História Imagine(BTS) - Você não sai da minha cabeça - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Colegial, Jimin, Jungkook
Exibições 92
Palavras 1.305
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Outro capítulo fresquinhuu para vocês amores

Capítulo 3 - Eu tenho que te dizer algo...


Fanfic / Fanfiction Imagine(BTS) - Você não sai da minha cabeça - Capítulo 3 - Eu tenho que te dizer algo...

Estamos na metade do trabalho e já são 20:00 em ponto

- Acho melhor vc ir para casa Jungkook, amanhã nos terminamos - falo olhando para o relógio

- Okay amanhã nós terminamos - ele diz me ajudando a arrumar os materiais e a junta los para levar devolta para o meu quarto, ele me a ajuda a levar os matérias até meu quarto, eu arrumo os materiais no lugar e quando olho para Jungkook ele está olhando tudo em volta de meu quarto

- Nunca viu o quarto de uma menina? - falo e rio ele olha para mim e diz

- Não é que..., ele não é como eu pensei que fosse - ele deve ter estranhado meu quarto não ser todo rosa, cheio de pôsteres de homens bonitos e etc, meu quarto é da cor azul e roxo com imagens de animes e heróis da Marvel e da DC

- Todo rosa? - falo, mas...só agora eu notei, ele pensava como seria meu quarto?

- Uhum - ele diz e ri eu rio também e falo

- Você pensava no meu quarto? - quando eu falo percebo que é graça dele vai toda embora e ele fica um pouco...acho que enverganhado

- Sim, mas....foi quando nós entramos na casa e você disse que iria para lá - ele diz coçando a nuca e olhando para outro lado, eu rio

- Okay tudo bem, eu não achei que você pensava no meu quarto em outras ocasiões - digo e ele solta um suspiro aliviado

- Ya, Jeon Jungkook eu posso...te fazer uma pergunta? - ele olha para mim e pensa um pouco

- Dependendo pode sim -

- Porque você fica tão sozinho no colégio? - esse era uma dúvida que eu tinha já faz tempo e talvez agora eu poderia ter a resposta dela

- Bom...é que eu prefiro assim, nunca gostei muito de me enturmar - ele diz se sentando na berada da minha cama

- Eu sei que vai ser muita audácia minha mas...eu queria poder ter mais intimidade com você ou até nos tornamos amigos, você deixaria? - Pergunta me sentando ao lado dele na beira da cama o olhando

- Porque você iria querer ser minha amiga? - ele pergunta e olha fixamente para os meus olhos que por um instante eu retribuo mas logo desvio e o respondo

- Eu sei que você deve pensar coisas erradas ao meu respeito, pelo que eu aparento ser, mas eu quero poder te mostrar ao contrário  - digo e volto a olha lo fixamente até que ele me responda

- ahm...você pode ser minha amiga - ele diz e da um pequeno sorriso de lábios fechados

- Obrigado por me dar essa chance - falo e sorrio também, mas percebo ele ficar um pouco...inquieto e eu o olho e pergunto

- Jungkook tudo bem? -

- E-Eu tenho que te dizer algo - ele diz e olha para o chão - e-eu te...observo no colégio - espera o que? Ele me observa? Como eu não percebi? Meu Deus então nós dois nos observavamos? Isso foi um choque para mim agora

- Você me observa no colégio? - Eu o pergunto incrédula

- Sim, eu...eu te observo - ele diz com a cabeça ainda baixa, eu rio mas não de achar graça dessa confissão dele mas de nervoso, por que eu nunca percebi? Eu sou tão lerda assim? Talvez pelo meu medo de achar que ele nunca iria querer falar comigo, não me deixasse perceber que era ele quem me observava, apesar de hoje eu tê-lo flagrado, vejo que ele levanta a cabeça e olha para mim com um olhar de tristeza

- Por que você está rindo? Achou engraçado minha confissão? - ele diz em um tom melancólico

- Não, eu não achei engraçado a sua confissão, pois...e-eu também te observo eu só ri por...por nervoso

- falo e percebo que sua expressão e seu olhar sobre mim voltou ao mesmo de antes só que surpreso pela minha confissão de também observa lo

- Então a sensação que eu tinha de ser observado era...por sua causa? Porque você me observava? - ele diz e eu assinto com a cabeça, ficando corada de vergonha por ter confessado, ele olha para mim e sorri, me deixando ainda mais corada, eu coloco as mãos no rosto o tampando de vergonha

- Ei, olhe para mim - ele diz tirando as minhas mãos do meu rosto delicadamente olhando diretamente em meus olhos, eu retribuo o olhar e assim ficamos os dois em silêncio apenas nos olhando, sinto suas mãos macias quase entrelaçarem as minhas, quando ele fala

-E-Eu tenho que ir para casa - ele tira as mãos de perto das minhas e se afasta levantando da cama eu fico um pouco sentida pois queria sentir o toque de sua mão na minha. Eu levanto

-Vou te levar até a porta - falo enquanto nós dois saimos do quarto, descemos as escadas, passamos pela sala e ele pega a mochila e chegamos a porta, eu abro e ele sai e diz

- Tchau S/N -

- Tchau Jungkook - eu respondo acenando para ele e sorrindo, ele sai fazendo o mesmo, quando não o vejo mais eu fecho a porta e tranco, coloca a chave na mesinha de centro da sala e me jogo no sofa de um modo totalmente relaxado com as pernas abertas e os braços também jogando a cabeça para trás fechando os olhos relaxando o corpo, viro o rosto e sinto um mal cheiro, abro os olhos e percebo que é das minhas axilas, MEU DEUS O JUNGKOOK!! SERÁ QUE ELE SENTIU ESSE CHEIRO? O QUE SERÁ QUE ELE PENSOU DE MIM QUANDO SENTIU? PROVAVELMENTE QUE EU SOU PORCA, MEU DEUS PRECISO IR TOMAR BANHO

Levanto rápido e isso faz com que eu fique um pouco tonta, fico parada e espero a tonteira passar, quando passa eu retorno a andar subindo as escadas e vou em direção ao meu quarto entrando e pegando minha roupa e minha toalha, desço as escadas e vou para o banheiro e encosto a porta, penduro a toalha e coloco a roupa em cima da tampa do cesto de roupa suja, tiro minha roupa colocando dentro do cesto e entro dentro box fechando a cortina e ligando o chuveiro na água quente, sinto as gotas quentes descerem pelo meu corpo me relaxando aos poucos enquanto eu passo o sabão em mim e me ensaboo, cada vez que me sinto mais relaxada mais meu corpo vai ficando cansado, eu quase durmo no chuveiro mas o desligo e término o banho saindo do box e pegando minha toalha, me seco e coloca a roupa para dormir, um baby doll verde Marinho com desenhos de pandas super fofo, penteio o cabelo para trás e o prendo, deixo minha toalha pendurada e saio do banheiro indo para cozinha quando chego na entrada da cozinha sinto minha barriga roncar

- Tenho que comer - falo para mim mesma enquanto passo a mão na barriga num gesto de fome, entro na cozinha e procuro algo para comer nas pratileiras e na geladeira as pratileiras estão cheias e a geladeira também, mas só uma comida congelada me chama a atenção eu a pego e esquento, como e sacio a minha fome limpo o pouquíssimo de louça que eu sujei, a empregada viria amanhã cedo mas eu não gosto de deixar a louça suja me dá...nervoso, escovo os dentes apago todas as luzes de casa e vou para o meu quarto fecho a porta apago a luz ficando acesa apenas a luz do abajur que fica do lado da minha cama, eu praticamente me jogo na cama de tanto sono que estou, me cubro, apago a luz do abajur e me ajeito em uma posição que me sinto confortável para dormir e apago de sono.


Notas Finais


E foi isso, espero estar realmente agradando vocês meus serumaninhos lindos♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...