História (Imagine) Touch - Yugyeom (GOT7) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens Personagens Originais, Yugyeom
Tags Aimeudeus, Got7, Got7 Hentai, Got7 Smut, Hentai, Imagine, Imagine K-pop, Imagines, K-pop, Oneshot, Porrajhope, Smut, Yugyeom Hentai
Exibições 827
Palavras 1.299
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


AROLAAAA
ISSO FOI UM SURTO DE CRIATIVIDADE QUE DEU QUANDO EU ESTAVA LENDO IMAGINES DAS GRINGAS, RECOMENDO GENTE, ELAS SÃO MUITO BOAS.
essa ideia chegou como as visões da Raven, sabe? foi um treco no coração q jesus
entãããão
a continuação do Lay ta em andamento, to chegando na parte hot do negocio, muhahaha
fizeram um pedido de imagine da Taeyeon, né? Miga, não pensei em nada ainda, desculpa a demora, de vdd
acho q é só isso, a musica baseada é no touch das misturinhas, vulgo little mix, esse album delas ta maravilhoso socorro viu
quero um oppa como o yugyeom [/um mes e meio para ele n ser meu oppa gente, q cu viu]
vou continuar sendo noona só do seungkwan, vernon e dino mesmo
espero q vcs gostem e to chegando a 100 seguidores eu to é loka com isso, amo cada uma de vcs
beijao
flw

Capítulo 1 - Capítulo Único.


"Eu, você e ninguém mais 

Sentindo coisas que nunca senti 

O jeito como me pegou por debaixo do seu feitiço 

Não mantenha isso tudo apenas para você" 

 
(Imagine) Touch - Yugyeom

Yugyeom tinha sido recentemente convidado para se apresentar no Hit The Stage, um programa onde o mesmo iria dançar. Desde o momento em que aceitou a proposta, o mesmo tem treinado incansavelmente e as vezes esquecendo de se alimentar, e (S/n) estava lá para pegar na orelha do mais velho - só alguns meses - e mandar o homem ir comer para não ter que ser levado as pressas para um hospital. 

(S/n) ia com passos lentos até a porta principal da sala de dança do edifício da JYP, a musica dava para ser ouvida a metros de distancia, mostrando que seu melhor amigo não estava indo descansar tão cedo. 

Chegando em frente a porta a mulher observou a mesma por um momento até ouvir a musica parar, ela colocou sua mão na maçaneta e se permitiu entrar sem bater, seus olhos percorreram todo o salão até ver o homem estirado no chão arfando em cansaço. 

— Gyeom? — Ela chamou pelo apelido do mesmo, ele rapidamente se levantou do chão, se sentando, seus olhos foram em direção a mulher que ainda se mantinha na porta. 

— (S/n)? — Ele perguntou e observou sua melhor amiga fechar a porta e ir em direção ao seu corpo. — O que faz aqui? 

— Eu é quem pergunto isso. — Ela respondeu dando dos ombros. — Você comeu hoje, Yugyeom? — O homem fez uma careta em resposta e se levantou, indo até o rádio e colocando a mesma musica na qual dançou por horas para tocar novamente. 

Os acordes começaram e o mesmo se posicionou, seu corpo começou a se movimentar junto a musica, seus lábios cantarolavam a letra da mesma e seus olhos não desviavam do dela, ele estava dançando para ela. 

Ele fez os movimentos até a música finalizar, seus olhos ainda na mulher esperavam algum comentário da mesma que durante todo esse show apenas observou o corpo do homem e sentiu seu intimido pulsar em desejo. 

— Então? — O mesmo perguntou passando a toalha por seu rosto e tomando um gole da água, logo em seguida mordendo os lábios. 

— O que? — (S/n) questionou. 

— O que você achou? 

— Sexy. — Ela disse dando dos ombros e se virando em direção ao espelho, olhando sua aparência, Yugyeom que no momento em que recebeu a resposta bebia da sua água engasgou, jogando a mesma para o chão. 

— Sexy? — Ele repetiu. 

— Nunca ouviu esse elogio, oppa? — (S/n) perguntou se virando para o homem que a encarava em descrença, era mesmo sua melhor amiga ali? Falando que sua dança era sexy? O chamando de Oppa? 

— Não esse tipo de elogio vindo desse seus lindos lábios, baby. — Yugyeom respondendo brincando e observou a mulher morder os lábios e apertar suas coxas uma contra a outra. 

— Vamos, eu vou te levar para comer alguma coisa. — (S/n) disse mudando de assunto bruscamente e indo até o homem, pegou em seu braço e o tentou puxar. — Eu pago. — Ela insistiu e tentou novamente puxar o homem que nem saiu do lugar, ele riu com o esforço em vão da mais nova, em um movimento rápido Yugyeom puxou a mulher e colou a mesma em seu corpo. 

— Antes, uma dança. — Ele pediu observando os lábios da mulher. 

— Você sabe que sou uma negação na dança, Yugyeom. 

O homem se separou da (S/n) e foi até o rádio ligando em uma musica aleatória, a musica começou a tocar e ele satisfeito voltou e colou novamente seu corpo com de sua melhor amiga. 

A melodia era lenta e transmitia sensualidade, o homem pegou fortemente na cintura da mulher e a virou contra seu peito, fazendo ambos se encararem no espelho, Yugyeom começou movimentar a cintura da (S/n) com firmeza, fazendo a mesma rebolar contra sua cintura, ele acompanhava seu movimento também com seu quadril. 

— Levanta as mãos. — Ele sussurrou e logo a mulher fez o que ele pediu, suas grandes mãos passaram por toda a lateral de seu corpo, fazendo a mesma ofegar em surpresa, agora ela dançava sem suas mãos o acompanhando, sua cintura se movimentava junto a musica e logo em êxtase sua cabeça tombou para trás, deitando no peito do mesmo e suspirando, suas mãos que estavam em cima de sua cabeça foram para a nuca do homem, fazendo um pequeno carinho lá. O homem que ainda movimentava seu quadril rente a sua cintura suspirava em seu ouvido e por vezes cantarolava junto a musica, no final da musica o mesmo virou sua melhor amiga novamente e em um ato de coragem tomou seus lábios com vontade, transmitindo todo o desejo reprimido dos últimos minutos. 

(S/n) correspondeu na mesma proporção, suas mãos se enroscaram com o cabelo escuro do homem e o puxou para mais perto de seu corpo, as mãos do mais velho dançavam pelo corpo da mesma e com passos cegos Yugyeom a guiou até o espelho, a pressionando com força, suas mãos foram em direção ao seu traseiro e apertou, fazendo a mulher soltar um gemido abafado. 

Os beijos da menor desceram até seu pescoço, suas mãos que antes estavam na nuca de seu melhor amigo foram para baixo de sua camiseta, e em sua barriga arranhando levemente, chegando na braguilha de seu shorts que usava ela puxou com força o homem fazendo sua intimidade se chocar com seu corpo sensível. Em um movimento rápido a mulher abriu o zíper do homem e colocou sua mão em contato com seu pênis que estava ereto, Gyeom soltou um gemido rouco e colocou suas mãos suadas no espelho, marcando o mesmo. 

— O que você irá fazer comigo, oppa? — (S/n) perguntou passando seus braços pelo próprio corpo, o homem observando a cena soltou um gemido em resposta e pegou a mulher e a prensou novamente contra o espelho, uma de suas mãos segurou com força seu cabelo úmido e a outra apertou fortemente sua cintura, com o joelho ele fez a mulher abrir as pernas e empinar seu traseiro para o mesmo, suas mãos estavam contra o espelho e (S/n) observava seu melhor amigo a olhar com desejo. 

— Eu irei te fuder, (S/n). — Ele murmurou com a voz rouca, o homem pegou seu pênis e pincelou sua entrada molhada. 

Com um movimento ele entrou totalmente na mulher que abriu a boca em prazer, os movimentos foram começando lentamente, seu quadril se movimentava com força, seu pênis entrava e saia, fazendo a mulher soltar gemidos e palavras desconexas. 

Os movimentos de Yugyeom aumentaram a proporção que os gemidos da mais nova iam se intensificando, sua mão que segurava sua cintura fora até seu clitóris o estimulando e fazendo (S/n) chegar cada vez mais perto de seu ápice. Ambos gemiam o nome um do outro e o homem estocava com força, chegando no ponto sensível da mulher ele fez a mesma se desfazer em seu membro, sua entrada apertou seu membro e fez Yugyeom gozar dentro dela. 

O casal se encontrava deitado no chão tentando recuperar sua respiração, (S/n) olhou para o melhor amigo e sorriu com carinho. 

— Vamos, você tem que comer. — Ela insistiu novamente nesse assunto e o mais velho soltou um gemido de reprovação, mas logo se levantando e procurando suas roupas. 

 

Na manhã seguinte Yugyeom chegou a sala de pratica e encontrou seus amigos treinando, ao ver o mesmo chegar todos pararam de dançar e Jackson foi até ele. 

— Yugyeom, eu cheguei hoje cedo aqui na sala de pratica e o espelho estava todo manchado de mãos, você sabe quem fez aquilo? — Jackson perguntou fingindo uma falsa inocência. 

 
"Apenas um toque do seu amor é o suficiente 

Para me derrubar dos meus pés por toda a semana 

Só um toque do seu amor, oh" 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...