História Imagine TWICE (Crazy love..) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Sana, Tzuyu
Tags Imagine, Kpop, Twice
Visualizações 158
Palavras 1.027
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Hentai, Orange, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Annyeong Haseyo pujin's

Turu pão?... Espero que sim!
E também espero que gostem do Cap.
Boa leitura..

Até as Notas Finais, byee.

Capítulo 6 - Capítulo 6


Fanfic / Fanfiction Imagine TWICE (Crazy love..) - Capítulo 6 - Capítulo 6

   Sinto alguém se deitar do meu lado e logo entrelaçar os braços em minha cintura.

               - Sabe que eu ainda estou acordada, né? - pergunto ainda sem saber quem estava ali e seria o acusado de me trancar em meu próprio quarto.

               - É melhor assim... - ouço a voz de Sana sussurrar em meu ouvido - Não se importa de dormir na sala de aula amanhã não, né? - ela pergunta colocando suas mãos vagarosamente dentro de minha camisa.

                - Depende... se o que impedir de dormir hoje valer a pena.. não! - eu respondo sentindo as mãos de Sana acariciar levemente meu abdômen.

               - Vai valer a pena! - logo depois de sua fala a mesma arranha meu abdômen. 

               Sana se senta de leve em minha barriga e sela nossos lábios em um beijo calmo e sem segundas intenções, claro que isso até ela pedir passagem com a língua, e eu concedo sem hesitar, minhas mãos se encontravam em sua cintura e as dela no meu rosto. Ela separa o nosso beijo e tira minha camisa rapidamente, logo em seguida tira a própria camisa e novamente ataca meus lábios, ela agora acariciava meu abdômen levemente arranhando o mesmo algumas vezes, eu apenas acariciava suas costas. Quando o ar já não estava mais presente ela desce seus beijo ao meu pescoço depositando vários chupões e mordidas fortes, que com certeza deixariam  marcas no dia seguinte, sinto sua mão lentamente desabotoar meu short e sem enrolações adentrar o mesmo, me fazendo arfar pesado. Vejo um sorriso se formar em seu rosto pelo fato de eu estar 'molhada', e também de saber que quem havia feito isso seria a mesma. Ela massageia meu clitóris me arrancando um gemido já um pouco elevado, ela ataca minha boca na intenção de abafar os meus gemidos, ela retira sua mão de meu short adentrando a mesma em minha calcinha e colocando seus dedos em minha entrada, em seguida me lha com um sorriso malicioso e adentra sois dedos sem ao menos dar algum mínimo aviso, e claro que isso me arranca um gemido alto e descontrolado que logo foi abafado com os beijo de Sana. Ela estocava cada vez mais rápido, fazendo com que seus beijos não fossem o suficiente para abafar os meus gemido, sinto que meu ápice está perto.

               - Sana-Unnie... - falo em meio aos gemidos e parece que Sana entende o recado.

               Sana aumente a precisão de suas estocadas e logo meu ápice chega, a mesma lambe os dedos e me da um beijo sem o uso da língua, mas demorado. Ela se deita ao meu lado ofegante, assim como eu, e me abraça forte.Depois de um tempo dormimos.

                            ~No dia seguinte~

               Eu acordei sozinha em minha cama e com minhas roupas no corpo, "como se nada tivesse acontecido ontem". Olho no meu celular e vejo que já era 6:40, me levanto em um pulo, pego meu uniforme no meu guarda-roupas e corro para o banheiro, tomo o banho mais rápido que já havia tomado em toda minha vida, faço minhas higienes matinais, desso as escadas correndo e vou rumo a porta de entrada. Corro até a escola e chegando lá vejo que eu estava toda suada, adentro a escola logo adentrando minha sala também, me sento em minha carteira e fico a espera do professor. Vejo o Jin adentra a sala e sorrir para mim assim que me vê, vem em minha direção e se senta ao meu lado.

               - Oi (S/n)! - ela me cumprimenta se sentado.

               - Oi Jin! - O cumprimento de volta. 

               - O que você estava fazendo?... você está toda suada e tem uns 2 chupões enormes no pescoço. - ele me pergunta. Eu arregalo os olhos ao me lembrar que a Sana que havia feito isto e eu saí tão atrasada de casa que não me olhei no espelho, muito menos passei maquiagem. 

               - É.. não... não é nada do que você está pensando... - falo já corada e de cabeça baixa tentando esconder meu rubor. 

               - Ah tá, claro que não! - ele fala cinicamente rindo alto, o professor entra na sala de aula e todos se sentam.

               As aulas passaram bem rápido, no intervalo as pessoas criaram mais um monte de teorias e por isso fui zoada ate o fim do dia na escola. Eu nem liguei para os deboches que faziam de mim, apenas me preocupei quando eu estava indo pra casa e fiquei pensando em como eu faria para esconder essas marcas que Sana havia feito em mim, eu estava tão preocupada que atravesso a rua sem olhar para os lados, ouço uma buzina bem perto de mim me assustando e logo sinto um impacto muito forte em meu corpo, depois disso tudo foi se escurecendo, até que eu não visse mais nada, antes da escuridão total eu ainda consigo ouvir o barulho de sirene da ambulância. 

                       ~TZUYU P.O.V~

               Eu estava indo tomar água e sinto alguém segurar meu braço bruscamente, era o nosso managger. 

               - Srt. Tzuyu, recebi uma ligação do  hospital dizendo que a Srt. (S/n) foi atropelada! - o managger fala meio rápido e me desespera um pouco "Quase morri de desespero!" - vá chamar as outras, eu estarei esperando-as na van!

               Eu corro até a sala de ensaio, e me deparo com as meninas jogadas no chão e suando, dou um grito assustando e chamando a atenção de todas.

              - Vamos! - digo apressada - A (S/n) sofreu um acidente! - todas se levantam rapidamente, pegamos nossas coisas e fomos correndo até a van.

                        ~QUEBRA DE TEMPO~

                        ~(S/n) P.O.V~


               Eu abri meus olhos vagarosamente pela claridade da luz forte daquele local, ao tentar observar ao meu redor sinto uma puta dor forte na cabeça me fazendo voltar a minha postura anterior, enquanto eu fitava o teto tentava me lembrar o que havia acontecido para eu não estar no meu quarto. E então eu me lembro que quando eu sai da escola eu estava indo pra casa e pensando como esconder as marcas que a Sana havia feito e fui atropelada por falta de atenção... espera... COMO EU VOU ESCONDER AS MARCAS AGORA!?
              


Notas Finais


Leitores do meu coraçaun, o Cap. ficou pequeno porque estou meio sem tempo e sem criatividade no momento... "PS: minha cachorrinha ta muito doente e talvez 'eu disse talvez' eu atrase o próximo Cap."

Me desculpem pelos erros, Hotzin bosta e Cap. bosta ;)

Gente eu estou começando a escrever outra fic, mas quero fazer sobre o OTPzaun "NaMo" e vou colocar outros ships tbm.. Será que vai ficar bom?

KISSES da Taiga


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...