História Imagine Suga - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Aegyo, Bangtan Boys, Bts, Casal Fofo, Hentai, Hope, Imagine, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Suga, Tae, Yoonginie
Visualizações 204
Palavras 1.238
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIA QUEM VORTO!! A ledy gaga, ahhh - ta parei >.>

Espero que gostem, e meu santo GD já 120 fav!! Obrigada, pelo apoio e fico feliz que estejam gostante <3

Capítulo 17 - Desprezo


Fanfic / Fanfiction Imagine Suga - Capítulo 17 - Desprezo

* ANTERIORMENTE TURURUUR *

 

Fui pega de surpresa, em um ato estranho para mim, meu ultimo namoro foi um tanto quanto complicado, trazendo alguns traumas que carrego comigo… O rapaz a minha frente, precisava de uma resposta, mas a questão é, se irei aceitar ou não…

 

O que faço?! ​

 

Quer saber? Eu quero que se foda, se me machucar com ele vou me recompor, se algo ruim acontecer, resolver como faço com qualquer problema… Duvido que dure mais de algumas semanas…

 

S/N: E-eu a-aceito…

 

Minhas bochechas esquentaram, minhas mãos suavam frio e minha voz falhava, o que deu em mim?!

 

TAEHYUNG: Sério?! Estou tão feliz!!! - seu sorriso, era enorme, como uma criança que acabara de ganhar o doce que tanto queria - Ata a aliança, me de sua mão.

 

Levantei minha mão, tentando parecer firme mas fora impossível, Tae colocou a aliança, e logo me puxou para abraçá-lo um abraço que sem pestanejar retribui, sentindo seu corpo junto ao meu, me acalmou como um milagre ou talvez uma poção de cura, ele beijou o topo da minha cabeça acabei por sorrir, pelo ato fofo do mais velho. 'TRIIIIIII' o sinal avisa que o começo das aulas havia se iniciado, me soltei dos braços do maior, que sem demora segurou minha mão, fazendo com que eu entrelaça-se nossos dedos, o rapaz me levou de volta a sala, me deixando na porta de entrada. Antes que entrasse na sala alguns olhares se direcionaram a nós mas logo minha atenção fora tirada pelo rapaz a minha frente.

 

TAE: Te vejo no intervalo ok?

S/N: Claro!

 

Antes que eu pudesse me virar o jovem roubou um beijo, me fazendo corar.

 

TAE: Fofa!

S/N: Aish, quieto!

 

O garoto deu uma gargalhada e se foi para sua sala, com um lindo sorriso nos lábios, era claro que ele não escondia sua alegria e acredito, que eu também não era diferente.

 

Entrei na sala, olhei para o professor que me observava.

 

S/N: Me perdoe, posso entrar?

SENSEI: Ta, mais que isso não se repita, entendeu?

 

Balancei a cabeça confirma e o mesmo me mandou ir sentar, e foi isso que eu fiz, me direcionei ao meu lugar, onde fui fuzilado por olhares: indignados, bravos e incrédulos. Apenas os ignorei. Depois de me sentar olhei para frente e ali estava minha ocidental, enferrujada favorita, Isa! Que não estava diferente dos outros alunos, a mesma escreveu em um bilhete (em português).

 

' Piranha onde cê tava?! '

 

Cutuquei o ombro da garota, que sem demora se virou, levantei a mão mostrando a aliança a mesma ficou boquiaberta e gritou:

 

ISA: S/N!!

S/N: Cala boca! - bati na ruiva -

 

Olhei para o lado, e o professor já estava do meu lado - ele virou ninja? - pensei.

 

PROFESSOR MAIS NINJA: O que está escrito aqui? - disse com o papel em mãos e a sobrancelha arqueada -

S/N: Ele passou alguma coisa?! -digo em coreano -

PROFESSOR: Fiquem quietas! Hun!

S/N e ISA: Desculpe.

 

O professor voltou para seu posto, ou seja na frente do quadro, e começou a falar.

 

PROFESSOR NINJA DAS BALADA: Então, como estava dizendo, vocês terão de escrever uma canção, e terão de cantá-la aqui na frente ok?

JEON: Vai ser individual?

PROFESSOR: Sim. Quero que você coloquem paixão na letra ok? - os alunos arfavaram e reclamaram -

TURMA: Sim!

 

• QUEBRA DE TEMPO, E ARCO-ÍRIS •

 

O sinal tocou avisando que o intervalo (recreioooo) havia chegado, peguei meu celular, meus fones e eu e Isa saímos da sala, falando sobre como estava as letras nossas letras.

 

ISA: Mas miga o que significa essa aliança? E o Yoongi?

???: Oii amor! - meus olhos arregalaram, e meu coração deu um "tic" -

S/N: Tae! Que susto!! Bobo.

ISA: Tae? Amor? Produção me explica que, que tá acontecendo!

 

Tae passou o braço pelo meu pescoço me puxando para perto de si, entrelaçando os meus dedos com os que ficara sobre meu ombro, Isa olhou surpresa com tal ato repentino, sua boca formava um perfeito círculo, embora nenhuma palavra saia de seus lábios.

 

S/N: Que cara é essa?! - digo rindo -

ISA: Não pode ser, você é o amor dele e, e vocês estão juntos!!

S/N: Garota tu é meio lerda eu em!

TAE: Pequena quem é ela? Nunca a vi…

S/N: Ah Isa - apontei para a dona do nome - Tae, Tae Isa…

ISA: Então… Vou ficar de vela,sério? Já bastava no Brasil.

S/N: Vamos comer, e para de reclamar!

 

Saímos andando com Tae agarrado no meu pescoço e Isa ao meu lado, parecia quando Eitan ainda estava comigo…

 

Entramos no refeitório com várias pessoas nos olhando, era um tanto quanto desconfortável, mas conseguiria ignorar até uma daquelas vacas vierem até nós.

 

PUTA LÍDER: O que faz com o nosso opa?

S/N: Isso te importa?

PUTA 2: Claro, ele é nosso - foi interrompida -

TAE: Hey garota! Que intimidade acho que temos pra me chamar assim? E olha bem como se fala com a minha namorada!

PUTA LÍDER: Está de brincadeira?! Ela entrou sei lá ontem!!

TAE: Desde quando, você precisa saber o que faço da minha vida!? - as garotas arregalaram os olhos - vem, vamos amor…

 

Apenas o segui, deixando aquelas vadias com cara de taxo!

 

-.-.-.-

 

Havíamos terminado de comer e Isa disse que procuraria o representante para achar uma tal sala, a qual ela não me disse nome, local, data ou hora.

 

Eu e Tae estávamos sentados em uma parte onde poucas pessoas iam. O rapaz me fez sentar entre suas pernas e me deitar em seu peitoral, reclamei? Por que reclamaria? Conversávamos sobre coisas idiotas e sem sentido, realmente me sentia bem perto do garoto, o jeito em que ele me olhava, ou o cuidado em que tem quando vai me tocar, realmente me encantava, eu poderia estar sendo completamente iludida, mas essa ilusão me fazia bem… Até quanto durar….

 

TAE: Posso fazer uma pergunta?

S/N: Claro.

TAE: Realmente está feliz por estarmos juntos?

 

Levantei de seu "colo" me virando de frente para o garoto, fiquei de quatro, apoiando minhas mãos na coxa do maior, que me olhava mordiscando o lábio, enquanto observava a posição em que me encontrava.

 

S/N: Ainda tem dúvidas? - balançou a cabeça concordando - hm, que pena porque estou realmente muito feliz. - faço bico -

TAE: Aish!

 

Ele segurou minha nuca iniciando um beijo calmo, que fora esquentando quando me sentei em seu colo, sem ao menos mandar em minhas ações, meu quadril começou a se mexer, fazendo o garoto arfar e tentar não separar o beijo por nem mais um segundo. Mas a nossa amada falta de ar, não iria nos decepcionar, em nos separarmos nos melhores momentos. Mesmo com os pulmões implorando por ar Tae terminou nosso beijo com vários selares, o que me fazia rir.

 

TAE: Acabei de descobrir que amo brasileiras!

S/N: Hey! Taehyung! - digo um pouco brava -

TAE: Principalmente você! Minha marrentinha.

???: Que cena mais linda, será que eu estou atrapalhando o casalzinho ai?

 

Cantarolou alguém, sua voz invade minha audição tendo certeza de quem seja, me virei rapidamente podendo ver o pálido a minha frente com os braços cruzados e os olhos semicerrados, a mesma expressão de quando aquele velho veio para perto de mim.

 

YOONGI: Você realmente não perde tempo, né Taehyung.

 

Os dois garotos se encaravam com certo desprezo, algo que me deixou realmente muito curiosa

 


Notas Finais


NÃO ME MATEM!!! CONFIEM EM MIM!

então n sei... Mas n se preocupem.....

Esse amor maldito
Só por causa de você sozinho
Corrigir
Eu não posso parar, mesmo que eu me machuque
Mesmo que eu morra, para mim é só você....

ATÉ AMANHÃ


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...