História A louca do elevador (Fic em correção) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Comedia, Dança, Drama, Hentai, Imagine Min Yoongi, Imagine Suga, Jikook, Kpop, Min, Min Suga, Min Yoongi, Musica, Namjin, Revelaçoes, Romance, Suga, Suga Min Yoongi, Suga (yoongi), Suga Hot, Vhope, Yaoi, Yoongi
Visualizações 11.296
Palavras 1.395
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pessoal, não sei ficou bom esse capítulo. Espero não decepcionar vcs.

Capítulo 4 - A Raiva


YOONGI P.O.V


Depois de ter saído correndo daquele elevador, muitas fãs foram atrás de mim. Sou absurdamente grato por elas me amarem tanto, mas eu não posso dar vacilo brigando no elevador com uma desconhecida! Se algum paparazzi ou até mesmo uma delas tirassem alguma foto ou se até mesmo alguma fã percebesse que eu estava entre tapas e mordidas, seria o fim da minha carreira. Os jornais me colocariam como vilão da história! Eu já sou muito calado por natureza e gosto da minha vida discreta, sem ter que dar satisfação pra mídia, mas eu nunca iria imaginar que meu disfarce iria por água abaixo! Culpa daquela feiosa do elevador. A existência dela por si só já me trouxe um problema enorme!

Cheguei onde os garotos estavam e ví que o PD-Nim já havia chegado pra nos levar na sua vã pessoal. Assim que me aproximei, fui logo adiantando a situação e gritando.

FÃS VINDO! VAMOS SAIR LOGO DAQUI ANTES QUE... AS FÃS ME ALCANCEM! 

Ao me ouvirem, todos se apressaram e entramos na vã saindo às pressas do local e indo pra BIGHIT. Ainda na vã, percebi que não estava encontrando meu celular. Me desesperei porque nele há músicas ainda não lançadas e toda uma agenda e galeria super pessoal. Peguei o celular do Namjoon e tentei ligar pra meu número. Todos da vã me encaravam calados. A feiosa atendeu e eu descobri seu nome. Tentei mantê-la calma pra que a imbecíl não deixasse meu celular na recepção. Se alguém olhasse tudo o que tinha no meu celular, eu estaria definitivamente em apuros!

Chegamos na BIGHIT e o falatório entre eu e os meninos começou.

— O que aconteceu quando você foi no banheiro? - Jin foi o primeiro a se manifestar.

Jungkook também me olha e começa seu questionamento.

—  Hyung, porquê havia fãs correndo atrás de você? E o disfarce?

—  Pelo visto o disfarce foi um horror. - Tae disse e todos riram olhando pra mim que estava super sério.

— A culpa não é minha.

— Ué! E de quem seria, hein Senhor Gênio? - Hoseok diz irônicamente e riu logo em seguida.

— Daquela feiosa! - Falei e todos me encaram.

Jimin coloca a mão no meu ombro e disse...

Feiosa? É galera, eu sabia que um dia o nosso Hyung ainda iria enlouquecer! - Todos riram.

— Sim, feiosa! Hoje eu conhecí a criatura mais demoníaca de todos os tempos!

Namjoon gargalha me olhando e eu sabia que ele diria algo idiota a seguir. Afinal, eu conheço muito bem meu grande amigo.

— Qual é, Yoongi? O único ser demoníaco no aeroporto era você!

— VOCÊS TODOS ESTÃO RINDO, MAS QUANDO ELA CHEGAR AQUI, VOCÊS VÃO QUERER EXORCIZÁ-LA!

— E se ela for uma fã? - Hoseok falou e isso chamou a atenção dos outros.

— FÃ? ELA É UMA LOUCA! VOCÊS AINDA NÃO ENTENDERAM ISSO? ELA COMEÇOU A ME BATER QUANDO O ELEVADOR PAROU!

— Toma aqui uma água e tenta se acalmar. Você já tá gritando. - Jungkook tentou me acalmar.

Caiu a ficha de que eu estava alterado novamente.

— Aish! - Sentei no sofá com os Hyungs. E foi aí onde a campaínha tocou. Era ela.
 


LOUCADOELEVADOR P.O.V


Depois de chegar na entrada do aeroporto, avistei um homem que me chamou. Era um tal de Senhor Han. Depois de uma breve conversa, ele me contou que iríamos pra BIGHIT. Eu nunca tinha ouvido falar dessa empresa de entretenimento, mas o Han me explicou um pouco sobre ela. Sentí uma vontade enorme de perguntar sobre o Yoongi, mas eu ainda estava com raiva do idiota. Chegamos na BIGHIT e toquei a campaínha. Um segurança me atendeu e me levou até onde ele estava com mais seis rapazes. Por um instante me assustei com a beleza deles, mas depois fiquei apenas timida. Se fosse um dia comum, eu acharia que estaria entrando no céu, mas algo, uma voz roucamente irritante interrompeu meus pensamentos maravilhosos. Yoongi me encara e diz....

— Trouxe meu celular? - Ai que raiva desse tom frio na voz irritante dele!

— Sim. - Digo entregando pra ele.

— Espera, preciso checar se você mexeu e arruínou algo dele. - Diz analisando seu celular.

— Você além de chato, é um imbecíl. - Todos olham de forma discreta pra eu e Yoongi.

— Você acha mesmo que eu confiaria em você depois de me atacar naquele elevador? - Arqueia uma sobrancelha e sorri maldosamente.

— Por qual razão eu pegaria algo de alguém que não conheço? - Falo irritada.

— Não sei. De garotas como você - me olha de cima a baixo - ... eu quero distância.

— Mas eu não. - Um garoto interrompeu Yoongi - De garotas como você, eu gostaria de me manter perto. Oi, eu sou o Jungkook. - Disse sorrindo timido.

— Ah, eu me chamo Bruna. - Digo sorrindo timida também.

Todos os meninos olham pra eu e Jungkook surpresos com as palavras do mesmo. Ele percebe o olhar do Yoongi e se distancia de mim. Por um instante eu corei. Todos eles se apresentaram pra mim e disseram sobre seu grupo musical BTS. Eles me explicaram as funções de cada um no grupo enquanto Yoongi apenas ficava calado sentado no sofá.

— Então você trabalhava em um estúdio de dança no Brasil? - Jin falou.

— Ah... sim. - Falei timidamente - Eu era meio que... professora de Hip Hop.

Passo a mão na nuca por conta da timidez.

— Aqui na BIGHIT há uma vaga de coreógrafo para o novo grupo idol feminino da empresa. Se você quiser fazer um teste...? - Namjoon disse sorrindo como quem nada quer.

— Realmente, há uma vaga. - Tae disse sorrindo meigo.

Jungkook me olha e diz:

— É, mesmo sendo difícil e bem concorrido, não custa nada tentar. Eu posso torcer por você... se quiser. - Diz e logo abaixa a cabeça por conta da timidez.

Jimin coxixa no ouvido do mais novo:

— O que tá acontecendo com você? - Eu finjo não ter ouvido esse sussurro e continuo a falar.

— Bem, eu nem...

— Vocês querem mesmo que essa maluca faça o teste? - Yoongi me interrompe dizendo aos meninos. Diz sério e sinto que seus olhos são duas chamas criadas pela raiva que ele tem por mim.

Todos eles dizem: SIM. 

Yoongi revira os olhos ao ouvir a resposta.

— Bem, eu nem... sabe, isso nem estava nos meus planos. - falo gaguejando - Eu cheguei agora na Coreia, nem ví minha nova casa ainda,  então não sei o que dizer. É muita informação ao mesmo tempo. - sorri sem jeito vendo seis rapazes lindos me observando atenciosamente.

Namjoon diz sorrindo:

— Vamos fazer assim, você pega o contato da BIGHIT e quando decidir, você faz o teste que vai ser daqui à dois dias.

— Ah, ok. - Digo com um sorriso no rosto e nesse momento, Yoongi se levantou do sofá e saiu da sala.

Jungkook coloca a mão no meu ombro e diz:

— Não esquenta com o Yoongi, ele é chato assim mesmo.

— Vai ver ele só tá constrangido de ter apanhado de uma garota. - Jin falou rindo.

— É, também penso assim. - Jimin falou sorrindo.


Depois de conversar com eles um pouco, liguei pra meu avô e expliquei tudo. Ele ficou feliz por saber que eu já estava na Coreia e eu me despedi dos meninos e fui pra minha nova casa.

YOONGI P.O.V

Assim que eu saí da sala, fui na cozinha da BIGHIT pegar água porque eu tava muito estressado. Passei a mão na nuca e suspirei aliviado. Assim que peguei o copo, Tae chega e me encara.

— O que aconteceu com você? Tem tanta raiva assim dessa garota?

— Porquê me pergunta isso? - Respondo seriamente.

— Você sempre diz que todas as garotas ficam aos seus pés, e agora que conheceu uma que te odeia, você ficou magoado.

— Como chegou nessa conclusão? - Sorri sarcásticamente.

— Tá escrito nos seus olhos. - Diz sorrindo e saindo da cozinha.


Peguei o copo cheio que estava na minha mão direita, tomei todo o líquido rapidamente pra ver se correria o risco de me sufocar com toda a raiva que havia submergido dentro de mim naquele instante. Garota idiota. 


Notas Finais


Dica: Se o ídolo odiar vc, leve na esportiva. Pelo menos ele vai te notar, mesmo q seja de forma negativa. Bjs de luz!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...