História Imagine Rap Monster - Bullying - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias 4Minute, Bangtan Boys (BTS)
Personagens Hyun A, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Bangtan Boys, Bebida, Bts, Bullying, Imagine Namjoon, Imagine Rap Mon, Imagine Rap Monster, Morte, Namjoon, Rap Monster
Exibições 434
Palavras 1.057
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


ESSA FANFIC LOGO CHEGA AO FIM







É BRINCADEIRA






MAS NUM SEI, ACHO Q ELA ACABA NO CAP 14 SABE... SLA ;w; ~~Aleeh

Capítulo 9 - Cara de santo, coração de covarde...


Fanfic / Fanfiction Imagine Rap Monster - Bullying - Capítulo 9 - Cara de santo, coração de covarde...

- _-____? - diz Namjoon com os olhos ainda surpreso, pareçe que ele está tão surpreso quanto a mim.

 

 

- Se conhecem? Se conhecem! Sabia que meus irmão tinha várias amigas, por isso mesmo que _____ vai ficar no seu quarto! - exclamou Hyuna e eu arregalei meus olhos sem conseguir acreditar, não... não... não...

 

 

- Claro! Vai ser um prazer... vamos ______ - falou Namjoon segurando minha mão e saindo do quarto de Hyuna rápido.

 

 

- M-me solta! - falei tentando me soltar.

 

 

- Se eu fosse você me obdecia... - disse ele com uma voz ameaçadora e fico quieta, ele entra em seu quarto e me solta. - Bem vinda, você dorme lá - ele aponta pra uma cama no outro quanto do quarto, pelo menos vamos ficar em camas separadas.

 

 

- E-eu quero ir e-embora... - falei gaguejando.

 

 

- Quer? Peninha, porque você não vai - disse ele pegando seu celular e começando a digitar, parece que estava falando com alguém.

 

 

  Nem ousaria perguntar porque ele não me permite sair, álias ele quer que eu fique ali para me zoar já mais do que já sou, da pra perceber isso em seu olhar frio.

 

 

- Sorte sua que não posso er... brincar com você aqui, a Hyuna pode aparecer e fudeu - falou ele largando o celular e jogando na cama, e quando olhei pra sua escrivaninha vi o diário de minha mãe, fiquei em silencio por alguns minutos e ele jogo o diário e mim e eu o seguro. - Não achei nada de interessante, além de... ‘’ vida feliz’’, e porque raioz você ainda não jogou esse treco fora? - ele pergunta me olhando confusa.

 

 

- P-porque... é da minha mãe... - falei e ele pega o diário de volta.

 

 

- Sei disso, e que tal... queimarmos? - ele pegou um isqueiro do bolso e colocou perto do diário e o ligou. - um, dois, três e...

 

 

- NÃO! - eu gritei e joguei os isqueiro para longe, e tentei pegar o diário de novo e... acabei caindo encima do Namjoon, e fomos nós dois para o chão. - M-me d-desculpe! - falei nervosa e envergonhada.

 

 

- Oque você acha que tá fazendo? - falou ele me empurrando e eu cai no chão novamente, só que para o outro lado.

 

 

- F-foi sem querer... - falei me levantando.

 

 

- Tudo bem, Jungkook e Jimin tão vindo, nós vamos sair e... você vem junto - disse ele me puxando até a sala, e vejo Taehyung conversando com Jimin e Jungkook.

 

 

- Meu irmão tem os melhores amigos do mundo! - disse Taehyung sorrindo.

 

 

- Que graça dizer isso, mas agora precisamos ir agora com o Namjoon e... - ele olha para mim. - _____? - perguntou Jimin.

 

 

- A Amiga da Hyuna! Me desculpe minha irmã, ela é idiota e não deixou nós conversarmos... - falou Tae me olhando de pé a cabeça.

 

 

- Ja acabaram? Bom, vamos Kook e Jimin - falou Namjoon que começou a me empurrar até sair da casa e Jimin e Jungkook o seguiram.

 

 

- O que ela faz na sua casa, chefinho? - perguntou Jungkook o olhando confuso.

 

 

- Parece que ela tem uma amiga, e é minha irmã... temos que faze-la deixar de ser amiga da minha irmã, mas seria ruim porque _____ morar aqui é bom... quantos dias não conseguimos brincar com ela por causa desse troço do pai dela, e parece que ela fugiu para a minha casa sem saber disso... quanto mais perto, mais conseguimos nos divertir, não é mesmo? - perguntou Namjoon e Jungkook e Jimin assentiram com a cabeça.

 

 

- Onde vamos leva-la? - perguntou Jimin passando o braço ao redor do meu pescoço enquanto algumas pessoas passam por nós.

 

 

- As vezes me pergunto se quem é pior é o Jimin ou teu irmão... - falou Jungkook soltando o braço dele o olhando com cara de ‘’tu ta loko? nois tem que zoar ela capeta!’’.

 

 

- Suas crianças, bom... eu sei um lugar perfeito para a levarmos - falou Namjoon que começou a andar e todos os seguiram, quer dizer... eu fui forçada a seguir.

 

 

Andamos por várias horas, e chegou um tempo que Namjoon colocou a mão em meus olhos e me guiaram, e quando olho, vejo que estamos na mesma casa abandonada que eu fugi.

 

 

- Novamen- - falou Jungkook mas Jimin da um tapa na cabeça dele.

 

 

- Podem começar, Jungkook e Jimin - falou Namjoon sentando no sofá que tinha ali, pareçe que ele iria assistir, e vai mesmo.

 

 

- Começo? - perguntou Jimin e Jungkook assenti com a cabeça. - Pois bem... Cadela, acha mesmo que pode sumir? - ele ri e se aproxima. - Você vai ser nosso brinquedo para sempre - ele me joga no chão e me da um chute na barriga.

 

 

Ele começou a ser mais violento e lágrimas continuavam a escorrer sobre meu rosto, o pesadelo voltou... e nunca vai acabar, e eu não consigo parar isso, eu não consigo fazer nada...

 

 

- Vaca! - ele começou a me socar até meu rosto começar a sangrar, ele tava pior que o capeta e o Jungkook o segurou.

 

 

- Calma cara! Machuca-la sim, mata-la não! - exclamou Jungkook. - Precisamos dela, só queremos ela como brinquedo - falou Jungkook.

 

 

Uma otima pergunta que eu nunca achei a resposta, ‘’ por que eles não acham outro?’’ por que tem que ser eu? Com tantos por ai... mas é melhor que seja eu mesmo, eu mereço.

 

 

- Tá, tá... sua vez - falou Jimin e Jungkook saiu da casa e depois voltou com óleo.

 

 

- Bona apetite! - ele começou a jogar o óleo pelo meu corpo até deixa-lo ensopado e minhas roupas também.

 

 

- Otima ideia Jungkook! Minha vez - falou Namjoon se levantando e vindo na minha direção, e ele tira uma tesoura do bolso. - Seu cabelo vai ficar melhor curtinho! - ele puxou meu cabelo pronto para corta-lo, para corta-lo todo, derrepente ouço um barulho vindo da porta, e quando olho vejo Hyuna com os olhos arregalados, ela pega a tesoura do Namjoon e joga para longe e o empurra.

 

 

- VOCÊ TA LOUCO SEU DEMENTE? O QUE VOCÊ ACHA QUE TEM NA CABEÇA? - gritou Hyuna olhando mortalmente para Namjoon e ele pareceu surpreso com a aparição dela.


Notas Finais


TOMO NA JABIRACAAAA

Mini produção : Bufic Erviday


Aleeh ( euzinha ;3; ) Twitter: @Alicia_Endler
Link: https://twitter.com/Alicia_Endler

Ami ( também escreve fanfics ) Twitter: @ami_taehyung
Link: https://twitter.com/ami_taehyung


Killa ( ajuda com ideias ) Twitter: @_Imister
Link: https://twitter.com/_Imister


Bolacha ( ajuda com o português ~ ela é nova na produção c: ) Twitter: @TiaComeCome
Link:https://twitter.com/TiaComeCome

* Sobre o grupo : Temos um grupinho no whats com escritores em leitores ;3; quem quiser participar manda o número por pv e não esquece o ( DDD ) *

* Fala conosco: Quem quiser fala conosco ou virar nosso amiguinho pode pedir nosso numero por pv ou passar seu numero a nós, nós somos boas pessoas :3 ou fale conosco no Twitter ;3; ~~ achu *


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...