História Imagines Boku No Hero - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Bakugo Katsuki, Lida Tenya, Midoriya Izuku, Personagens Originais, Uraraka Ochako
Tags Boku No Hero, Imagines
Visualizações 257
Palavras 1.065
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Fantasia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


MEU PAI EMPRESTOU O CARREGADOR DELE AHEEO!

Lembra que eu ia recompensar aquele capítulo bad com o Tokoyami? Bom, aqui está 😆

Informações básicas

S/N: seu nome
S/S: seu sobrenome
S/N/C: seu nome completo
S/A: seu apelido

Individualidade: Absover e moldar!

A pessoa pode absover a energia solar e lunar, depois moldando-a da forma que bem entender.

O CAPÍTULO NÃO FOI REVISADO!

Capítulo 23 - He Liked You ❇ Tokoyami Fumikage


Fanfic / Fanfiction Imagines Boku No Hero - Capítulo 23 - He Liked You ❇ Tokoyami Fumikage

(S/N) Point Of Vision

Acho que desde pequenina, quando via aqueles seriados na televisão, sempre sonhei com um baile ou coisa do tipo. Bem ao estilo princesa, sabe? Na época eu nem fazia ideia das festas que os jovens da minha idade atual faziam, mas agora sei, e estou numa bem agora. Uma festa de Halloween animada "patrocinada" pela escola para descontrair. Todas as turmas foram convidadas a participar e isso deixava as coisas mais divertidas. Há algum tempo nossa turma vizinha, 1-A, fez grande sucesso nos Festival e obviamente atraiu minha atenção. Será uma ótima oportunidade para fazer amizade com eles.

— S/N-chan! — Chamou Tetsutetsu quando chega no sala com uma fantasia de Frank Stein.

— Uhn? — Abro um largo sorriso vendo meu amigo se aproximar. — Tetsutetsu! Achei que não fosse mais vir.

— Estava me arrumando.

— Depois as mulheres é que demoram — Reviro os olhos mas sorrindo sapeca em seguida e dando uma cotovelada no braço dele. — Ou será que estava de produzindo para ela...?

O garoto ganhou uma coloração avermelhada e tentou de todas as maneiras desviar o assunto, mas era impossível. Aos poucos mais alunos foram chegando e divertindo nossa noite. Apesar de gostar de festas, ainda me sentia desconfortável no meio de tanta gente. Fui para um canto onde estavam as guloseimas da festa e fiquei beliscando alguns docinhos especiais em formato de abóbora.

— Hey! — Alguém chamou, fazendo-me virar. — Lembra-se de mim?

Eu havia memorizado o rosto daquela garota, era impossível para mim esquecê-la, afinal minha derrota foi para ela no Festival.

— Impossível esquecer! Ochako, né?

Ela confirmou. Estava adoravelmente vestida de anjinho, acho que essa garota ultrapassa os limites comuns de fofura.

— Sua fantasia é muito legal! — Ela elogiou pegando um copo de ponche.

— Hehe, obrigada — E a timidez ataca com sucesso! — Você também ficou demais como anjinha.

Uraraka sorriu mostrando os dentes. Na verdade, minha fantasia não era lá essas coisas. Alice fora o traje escolhido. No início eu achei um pouco sem graça e clichê, mas seguindo alguns conselhos do Tetsutetsu, acabei deixando mais a minha cara. Eu havia rasgado algumas partes da saia e das meias calças listradas, tingido outras com corante vermelho para simular sangue. Era tipo uma Alice assassina.

— Acho que ele gostou de você — Ochako fala olhando para mim com um sorriso.

— Quem? — Tenho que abaixar um pouco minha cabeça para poder falar com ela.

— Tokoyami.

Discretamente ela apontou para o outro lado do salão onde estava um garoto. Sabia que já tinha ouvido este nome em algum lugar, fora ele quem ficara em terceiro lugar. Não pude deixar de notar que, ironicamente, sua fantasia era de Chapeleiro Maluco. Quando percebeu estar sendo observado por mim, desviou sua atenção um tanto corado.

— Que bonitinho — Falo rindo badesengonçado do iu, eu disse!

Sorri de lado.

— Acho que vou lá falar com ele.

Os olhinhos castanhos da garota brilharam e ela fez joinha. Okay, agora respira fundo S/N e vai lá falar com ele! Cruzo o salão desviando de algumas pessoas dançado conseguindo finalmente chegar perto dele.

— Oi — Digo acenando fazendo ele pular com o susto. — Desculpa se te assustei.

Ele sorriu nervoso corando aos poucos.

— Tudo bem... Sou..

— Tokoyami Fumikage — Cortei-o estendendo minha mão para um aperto. — S/N/C.

Surpreendentemente, ao invés dele apertar minha não de volta, Tokoyami levou as costas da mesma para um beijo discreto.

— É um prazer.

Céus, que perfeição de garoto!

— Então... Quer dançar? — Invento qualquer coisa para que possamos continuar "juntos".

— Não sei dançar muito bem...

— Ótimo, eu também não — Acho que nunca fui tão sincera na vida.

Tokoyami fica sem reação por alguns segundos mas logo quebra o gelo rindo. Para tudo produção, eu estou conseguindo seduzir alguém. Fomos na direção da pista de dança, movendo nossos corpos da melhor forma possível para que não passarmos vergonha em público. Nem demos ao caso de dançar realmente, riamos mais do nosso jeito desengonçado do que dançávamos. Acabamos cansando depois de duas ou três músicas; acho que estou um pouco fora de forma. Fomos para a parte de fora tomar um pouco de ar e ficar longe de toda aquela agitação.

— Você disse que não sabia dançar — Brinco com ele sentando na grama.

— Digo o mesmo.

— Se chama aquilo de dançar — Dou de ombros deitando para observar as estrelas e a Lua — Ela é linda.. 

— Você ou a Lua?

— Seu bobo — Ri para disfarçar a vergonha e ele acabou do mesmo jeito.

Ficamos alguns segundos deitados em silêncio. Ergui meu braço deixando a mão espalmada na direção da lua, absorvendo sua luz. Sento, virando-me para Tokoyami e fechando as mãos ao redor da energia recém captada. Aos poucos ela foi se moldando até que quando abri os dedos, uma estrela luminosa pairava sobre minha mão.

— É lindo — Fumikage elogia com as íris vermelhas fixas na estrela. — Você é incrível, S/N.

Coro com tais palavras. Tokoyami consegue ser mais fofo do que a Uraraka, se isso for possível. Acho que entramos num daqueles climas de filme adolescente sabe? Os olhos do garoto se elevaram para os meus; impossível para mim deixar de encará-los de volta. Ele levou os dedos ao meu rosto, acariciando minha bochecha e depois puxando-me para mais perto dele. Ambos fechamos os olhos deixando fluir o momento.

— S/N! — Aquela voz típica e irritante deu-me nos nervos. — O que pensa que está fazendo com esse cara da 1-A!?

— Você de novo..? — Tokoyami murmurou claramente incomodado.

— Não te interessa Monoma! Vai incomodar outra pessoa! — Reviro os olhos ffrustrada por ele ter estragado meu momento com Tokoyami.

— Não estou afim — O loiro sorriu maldodo. — Acho que você esqueceu que os alunos da 1-B marcaram de sair numa pizzaria depois daqui.

Droga! Maldito Monoma e sua inteligência!

— É mesmo... Eu já estou indo, agora vaza! Se manda!

Expulso ele dali atirando aquela estrela na direção dele e a explodindo com o choque. O garoto depois de dar um gritinho foi embora resmungando algo. Definitivamente o universo me odeia.

— Desculpa por isso Tokoyami...

— Ei, relaxa — Ele voltou a colocar a mão em meu rosto. — Esse não será nosso último encontro.

Sorri involuntariamente e dei-lhe um beijo no lado direito do bico, percebendo-o corar.

— Tchau Tokoyami-kun, foi ótimo te conhecer.

— Foi ótimo te conhecer também, S/N-chan.

E assim fui embora dali, sem receios de que encontraria aquele garoto fofo outra vez. 



Notas Finais


FIM do capítulo com o Tokoyami!

Gostaram, odiaram? Comentem!

Genteeeee, perdoem-me de encontraram algum erro, mas desta vez eu não tive tempo de revisar o capítulo ;-; espero que tenham gostado e queiram socar a o Monoma tanto quanto eu :3

Xoxo tortinhas de limão, até o próximo 💚💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...