História Imagine Suga - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagine, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagem Original, Rap Monster, Suga
Exibições 220
Palavras 319
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 21 - Capítulo vinte e um


Kookie: O que você está fazendo?

Eu: Trabalho em grupo de ciências.

Hope: Estamos atrapalhando seu trabalho?

Eu: Não.

Namjoon: Seu grupo não está incomodado se você estar no celular?

Eu: Não.

Kookie: Não?

Eu: Não, o trabalho é em grupo, mas eu tô fazendo sozinha.

Hope: Sozinha? Como assim?

Eu: Meu grupo é só eu.

Namjoon: Por quê?

Eu: Ninguém quis fazer comigo.

Jimin: Sério? Poxa amor, porque não quiseram fazer o trabalho com você?

Eu: Meus colegas de classe não gostam de mim.

Jin: Muito idiotas, isso que eles são!

Suga: Concordo!

Tae: Como alguém não pode gostar da minha Emy!?

Kookie: Não liga pra eles, a gente gosta de você, isso já vale muito mais!

Eu: Obrigada gente.

Eu: A conversar está ótima, mas agora eu preciso voltar a fazer meu trabalho. Tchau meninos.

Largo meu celular e volto a pesquisar nos livros.

Uma coisa boa na casa dos Keum, é que eles tem muitos livros, isso é algo que ajuda muito na hora de pesquisas.

Sempre preferi pesquisar coisas em livros, eles são bem mais confiáveis do que os sites na internet. Qualquer pessoa pode colocar uma informa nela e estar errada.

Eu já estava quase terminando meu trabalho, quando Yang entra no meu quarto.

- Emily, preciso de um conselho. - fala, enquanto senta em minha cama.

- O que foi? - pergunto.

- Se você gostasse de alguém, mas essa pessoa não sabe que você gosta dela, o que você faria? - pergunta mexendo as mãos nervosamente.

- Olha, eu diria pra essa pessoa o que eu sinto. Não custa nada falar. - respondo com sinceridade.

Ela sorri e me dá um abraço.

- Obrigada pelo conselho. - diz.

- De nada. - respondo.

Nós ficarmos conversando até a hora do jantar, ela me ajudou a terminar o trabalho.

Foi bom passar um tempo a mais com ela, fazia tempo não fazia isso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...