História Imagine Suga - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagine, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagem Original, Rap Monster, Suga
Exibições 249
Palavras 496
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - Capítulo quinze.


Pela primeira vez na vida estou matando aula.

Pra piorar a situação, estou fazendo isso justamente enquanto estou no intercâmbio e tenho que ter um comportamento exemplar.

Depois de ter pensado muito, decidi ir até o local em que Tae ensaiava com os meninos.

Pesquisei um pouco e descobri que esse lugar se chama Big Hit.

Eu tinha programado tudo no dia anterior, também combinei com Yang dela esconder que eu tinha matado aula.

Eu tinha pego um metro e andado mais um pouco para chegar até a gravadora.
Mas não esse momento estou tentando criar coragem para entrar.

Um homem bem vestido sai do prédio e passa por mim.
Nesse momento eu decido entrar, se ele me visse parada alí por mais um tempo, poderia achar que eu era louca ou algo do tipo.

Já cheguei até aqui, não vale a pena desistir logo agora.

Entro e me dirijo ao balcão da recepção.

- Olá mocinha. - cumprimenta a recepcionista assim que me aproximo.

- Olá. - respondo.

- Deseja alguma coisa? - pergunta.

Suspiro, é agora ou nunca.

- Sim, eu gostaria de falar com o Sr. Taehyung, por favor.

Assim que digo isso ela fecha a cara.

- Sinto muito, mas isso não será possível.

- Olha, eu não estaria pedindo se não fosse importante! Eu conheço ele, pode avisar que Emily está aqui? - falo.

- Desculpa, mas não posso, e mesmo se eu pudesse, ele está ocupado agora.

- Tudo bem. Eu vou esperar aqui na recepção.

- Os ensaios demoram muito, vá pra casa querida. - Aliás, você não devia estar na escola? - diz olhando para meu uniforme.

Eu a ignoro e me sento em um dos sofás que decoram a recepção.

Já faziam umas cinco horas que eu estava naquela recepção. Estava começando a ficar com fome. A única coisa que eu tinha no estômago era a maçã que tinha comido antes de sair de casa.

Já estava quase desistindo de falar com ele quando ouvi vozes vindo de um corredor.

Me sentei reto e me inquilino um pouco para ver quem se aproxima.

Meu coração da um pulo quando o vejo.

Sua expressão está triste, automaticamente começo a me culpar.

Me levando do sofá, pegando minha mochila e vou em sua direção.

- Tae. - digo um pouco alto balançando a mão.

Ele olha pra mim assustado, olha como se não tivesse certeza do que vê. Olha pros meninos que estão ao seu lado, e volta a me olhar. De repente ele começa a correr em minha direção.

Das duas uma, ou ele vai me dar um soco na cara ou me abraçar.

Fico aliviada quando vejo que é a segunda opção.

- Emy. - ele diz.

Eu o abraço apertado e começo a chorar.

- Me desculpe. - ele fala, com a voz embargada.

- Tá tudo bem, não precisa se desculpar. - digo passando a mão nas costas dele para acalma-lo. - Está tudo bem.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...