História Imagine Suga - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagine, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagem Original, Rap Monster, Suga
Exibições 236
Palavras 724
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 24 - Capítulo vinte e quatro


- Soube que hoje é seu aniversário. - diz Kim.

- Uns anos atrás, nesse dia você estragou o mundo com seu nascimento. - completa Hong.

Ela e Kim começam a rir, como se aquilo fosse a coisa mais engraçada do mundo todo.

Empurro elas e vou pra minha mesa.

O dia estava muito bom pra ser verdade... - suspiro.

Logo cedo, antes de vir pra escola, ganhei um café da manhã especial, feito pela Sra. Keum.

Ela e seu marido me deram vários livros e bombons de presente.
Yang me deu um ursinho e um casaco super fofo.

Estava tudo perfeito, foram todos gentis comigo, mas minha felicidade durou pouco, assim que coloquei meus pés na sala, as duas idiotas decidiram me perturbar.

Começo a arrumar meu material na mesa.

A sala toda já estava esperando a professora, quando ela entra e vem em minha direção.

- Me disseram que é seu aniversário. - ela diz sorrindo.

- É sim, senhora. - respondo, levantando a cabeça para olhá-la.

Ela pega algo na bolsa e me entrega.

- Obrigada. - agradeço.

Ela vai para sua mesa e começa a organizar o material da aula.


Estava fazendo a tarefa de classe, quando de repente escuto uma agitação no corredor, boa parte dos alunos volta a atenção para o corredor, tentando entender o que está aconteceria, eu ignoro o barulho e continuo fazendo meu dever.

Do nada, uma garota entra na nossa sala e diz que o BTS está na escola.

Congelo por um segundo.

Como assim os meninos estão na escola? O que eles estão fazendo aqui?

Volto a realidade quando escuto as meninas gritando e indo correndo em direção a porta, ignorado totalmente à professora, que manda elas sentarem.

Depois da sala estar totalmente vazia, me levanto e vou pra fora da sala, o corredor está uma verdadeira zona.

Vou atravessado aquele mar de gente, até que, com muito esforço, chego no auditório.

Assim que entro, consigo escutar os meninos cantando.

Me aproximo mais do palco do auditório e fico lá, olhando para eles e sorrindo.

O primeiro a me ver é Namjoon, ele faz sinal para os meninos e eles olham pra mim.

Assim que a música termina, todos batem palmas e algumas meninas gritam.

Admito que fiquei surpresa com a transformação dessas garotas, em um momento estavam quietas, falando quase sem mostrar a voz, e agora estão se matando por causa deles.

Tae pega o microfone e começa a falar.

- Primeiramente, obrigado pelas palmas. Seguidamente, nós não costumamos entrar em escolas do nada, mas hoje estamos aqui por um motivo especial. - diz.

Sinto alguém me puxar da multidão e me levar para cima do palco.

- Essa garota, é nossa melhor amiga, e ela está fazendo aniversário hoje! - diz Suga, passando o braço pelos meus ombros.

Olho para multidão e consigo achar algumas meninas de minha sala, elas estão com uma cara muito engraçada, como se não acreditassem no que escutaram.

- Nós vinhemos até aqui para lhe dar parabéns! - diz Jimin, olhando para mim.

- Vocês não existem! - sussurro para Suga.

Ele vira seu rosto e sorri pra mim, em seguida me da um beijo na testa.

As meninas começam a gritar.

- Você merece. - sussurra em meu ouvido.

Ele me vira e vejo Tae junto com os meninos me trazendo um enorme buquê de flores.

Eu praticamente me jogo nos braços de Tae, ele começa a me rodar pelo palco, enquanto as meninas gritam, não sei se é de raiva ou de euforia.

Vou pra perto dos outros meninos e os abraço.
Eles me desejam feliz aniversário e me mandam sentar em uma cadeira que está no palco.

Eles cantam mais duas músicas e depois vão pra perto de mim e começam a cantar parabéns, são acompanhados por todos no auditório.

Fala sério, só assim pra alguém naquela escola cantar parabéns pra mim! - penso.

Por mais que eu esteja um pouco envergonhada por estar recebendo tanta atenção subtenente, esse é definitivamente, uma das melhores comemorações de aniversário de toda minha vida.

Eu estava um pouco triste por estar longe dos meus familiares e da Manu durante esse dia, mas novamente os meninos conseguiriam me animar.

Eles realmente são meninos muito especiais, ninguém fora meus pais, tinha feito tanto só para me deixar feliz.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...