História IMAGINE SUGA BTS - A louca do elevador - Capítulo 45


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Dança, Drama, Hentai, Musica, Revelaçoes, Romance, Suga, Violencia
Exibições 1.013
Palavras 998
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem a demora. Tinha gente aqui perto e só pude postar agora. Espero não decepcioná-los com esse capitulo! Bjs

Capítulo 45 - Army Bomb


Fanfic / Fanfiction IMAGINE SUGA BTS - A louca do elevador - Capítulo 45 - Army Bomb

JIMIN ON                        
Eu acordei com Jungkook e Tae ao meu lado. Eles dormindo e eu sem desgrudar meu olhar neles. Mais precisamente no Kook. Como eu posso estar apaixonado por esse coelho fofinho que convivi há muitos anos!? A vida definitivamente prega surpresas. São tantas surpresas que eu até me assusto. Levantei e olhei a hora. Oito da manhã. Fui em direção ao banheiro do meu quarto e escovei os dentes. Logo em seguida tomaria um banho caprichado. Assim que eu estava tomando banho, sinto alguém chegar por trás. Era Jeon Jungkook.
Jimin: Aigo! Você me assustou!
Jungkook: Desculpa. É que eu quero tomar banho.

Jimin: Agora? (Falei corando envergonhado por eu estar sem roupas)                        
Jungkook: Jiminie-ah, desculpe. Eu volto outra hora. (Falou timido e desapontado)                        
Jimin: Fica. Fica aqui. (Falo pausadamente e nervoso)                        
Jungkook já tinha escovado os dentes, então, retirou sua roupa e se colocou embaixo do meu chuveiro. Lembrei do que aconteceu ontem a noite e corei ao vê-lo daquela forma, mas continuei observando. Era uma imagem que eu queria desviar meu olhar, porém, meus olhos continuavam a admirar aquele Maknae.                        
Jimin: Ah Jeon-Jungkook, porquê faz isso logo tão cedo? (Desabafei dando um suspiro logo em seguida e o mesmo me encarou surpreso.) Você quer me deixar duro logo pela manhã? (Falei exausto e já sentindo "meu amiguinho das partes intimas" dando sinais involuntários de que estava animadinho.)                        
Jungkook apenas prosseguia seu banho me olhando ao mesmo tempo que passava sabonete sobre seu corpo. Minha vontade de avançar sobre ele estava no nível mais alto. Mas não. Se ele quer me provocar assim, quem vai ganhar esse jogo sou eu.  Peguei o sabonete e passei por toda a extensão do meu corpo, enquanto ele me observava atento. Fui pra baixo do chuveiro e comecei a tocar meu cabelo da forma mais sexy possível, deixando a água escorrer pelo meu corpo. Fingi não notar, mas percebi q ele estava mordendo os lábios tentando se contêr.  Ah kookie, você começou a me provocar, agora precisa sofrer um pouquinho também. Continuei com meu joguinho psicológico. Olhei de relance para seu membro e... UOW, eu não era o único animadinho dali. Sorri satisfeito e encarei seu rosto.                        
Jimin: É bom saber que tenho esse efeito sobre você. (Ao dizer isso, me enrolei em uma toalha e sai do banheiro. Voltei ao quarto.)                        
De muitas sensações que já provei, aquele coelho grande não faz ideia do domínio que tem sobre mim. Como alguém pode ser tão novo e tão forte e másculo ao mesmo tempo? Eu vou chegar a loucura!                                              
JIMIN OFF                        

 BRUNA ON                        
Me organizei pra tomar café da manhã. Cheguei no refeitório. Eu soube que 11 horas da manhã seria o show dos meninos. O mesmo show que o Yoongi tinha citado na noite anterior. Mesmo que eu quisesse dar espaço pra eles, eu queria vê-los durante o show. Tomei café da manhã no refeitório e fui ao treino. Depois de dançar por duas horas seguidas, eu estava exausta. Quer saber? Eu vou no show deles! Preciso me divertir um pouco! Voltei ao meu quarto e depois de um longo banho, me arrumei e fui falar com uma staff dos meninos. Eu não tinha ingresso porque já havia sido esgotado todos, mas a produção deles me liberaram. Nenhum dos meninos ia saber que eu estava ali, e isso era bom porque eu queria aproveitar cada segundo de show e analisá-los. Fui em direção ao estádio de Seul que era o lugar do show. Fiquei na platéia. Havia muitas fãs eufóricas, muitos gritos. O show começou e os garotos apareceram no grande palco. Era tudo lindo. Eles estavam mais lindos ainda, suas vozes, suas danças... tudo. E de todos, aquele branquelo rapper chamava minha atenção entre todos eles. Como é possível meu coração bater tão rápido assim só em vê-lo? Toquei a mão sobre meu peito e senti meu coração agir de forma ansiosa. Eu definitivamente queria lutar contra eu mesma e esquecer esse idiota. Mas, como, se eu só penso nele? As músicas eram quentes, algumas doces e outras tristes. Aproveitei cada momento, chorei em alguns. Era tudo emocionante. Ver todos os fãs unidos era uma sensação indescritível. Eu só queria proteger todos os 7 de todo o mal. Até mesmo aquele idiota, o meu idiota. Terminou o show e com um sorriso bobo, fui escondida para a parte que a produção me permitiu por eu ser da empresa. Eu entrei nos bastidores do show. "Qual a sala do Yoongi?" Falei e um dos staffs me apontou a última sala liberando minha passagem. Lá estava eu, indo feliz ao encontro do cretino que fez meu coração disparar durante todo o show. Eu não consigo mais controlar, preciso dizer pra ele a verdade, preciso dizer que eu o amo. Abro a porta rapidamente e me deparo novamente com a cena ridícula.  Paralisei ao ver a Yumi o abraçando e ele retribuindo. Logo em seguida, ela o beijou. Meu Army-Bomby que estava na minha mão, caiu quando o vi retribuindo o beijo dela. O barulho do objeto caindo, ecoou pelo lugar. Os dois se afastaram e me encararam. Ela com seu sorriso de vadia e ele com sua expressão surpresa. Fui em sua direção e sem pensar duas vezes, dei um tapa no rosto dele. Eu estava com raiva, decepcionada, me sentia um lixo! Ele pode atrapalhar meu encontro com o JB me fazendo acreditar que sentia algo por mim, e agora descubro que ele está se envolvendo com ela?                        
"Bruna, eu não..." tentou se explicar.                        
"Cala a boca! Apenas fique longe de mim. Nunca mais dirija a palavra à minha pessoa!" Falei furiosa e entre lágrimas, então chutei meu Army-Bomb e sai da sala. Sai correndo pra fora do estádio do show, peguei um táxi e voltei para a empresa. Quando cheguei, fui ao meu quarto e me joguei na cama. É, acho que nem quando eu perdi a minha mãe, eu não chorei tanto como agora.                        
 BRUNA OFF


Notas Finais


GALERA, CHEGAMOS AOS 700 FAVORITOS NESSA FANFIC! OBRIGADO PELO APOIO! ❤

O que tão achando desse capitulo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...