História A louca do elevador (Fic em correção) - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Comedia, Dança, Drama, Hentai, Imagine Min Yoongi, Imagine Suga, Jikook, Kpop, Min, Min Suga, Min Yoongi, Musica, Namjin, Revelaçoes, Romance, Suga, Suga Min Yoongi, Suga (yoongi), Suga Hot, Vhope, Yaoi, Yoongi
Visualizações 6.477
Palavras 762
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ESPERO QUE NÃO SE DECEPCIONEM COM O CAPITULO!

Capítulo 40 - O único fácil sou eu.


LOUCADOELEVADOR P.O.V

 

— Tá gostoso? - Falou se referindo ao prato principal.

— Tá ótimo. É bem diferente das comidas do Brasil. Pra ser sincera, eu gosto dos pratos daqui, porque gosto de comidas apimentadas.

— Já como você citou isso, no nosso próximo jantar quero que você faça alguma comida brasileira pra mim. - Disse rindo.

— Então você quer outro jantar comigo. - Sorri.

—  Claro que sim. Estar com você é sempre bom. Sabe, eu sei que você tem estado ocupada, e até eu tenho estado ocupado também. Só que... eu quero te encontrar outras vezes.

Logo em seguida, terminamos de jantar e ele fez questão de pagar a conta. Eu até tentei pagar, mas ele fez questão. Saímos do restaurante e fomos em direção à um parquinho perto dali. A última recordação que tenho desse parquinho foi quando eu vim chorar por causa do Yoongi beijando a Yumi. Confesso que eu não conseguia parar de pensar nisso ao voltar nesse lugar.

— O que você tem? Parece triste.

— É que... tem muitas coisas que eu quero esquecer.

— Coisas de trabalho ou coisas relacionadas ao coração?

— Coisas relacionadas ao coração. - digo triste.

— Então, você gosta de alguém. Estou certo?

— Sim. - respondo triste.

— Confesso que eu queria que seu coração estivesse disponível, mas já como ele não está... - fala desapontado.

— Por favor, não me entenda mal. Eu não quero mais gostar dessa pessoa.

Ele se colocou em pé na minha frente e me olhou intensamente.

— Então eu posso me aproximar de você? - disse dócilmente.

— Sim, você pode se aproximar. Só que, eu precisei ser sincera contigo. Gosto muito de você e não quero te magoar.

— Fecha os olhos.

— Quê? - Pergunto sem entender pra quê fechar meus olhos. Mesmo assim, fechei rápidamente.

— Espero que fique bem após isso. - logo em seguida me beijou.

Segundos durante o beijo, sinto o corpo dele se afastar do meu rapidamente e abro os olhos assustada. Ele estava no chão e Yoongi estava ali enfurecido.

— YOONGI! Solta ele! - Gritei vendo os dois se socando no chão - PAREM! PAREM!

— Qual o seu problema? Não devia se meter com ela, seu cretino! - disse socando mais uma vez o JB.

— O que foi? Tá com medo de perder ela também? - disse e logo em seguida deu um empurrão no Yoongi que caiu.

— Tenha cuidado com as palavras que saem da sua boca. Eu posso quebrar todos os dentes dela se continuar.

— Por favor, Yoongi, PARA! - digo o segurando antes que o mesmo avançasse sobre JB. - Desculpe JB, eu te ligo depois.

Então pego no pulso do Yoongi e vou arrastando ele dali.

Quando chegamos quase na rua da empresa, parei e o encarei. Ele me olhou com tédio.

— Dá pra me explicar porquê atrapalhou meu encontro?

— Dá pra me explicar porquê você tava beijando ele?

— Tem como parar com isso? Eu te perguntei primeiro. E, ah, pra sua informação, eu tenho o direito de beijar QUEM EU QUISER.

— Ah, então é assim? - diz me olhando com raiva - Então quer dizer que você é mesmo uma garota vulgar que se envolve com o Kook e sei lá mais quantos, e depois vai se deixar levar pelo JB? - Falou enfurecido.

— Muito melhor me envolver com outros caras do que com uma pessoa fria como você! Frio! De gelo! Sem sentimentos! É isso o que eu acho que você é! Sabia que me magoou muito me testando?

— Não foi um... - disse por impulso - Não foi um teste caramba! Eu nunca testei você! Você que se envolveu com meu amigo logo depois que saiu daquela maldita despensa e agora faz a mesma coisa com o JB! Quem daqui tá sendo testado afinal? Será mesmo que é você? Não. Você joga toda a culpa em mim, mas é você a culpada! Você estragou minha vida!

— E isso te dá o direito de me seguir?

—  Não, isso me dá o direito de querer ficar com você aqui e agora. - disse e me puxou pra perto do seu corpo.

— Porquê insiste em me usar assim? Está colando seu corpo ao meu. Acha que eu sou tão fácil assim? - tentei me fazer de forte, mas não deu certo mais uma vez.

— Não, o único fácil sou eu que quero sua boca agora só pra mim. - logo em seguida, me beijou.


Notas Finais


Espero não ter decepcionado vcs com esse capitulo! O que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...