Já que ela vai ir junto ela precisa saber que Hyu também vai.


- É que Hyu irá junto também.


- Ah droga...


- Calma (S/n).


- Nam, Não deixa ela ficar te agarrando...eu não aguentaria ver essa piranha em seus braços.


- Não vou deixar que ela me toque…- 

Não posso garantir isso, Hyu é um grude, não sai de perto de mim por um instante, fica me agarrando e me beijando sem se importar se eu estou gostando ou não.


- E como vou saber que vocês não iram…


- Não iremos, (S/n) entenda, todo meu amor é seu, meu corpo e alma...pertence a você e a mais ninguém.


- Prove.

~~Mensagem off~~

Após ela ter dito isso, apenas olhei para Hyu, e a mesma olhou em meus olhos e desviei o olhar bufando.

- Que foi amor, fiz algo de errado?

- Não.- minto.- Vai dormir.

- Tá bom, mas antes quero meu beijo de boa noite, cadê meu beijinho?- Contra minha vontade, dou um selinho, mas a mesma me segura, e começa a me beijar, mas não retribui, ela tenta pedir passagem com a língua, mas eu não aceito.

- Pronto agora vai dormir.- e Hyu se vira pro lado. Fiquei acordado, esperando que a mesma durma, já era 2:30 da manhã, e olho pra ela, finalmente estava dormindo... perfeito, levantei da cama devagar e peguei um casaco, e sai do quarto sem fazer barulho, todos estavam dormindo. Peguei as chaves do carro, e fui em direção ao mesmo e entrando, logo já estava indo em direção ao apartamento de (S/n)...ela quer que eu prove, quer saber se estou dizendo a verdade, vou provar então

Chego em seu prédio e adentrei o elevador, eu sabia claramente em que andar ela morava e apertei o botão, e o elevador fechou as portas e começou a subir. Logo ele para, e saio do mesmo dando de cara com a porta de (S/n). Ligo pra ela, para que a mesma possa vir abrir a porta pra mim.

Continua...


Notas Finais


Desculpem qualquer erro...
Até o próximo capítulo...😉


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...