História Imagine Simon D. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Simon D.
Tags Amor, Aomg, Imagines, Rap, Simon D, Simon Dominic
Exibições 143
Palavras 1.591
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, Comédia, Festa, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura *^*

Capítulo 3 - The end.


- Oi amor..

Você estava a conversar com uma amiga na mesa distraída quando a voz de Simon no microfone lhe chamou atenção.

- S-Simon.. - Você murmurava vendo aquele sorriso, no qual ele só tinha nos lábios com você por perto.
- Boa noite aos meus convidados..
- Boa noite!!! - Respondiam os presentes, você já podia sentir seus olhos lacrimejarem pelos hormônios da gravidez aflorados.
- Bem.. eu queria contar uma história de um casal, no qual se conheceu na época em que estudava e está junto até hoje..

"Ele não vai fazer isso.." , você pensava com o coração acelerado

- Nossa história começa há 8 anos atrás .. - "É.. ele vai!" - Bem, eu era um rapaz muito sensual, bonitão e bem desejado pelas menininhas daquele lugar.. - "Que cara mais convencido, nossa. Como posso amar uma coisa assim?" - Bem, eu era um rapaz comprometido também. Nunca traí minha ex namorada, se é o que vocês pensam.. - Ele pigarreou olhando para o salão antes de te encarar. - Amor, juro pra você, que eu não iria te machucar nunca na minha vida. Mas você bem que mereceu uns cascudos quando se meteu naquela briga..
- Idiota .. - Sussurrava você à sua amiga do colegial, ela riu baixo antes de você voltar a prestar atenção.
- .. porque se você fosse homem, eu certamente teria feito a mesma coisa e..- "Nossa, esse cara fala demais. Parece uma mulher meus ouvidos sagrados!" - ... Mas eu te amo demais.
- Eu também te amo. - Você dizia da sua mesa e ele piscava para sua pessoa.
- Bem, a gente tinha mania de sentar num banco de um parque ... - "Tinha não, tem ainda." - Para relembrar nossos antigos desastres, como o dia em que nos conhecemos, o nosso primeiro encontro, você saber da minha namorada sendo que eu tinha terminado com ela antes do nosso segundo encontro que foi num acampamento, ao qual eu tive que me ajoelhar e humilhar-me diante de ti.. - "Eu me orgulho disso até hoje, ele se ajoelhou quando insistiu o nosso segundo encontro e depois a penúltima vez que ele se ajoelhou foi para pedir a minha pessoa em namoro.." - ..além de muitas vezes que a gente pagava mico na rua..

"Eu me lembro .."

[•••]

Era férias de verão, vocês dois estavam na varanda da casa a qual alugaram juntos para poder morarem, vocês haviam terminado a faculdade de 4 anos, estava muito calor. Simon estava trabalhando temporariamente como mecânico com o tio e você num salão unissex como caixa.
O salário de vocês era o suficiente para pagar a casa, além de comprar comida, mas Simon tinha tanta sorte que arrumou dois empregos naquele verão e vocês podiam ter mais coisas, tipo roupas, sapatos, maquiagens cara..

Como eu havia dito, era verão, estava muito calor e os sprinklers de vocês estavam quebrados. O que vocês fizeram? isso mesmo. Começaram a encher baldes com água para poder se molharem.

Mas o que vocês não esperavam, era por um carro de polícia quando Simon inventou de brincar de guerrinha com você, e lá estava os dois correndo um atrás do outro com um balde de água até que você conseguiu molhar os policiais dentro do carro..

[•••]

"Foi a primeira vez que eu fui presa.."

Suas lembranças com Simon ao seu lado eram as melhores, por isso era bom sempre relembrar-las com ele. Por isso ele se gabava para os amigos sobre as histórias que vocês viveram.. e por isso sua filha vai escutar-las no futuro..

- Ela era uma pessoa extremamente estressada, nossa.. - "Que mentira, eu só não queria me machucar com o 'senhor galã!' " você fazia bico cruzando os braços. - .. deve ter sido essa grosseria que me deixou todo derretido por ela, por que olha, como eu lutei para poder fazer essa garota dizer um "sim" para namorarmos.. e também lutei para pedir-la em casamento. Hoje, estamos aqui celebrando esse dia especial com todos vocês, queridos por nós .. - Ele pegava uma garrafinha de água e levantava ao ar, todos faziam o mesmo. - Sabe.. essa minha esposa é tão sortuda, mas também sabe que eu sou um homem de sorte.. - "Ah não ... Simon... esse olhar ..", ele te encarava de um jeito apaixonado, como do segundo encontro em diante.. até hoje ele te olha do mesmo jeito. - Você é tão linda, parece minha bonequinha de porcelana, eu amo seus cabelos, seus olhos, o jeito como faz tudo parecer mais simples, seus lábios, seu corpo e seu jeito toda manhosa nessa condição claro.. - Claro que você riu.. você sempre foi muito dura com ele, mas ele precisou disso para entender que deveria crescer e mudar para poder ter você. - Te amo muito minha amiga, namorada e esposa ..

Todos bateram palmas, foi um momento tão lindo que seria guardado num DVD para gerações futuras, no caso, a sua própria geração.

[Após a festa]

- Simon Dominic, eu nunca vou te perdoar por ter feito aquilo..

Você estava muito evergonhada, ele havia te provocado na frente de todo mundo. Depois do discurso, vocês tinham se sentando juntos na mesa, conversavam animados com o pessoal em volta dos dois e você pôde sentir uma mão em sua coxa.
Era dele, ela acariciava aquele local levemente por debaixo da saia de seu longo vestido, quando sentiu uma das partes que seguram suas meias soltarem depois uma mão indo de encontro com a sua calcinha branca.

- Amor.. não fica assim, olha como somos felizes.. - Ele te abraçava, mas você estava tão brava que afastou ele de si e foi para a varanda. - Amoooor...

Chamou todo manhoso indo atrás de si. Os dois estavam numa ilha, ele alugou uma casa de praia para sua lua de mel e vocês estavam, agora, na varanda aonde tinha uma rede.

- Nem adianta ! - Reclamava você sentando na rede.
- Bonequinha... - "O apelido broxante.." - Mor... - "Cada apelido, uma brochada." - Delícia... - "A voz dele tá perto demais, que arrepio." Olhou desconfiada para trás vendo apenas a pelvis de seu marido. Não devia culpar-lo por estar em pé, mas você culpava ele até pela morte de um mosquito.
- Tira essa miséria da minha cara?
- "Miséria" que você adora lamber.
- Depravado.
- Que você ama beijar..
- Você me irrita!
- Mas você gosta.

Sim, essa era uma discussão normal entre vocês dois. Ele te irritava, você xingava ele e...

- Deixa eu te beijar todinha...

Ele mordia aquele maldito lábio inferior com força, parecia estar necessitado do seu corpo. Vocês não se viam faria uma semana, hoje, neste momento, talvez para sempre, seja a hora de vocês se terem.

- Só se você parar de me provocar em público ..

Simon riu baixo, pegou você no colo na qual teve de envolver os braços nos ombros dele para que este te levasse a cama de casal macia como uma nuvem.

Simon te colocava com cuidado, sentada de frente para ele com as pernas afastadas para que ele pudesse tomar seus lábios vorazmente. A mão direita quente do moreno estava em sua nuca, a esquerda em sua cintura apertando levemente e dando se por si, você estava de lingerie branca, ele apenas de boxer em cima da cama.
Selares provocantes eram deixados em seus seios, abdome e coxas. Ele sabia muito bem fazer-lo, pois ele não deixava de amar nenhum pedacinho do seu corpo. Simon era agil no que fazia, tinha as duas mãos em seus seios enquanto os lábios rodeavam sua virilha soltando a respiração quente que lhe fazia tremer. A destra dele desceu de encontro com sua calcinha, quando menos você percebeu, ele havia rasgado-a com apenas um puxão e já tinha a língua pincelando seu clitóris.

- A-aaah.. Simon ..

Sim.. você chamava o nome dele durante o sexo oral, ele era muito bom..

Simon brincava com sua virilha com a língua de uma forma magnífica. Colocava a língua lá dentro para que lubrificasse, chupava lugares estratégicos que faziam estalos bem pornográficos, afastava suas pernas te deixando mais exposta para ele.
Logo, ele subia aquela língua quentinha por seu tronco até que os lábios dele tocassem os seus levemente antes de você sentir algo lhe penetrar, Simon era rápido demais. Ele já havia tirado a boxer, lentamente colocava aquele membro delicioso de 19cm bem lá dentro, a cintura dele era bem soltinha e ele fazia tantos movimentos com ela que você chegava ao seu primeiro orgasmo da noite.

O moreno lhe virou de bruços assim que se retirou de ti, afastava novamente suas pernas lhe penetrando novamente, estocadas violentas, puxão de cabelo, mordidas no pescoço ou ombros e mais alguns instantes antes de novamente você ter um novo orgasmo.

A transa de vocês durava pelo menos 20minutos, pelos dois estarem bastante cansados da festa, mas Simon disse que te compensaria no dia seguinte e com toda certeza seu marido cumpriria.

Na sua mente, enquanto estava deitada na cama em cima do corpo dele abraçados, vinham todos os momentos que vocês passaram juntos.

O acidente no racha ao qual vocês correram juntos e ele perdeu o controle. Os dias de parque que vocês se sentavam para reviver as mais loucas histórias, a primeira briga, o termino, como se conhecerem..

Até você fechar seus olhos com um sorriso nos lábios suspirando profundamente.

"Eu relmente tenho muita sorte de te conhecer.. Simon Dominic.."


Notas Finais


Olaaaaaaaaa a a a a a a!!!!
GENT, EU TO TODA ANIMADA AQUI. NEM ACREDITO QUE ESSE IMAGINE TEM UNS 22 FAVORITOS, EU AMO TODOS VOCÊS !!! -JOGA BALINHA-

Bem, vamos a explicação do imagine.

A leitora, estava relembrando todos os momentos que passou ao lado de nosso migo lindo Simon Dominic.
As partes com "[•••]" são passado e quando termina isso aí são presente, de quando os dois estão bem e namorando. No capítulo do acidente, as duas primeiras partes é passado e depois futuro, assim vai indo até o dia que no caso é este capítulo atual, presente.
No qual você engravida do migo Simon, está oficialmente casa com ele e na lua de mel.
Se quiserem mais alguma explicação do que não entenderam, to aqui pra isso.

BJS DE SWEET BLOOD & TEARS!

CHAU!

AH, OBRIGADO PELOS FAVORITOS NOVAMENTE.

FUI!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...