História Imagine Vhope - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags 3some, Jikook, Namjin, Namyoonjin, Sugamon, Vhope
Exibições 350
Palavras 2.965
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Crossover, Ecchi, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hoje vocês descobrirão o que tem naquela sacola!
Nossa já estamos no capítulo 20 ... Passa muito rápido .
Estou muito feliz pelos comentários de vocês e favoritos, nesses últimos dias vocês são como meus amigos!
Nunca pensei que gostaria de ficar horas escrevendo, mas eu estou gostando!
A imagem do capítulo é Yoonseok(peguei a imagem no face ,como sempre) que não é meu Otp mais eu achei tão fofo! (Eu acho que sou a única Army que não viu a live do Hobi florzinha. )
Vou parar de enrolar porque sei que vocês querem ler o capítulo.
BOA LEITURAAA!

Capítulo 20 - Capítulo 20


Fanfic / Fanfiction Imagine Vhope - Capítulo 20 - Capítulo 20

*Pov's J-Hope*

Olhei para o céu e o mesmo se encontrava escuro, indicando que iria chover. Eu e Tae estamos indo de skate até minha casa.

-Ah Hobie eu quero saber o que tem nessa sacola. -Falou Tae tentando pegar a sacola de minha mão. Eu levantei a sacola e ele perdeu seu equilíbrio e caiu de bunda no chão.

-Ai. ..-Reclamou e eu comecei a rir dele, fazendo o mesmo fazer cara de bravo.- Você é um péssimo namorado...

-Eu não acho. .-Falei o levantando. De repente a chuva começa a cair . Era uma chuva fina, que aos poucos foi aumentando de intensidade. Peguei na mão de Tae e o abracei.

-Vamos dançar! -Propôs Tae entrelaçando suas mãos na minha nuca, rapidamente coloquei minhas mãos em sua cintura e começamos a dançar ali no meio da rua enquanto chovia. Acho que temos problemas.

Aproximei meu rosto do rosto de Tae e selei nossos lábios, começando um beijo calmo. Ouvíamos algumas buzinas e alguém falando algo como: "Viadinhos saiam do meio da rua" . Porém não demos bola, não estavamos nos importando com mais nada, só queríamos sentir um ao outro.

-Vamos pegar um resfriado.-Falou Tae sorrindo.

-Vamos ser atropelados.-Falei olhando para alguns carros vindo em nossa direção. -Vem. .-Falei  puxando sua mão e começando a correr rumo a minha casa.

-Eu me sinto tão livre! -Gritou Tae correndo de braços abertos. Ele está tão lindo, seus cabelos loiros molhados, sua boca um pouco avermelhada num sorriso perfeito ,tudo tão lindo. ..

Ficamos correndo na chuva, gritamos muito e pulamos em poças d'água . Estamos  agindo como crianças, mas isso me faz tão feliz.

Chegamos em casa encharcados, minha mãe e meu pai já haviam voltado e estavam com minha irmã sentados no sofá assistindo TV.

-Vocês são malucos? Sair na chuva assim, vocês vão ficar doentes ! -Minha mãe deu uma bronca, fomos Dar um passo para ir até o quarto .-Parados!

Paramos no mesmo instante e olhamos confusos para ela.

-Não quero ninguém molhando meu chão! Esperem aí que eu vou buscar toalhas para vocês. -Falou minha mãe subindo as escadas.

-Até parece minha mãe. ..-Sussurou Tae no meu ouvido. -"TaeHyung eu acabei de encerar o chão! Volta aqui moleque desgraçado, vou limpar esse chão com a tua cara! "-Sussurrou Tae imitando sua mãe e eu ri.

-Aqui está. -Falou minha mãe entregando uma toalha para mim e outra para Tae. Nos secamos ali, deixamos nossos sapatos na varanda e fomos até meu quarto.

Coloquei a sacola em cima de meu guarda-roupa e peguei duas toalhas e uma muda de roupa. Tae fez o mesmo.

-Pode tomar banho primeiro. -Falou Tae sorrindo docemente e olhando brevemente para cima de meu guarda-roupa. Acha que me engana. ..

- Pode tomar primeiro, afinal você é visita ,tem que ser bem tratado. -Falei e abri a porta ,ele suspirou e veio até a porta, me deu um beijo e saiu. Fechei a porta.

Dei uma olhada pelo quarto à procura de um esconderijo para aquela sacola. Debaixo da cama? Não isso é muito óbvio. .. Já sei! Minha escrivaninha tem uma gaveta com fundo falso!

Fui até o guarda-roupa e peguei a sacola, logo indo até a escrivaninha e abrindo a gaveta com fundo falso e colocando a sacola no mesmo.

Tae só vai saber o que tem aqui dentro de noite.

(....)

-Pronto agora você pode tomar banho. -Falou Tae entrando no quarto com um sorriso no rosto. Ele estava já vestido e seu cabelo molhado.

Fui até ele é lhe dei um beijo na bochecha e fui em direção do banheiro  .

*Pov's V*

Agora vou poder saber o que tem na sacola misteriosa! Peguei uma cadeira e coloquei na frente do guarda-roupa, subi nela e procurei a sacola. 

-Não está aqui. ..-Falei comigo mesmo. -Ele escondeu ela de mim !

Mas não tem problema eu acho!

-Claro debaixo da cama! -Falei correndo até a cama e me abaixando para procurar a sacola. Sinto pequenos dedos percorrendo minhas costas e me levanto em alerta.

-O que você está fazendo aqui sua maluca? !-Perguntei me afastando da irmã de Hobi.

-Vim ver como meu cunhadinho está. Sabe eu posso cuidar de você para não ficar doente. ..-Falou mordendo o lábio inferior.

-Vai cuidar do capeta sua peste! -Falei me afastando dela.

-Pode me xingar o quanto quiser, eu só fico mais excitada. .-Falou. A ninguém merece, por que essas coisas só acontecem comigo? Será que é tão difícil ter uma vida normal com seu namorado sem ninguém atrapalhar? Porra que garota chata.

-Querida, eu sou namorado do teu irmão! Entendeu? ! Eu não quero nada contigo! Sai daqui! -Falei um pouco alto. Cara se essa garota não fosse uma garota eu já teria dado na cara dela! Aish, quem faz esse tipo de coisa? Que feio, sério eu namoro o irmão dela !Ela fica se insinuando para o namorado do irmão dela!

-Eu não ligo que você seja gay. .. Depois de hoje você vira pelo menos bi. -Falou me puxando e me jogando na cama, logo pulando em cima de mim.

-Me larga sua louca! -Falei me debatendo ela aproximou seu rosto do meu e eu cuspi nela,ela passou seu dedo por cima de onde cuspi e chupou. Fiz uma cara de nojo e a empurrei forte fazendo a mesma cair no chão, nunca gostei de caras que batem em mulheres então logo senti minha consciência pesar.

-Vem me empurra mais Daddy. Me empurra para a cama! -Depois que ela falou isso minha consciência voltou ao normal, não devia ter pena disso, seria uma vergonha tratar uma criatura dessas como mulher.

A segurei pelo braço e abri a porta do quarto a empurrando para fora e fechando a porta.

-Essa vaca atrapalhou minha procura pela sacola! -Falei bravo. Fui até a escrivaninha de Hobi e procurei nas gavetas, não achando nada. Suspirei em frustação. Procurei pelas roupas de Hobi e nada. Procurei atrás da cortina e nada. Procurei entre os ursinhos de pelúcia de Hobi e nada. Procurei na estante de Hobi e achei um álbum de fotos.

Fui até a cama de Hobi me sentei e abri ele. Nele tinham fotos de Hobi na infância, eram tão fofinhas.  Fiquei olhando as fotos de Hobi por um bom tempo até que escuto batidas na porta. Fui abri e lá estava Hobi ,ele entrou no quarto e me olhou por um tempo  .

-Por que você trancou a porta?-Perguntou. Eu queria muito contar a verdade para Hobi ,falar que a irmã dele é uma tarada que me persegue, mais tinha medo dele não acreditar em mim ... Então resolvi falar uma meia verdade.

-Eu estava procurando a sacola e não queria que ninguém me visse fazendo isso. ..-Falei abaixando minha cabeça, Hobi riu e veio até mim, erguendo meu queixo e me dando um beijo.

-Ah Hobi você era tão fofinho !-Falei quando cessamos o beijo.

-O que? -Perguntou confuso e corri até a cama pegando o álbum. -Não acredito que você mexeu aí...

-Não precisa ficar com vergonha! Olha que bonitinho! -Falei apontando para uma foto dele com mais ou menos 4 anos vestido num terno. -Você estava num casamento?

-Sim. ..-Falou com as bochechas um pouco vermelhas.

-Vem vamos sentar aqui e você vai me falar aonde você estava em cada lugar! -Falei o puxando para cama.

Passamos um tempo vendo as fotos de Hobi e escutando ele falar sobre coisas engraçadas de sua infância, porém a partir de um tempo eu não prestava mais atenção no que ele falava, só olhava para sua boca ,estava hipnotizado.

-Tae! -Falou Hoseok me sacudindo.

-An? O que foi? -Perguntei.

-Você está estranho. .. Quer dizer, mais estranho que o normal. ..-Falou rindo.

-Aish. ..-Falei e olhei nos seus olhos. -Hobi, você sempre vai acreditar em mim, né?

-Sempre anjo, mas por que essa pergunta? -Perguntou me abraçando .

-Nada não. ..eu só queria saber mesmo. -Falei dando um beijo nele.

-Você está mentindo. -Falou me olhando sério. Eu não devia ter falado sobre isso. ..

-É bem. ..Hobi. ..Você me promete que acredita em mim? -Perguntei novamente sentindo meus olhos se encherem um pouco.

-Prometo ,agora fala. -Falou sorrindo.

-Eu ...eu. ..usei teu cartão de crédito para comprar minhas coisas de anime! -Falei abaixando a cabeça.- Mas foi sem querer!  Quer dizer. ..eu não estava com o meu então eu usei o teu, mas vou te pagar depois!

-Sério? Esse drama todo por isso? -Perguntou rindo . Eba ele acreditou!

-Sim. ..-Respondi.

Não devia mentir para ele, não devia esconder isso dele e eu devia acreditar nele e falar ,pois o mesmo disse que sempre acredita em mim.  Mas eu tenho medo, medo afinal ela é irmã dele e ele vai acreditar nela. ..
A não ser que eu mostre para ele quem ela é de verdade!

*Pov's J-Hope*

[Depois do jantar,  no quarto.]

~22:09~

Tae está sentado na cama ,ele me olha ansioso, vou até a gaveta e pego a sacola do fundo falso.

-Mas eu procurei aí! Como é possível! ?-Perguntou Tae correndo até mim e olhando a gaveta.

-Tem um fundo falso. ..-Falei sorrindo.

-Pensei que em fundo falso as pessoas colocavam coisas pervertidas e não sacolas misteriosas. ..-Falou revirando o fundo falso que já não tinha mais nada nele.

-Você pensa esse tipo de coisa de mim? -Perguntei o abraçando.

-Penso! Você anda muito com o Namjoon ele pode muito bem estar te levando pro mal caminho! -Falou e arrancou a sacola de minhas mãos. -Roupas. ..

-Vista elas e volte aqui. ..-Falei e ele saiu do quarto.

Fui até minha cama, tirei aquelas pelúcias dali e as deixei jogadas no chão, fechei a persiana da janela e tirei minha camiseta me sentando na cama com as costas encostadas na cabeceira da cama e com as pernas um pouco abertas.

Tae demorou um pouco, mas logo vi a porta se abrindo e Tae vestindo a fantasia que comprei para ele.

Era uma fantasia de Chapeuzinho Vermelho, só que um pouco mais erótica. Tae usava meias pretas que iam até a metade de suas coxas ,uma mini saia preta com rendas brancas nas bordas que deixava boa parte de sua bunda a mostra, o capuz vermelho que tampava um pouco de seu peitoral, ele usava um batom vermelho e seus olhos estavam delineados como "gatinho",ele estava fodidamente gostoso .

-Pare de me olhar assim! Estou morrendo de vergonha. ..-Falou tentando abaixar um pouco a saia. Mordi o lábio inferior e chamei Tae com o dedo indicador.

Ele veio até mim a passos lentos,subiu na cama e se aproximou de mim.

-Eu não imaginava que era isso que tinha na sacola misteriosa. ..-Falou Tae fazendo biquinho. -Eu estou ridículo. .

-Não está não. -Falei puxando sua nuca e selando nossos lábios num beijo um pouco desesperado. -Você está delicioso. ..-Sussurrei em seu ouvido e mordi o lóbulo de sua orelha.

-Safado. ..-Falou Tae baixinho enquanto soltava um gemido mais baixo ainda. Apenas ri com seu comentário e o puxei para meu colo.
Tae começou a distribuir chupões pelo meu pescoço,enquanto eu apertava suas coxas,tirei o capuz de sua cabeça, mais ainda o mantendo em seu corpo, e comecei a marcar seu pescoço. Era como se estivéssemos competindo, ambos somos possessivos, porém Tae ganha. Ele sempre quer mostra que sou dele, as vezes em algumas lives ele deixa escapar algo relacionado a nós dois ou simplesmente fica me abraçando. Seria meio difícil ninguém perceber. ...

Selei meus lábios com os de Tae novamente, sentindo o agradável gosto de menta que os mesmos tem. Minha língua e a de Tae se encontravam,enquanto eu apertava sua bunda por debaixo da saia. Ele estava sem nada por baixo. Rodeava meus dedos por sua entrada, fazendo Tae roçar sua entrada contra meus dedos gemendo safado durante o beijo.

Cessamos o beijo e Tae começou a rebolar em cima de meu membro. Enquanto eu ainda apertava sua bunda.

-Ah. ..Hoseokie. ..que mãos grandes você tem. ..-Falou gemendo  um pouco com um sorriso sacana nos lábios um pouco manchados pelo batom vermelho.

-Tem coisas bem maiores esperando por você. ..-Falei no seu ouvido enquanto forçava sua entrada contra meu membro ereto. Ele deu um gemido sôfrego e saiu do meu colo.

Abriu minha o zíper de minha calça e logo a jogou longe. Passou a língua por cima da minha cueca, fazendo meu membro pulsar, começou chupar meu membro ainda coberto pela cueca, me arrancando gemidos. Ele passou seus longos dedos pela minha coxa esquerda, apertando-a e logo colocando sua mão por dentro de minha cueca, acariciando minha virilha e logo segurando meu membro.

Afastou seu rosto de meu membro e começou a marcar meu abdômen enquanto masturbava meu membro. Me arrancava cada vez mais gemidos, eu poderia gozar só com isso, só com toques de Tae.

Tae tirou minha cueca e a jogou no chão, logo se abaixou em frente ao meu membro e deu uma lambida na glande, olhando nos meus olhos.

-Tão gostoso. ...-Falou logo dando mais uma lambida. Colocou somente a glande em sua boca, logo tirando e passando a língua da glande até a base. Logo chupado um de meus testículos, enquanto massageava o outro.

Ele ficou brincando por um tempo, me fazendo gemer várias e várias vezes, enquanto arqueava as costas e tombava minha cabeça para trás, fechando meus olhos e deixando meus lábios entreabertos. Quando eu menos esperava Tae colocou meu membro inteiro na sua boca, me fazendo gemer arrastado enquanto sentia sua garganta vibrar contra meu membro. Ele aprofundava sua boca em meu membro cada vez indo mais fundo ,me fazendo segurar forte os lençóis de minha cama enquanto mordia meu lábio inferior tentando conter os gemidos.

-Tae. ..para. -Falei e ele logo tirou meu membro de sua boca. Segurei seu rosto  acariciando suas bochechas. -Fica de quatro pra mim, amor.

Ele me obedeceu, ficando de quatro com a bunda bem empinada. Peguei um pote de lubrificante que tinha em uma mochila do lado da cama. Me posicionei atrás de Tae, abrindo aquele recipiente e lambuzando meus dedos. Coloquei um dedo dentro de Tae, logo o movimentando, escutando os deliciosos gemidos de Tae. Introduzi mais um dedo, fazendo movimentos de tesoura e depois coloquei o último dedo. Movimentei meus dedos na entrada de Tae por poucos segundos, até o mesmo estar preparado.

Coloquei todo meu membro dentro de Tae, ouvindo ele gemer alto. Comecei a o estocar Tae, começando com estocadas leves logo aumentando a velocidade, às tornando mais brutas, fazendo Tae gemer alto e descontroladamente. A cama rangia um pouco e eu acho que talvez tenhamos acordado todos na casa ,mas não me importava .

Deitei meu tronco nas costas de Tae o mesmo virou seu rosto para mim e começamos um beijo ,enquanto ainda o estocava. Logo nos afastamos, coloquei minha direita sobre o membro de Tae começando a o masturbar no mesmo ritmo de minhas estocadas. Ele colocou sua mão sobre a minha e me ajudou nos movimentos.

-Ah. ..Hobi vai mais forte. ..-Pediu Tae gemendo um pouco alto. Aumentei o ritmo das estocadas acertando sua próstata.

Escutei a televisão da sala ficar no volume máximo, Tae me olhou sobre o ombro e deu uma risadinha enquanto tampava a boca.

-Que vergonha. ..-Falou baixinho.

Apenas continuei penetrando Tae, não iria para só porque acordei o pessoal da minha casa, afinal se eles acordaram o problema é deles. Acertei a próstata de Tae várias vezes, até que o mesmo gozou e eu acabei gozando também.

-Não sei como vou olhar para seus pais amanhã. ..-Falou Tae encostando sua cabeça no meu peito.

-Relaxa,eles nem vão falar sobre isso. ..-Falei beijando a testa do mesmo.

- Você acha? Ah então vamos aproveitar mais e ir para o chuveiro! -Falou Tae se levantando e me levantando da cama. Pegamos toalhas e fomos para o banheiro ,entramos nele, Tae me empurrou para dentro do box e tirou aquela fantasia,logo se juntando a mim e me beijando.

Logo o prendi contra os azulejos, liguei o chuveiro e comecei a distribui chupões pelo seu pescoço, descendo para seus mamilos, onde comecei a mordiscar um enquanto apertava a cintura de Tae com força. Logo comecei a fazer uma trilha de beijos do seu  peitoral até o umbigo.

Me ajoelhei em sua frente, passei minha mão pela coxa  de Tae, logo dando  mordidas nela, a deixando cheia de marcas. Passei a língua de sua coxa até sua virilha, logo segurando seu membro e o abocanhando, começando a o chupar seu membro com vontade. 

Seu rosto estava tão bonito, mas do que o normal, seus olhos fechados e sua boca entreaberta. Estava  gemendo meu nome e puxando meu cabelo com força. E eu não desviava meu olhar de seu rosto, queria guardar todas suas expressões na memória ,sabendo que eu que as causei.

Continuei o chupando até o mesmo gozar na minha boca, engoli tudo e depois acabamos transando no box.

(...)

Estávamos saindo do banheiro e esbarramos em meu pai que passava no corredor, cocei minha nuca e dei um sorriso sem graça enquanto Tae se escondia atrás de mim.

-Vão dormi vocês dois,daqui a pouco a vizinhança vai achar que nossa casa virou um puteiro. -Falou meu pai entrando no seu quarto.

-As vezes teu pai me dá medo. ..-Sussurou Tae e entramos no meu quarto.

-Se acostume, afinal ele é teu sogro. -Falei rindo e fechando a porta.

Nos deitamos na cama ,passou um tempo e Tae só ficava se virando de um lado para o outro.

-Você está bem? -Perguntei acendendo o abajur.

-Não eu não estou bem Hobi. Eu não consigo dormi sem estar sendo abraçado por você. -Falou sorrindo fofo. -Me abraça. ..

Desliguei o abajur e o abracei.

Continua. ...









Notas Finais


Meus lemons são horríveis. ...
Sabe, eu gosto de imaginar alguns dos meninos vestidos com coisas femininas ^~^

Quero agradecer aos leitores(as) que foram lá ler a oneshot, adorei os comentários de vocês. Gente se você não leu a outra fanfic, fique sabendo que ela não será mais uma oneshot! O pessoal quer que eu faça uma continuação e eu quero fazer uma continuação também! Mas como eu já falei para todos, só vai ter continuação após o fim dessa fanfic ,é ainda tem bastante coisa que eu quero escrever nessa. (Eu deixei algumas pessoas revoltadas na outra fanfic. ...)

Pessoal que favoritou a fanfic agora ou simplesmente caiu aqui sem paraquedas e resolveu ler ela : Sejam bem vindos!

(Estamos quase nos 100 favoritos. ..)

Eu fico meio confusa com o que irei fazer com a irmã do Hobi. ...Mas eu só sei que ela tem que se ferrar.

Me desculpem por não postar ontem eu estava com sono e não tinha terminado o lemon. (Sou uma péssima autora sempre atraso algum capítulo .)

Obrigado por ler e até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...