História Imagines BTS - Bangtan boys - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, V
Exibições 131
Palavras 573
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ta bem curtinho , fiz de última hora , mas espero que gostem...

Capítulo 2 - Namjoon - Help me babygirl


Fanfic / Fanfiction Imagines BTS - Bangtan boys - Capítulo 2 - Namjoon - Help me babygirl

 21:00 horas da noite.. O dia havia sido corrido , trabalho e mais trabalho , porém eu não estava nem um pouco cansado. Encarar o teto branco do meu quarto já estava sendo um tédio noturno. Na TV não passava nada interessante , redes sociais já não era o meu forte e pra piorar , eu estava sem sono. Finalmente meu celular vibrou pela primeira vez no dia , sorri animadamente por ser minha babygirl e rapidamente abri a mensagem.

(Babygirl): O que achou da minha nova lingerie daddy ?  21:30

       [mídia]

(Nj): Oh (s/n)...  21:30  √√

Ficou maravilhosa  21:31  √√

Você conseguiu me deixar duro..  21:35  √√

(Babygirl): Me desculpe daddy  21:35

(Nj): Preciso da sua ajuda baby  21:37  √√

(Babygirl): Eu irei te ajudar daddy !  21:37

(Nj): Ah é ?  21:37  √√

E como vai me ajudar minha doce (s/n) ?  21:38  √√

(Babygirl): Se despida daddy..  21:39

Pronto ?  21:41

(Nj): Prontinho baby  21:42  √√

(Babygirl): Coloque a mão no seu delicioso pau e faça movimentos lentos , imaginando que sua mão és a minha..  21:43

(Nj): Aaah babygirl !!! Sua mãozinha tão delicada..  21:45  √√

Coloquei minha mão gelada em meu membro , me arrepiando por completo. Fiz tais movimentos calmos e lentos como (s/n) havia mandado. Senti uma energia me invadir e esperei ansiosamente para que minha babygirl (s/n) digitasse logo.

(Babygirl): Passe de leve o dedo na sua cabecinha rosa e vá aumentando um pouco os movimentos..  21: 50

- Aaarh (s/n).. - gemi arrastado com os movimentos um pouco mais rápidos

(Nj): Está tão maravilhoso baby..  21:54  √√

(Babygirl): Está gostando daddy ?  21:54

(Nj): Amando babygirl  21:56  √√

Amando...  21:58  √√

(Babygirl): Agora daddy , faça os seus movimentos em velocidade máxima , imaginando que você está fodendo gostoso a minha boquinha..  22:00

Apertei ainda mais meus movimentos , imaginando a cena da boquinha dela sendo fodida por mim. Meu orgasmo parecia não chegar nunca , (s/n) continuava falando coisas sujas para eu fazer , me enlouquecendo mais e mais.

Minhas veias estufaram , senti meu pau latejar em minha mão , aumentei ainda mais os movimentos , finalmente orgasmando e sujando toda a minha mão com meu jato branco e quente.

(Babygirl): Está satisfeito daddy ?  22:11

(Nj): Estou sim (s/n)..  22:13  √√

Bastante satisfeito , mas queria estar fodendo você e não a minha mão 22:14  √√

(Babygirl): É mesmo daddy ?!  22:16

(Nj): Sim babygirl..  22:17

Antes mesmo dela visualizar , me levantei um pouco bambo e fui tomar um banho. Ensaboei-me lentamente , não perdendo a oportunidade de bater uma outra vez. Punhetas eram as minhas especialidades , desde os 9 anos batendo , acabei me tornando um tremendo "profissional".

Deixei que a água fria retirasse toda a espuma do meu corpo e fiquei parado por um tempo. Desliguei o chuveiro e me sequei com a toalha. Vesti uma cueca preta e uma bermuda da mesma cor. Sequei meus cabelos e fui pegar um pano para limpar o chão gozado por mim.

Agora meu quarto cheirava à flores , todo arrumado e nem um rastro de goza por ali. Sentei-me na cama pegando novamente meu celular e mandando uma mensagem para minha babygirl que não havia me respondido.

(Nj): Babygirl ?  22:57  √√

(Babygirl): Sim daddy  23:01

(Nj): O que você está fazendo ?  23:01  √√

(Babygirl): Eu estou molhadinha por você daddy.. 23:03

(Nj): (s/n).. 23:03 √√

Não faça isso comigo 23:03 √√

Por favor 23:04 √√

(Babygirl): Daddy quer castigar a baby malvada ? 23:05

(Nj): Quero.. 23:05 √√

Quero sim 23:06

Quero te fuder a noite inteira 23:06 √√

(Babygirl): Então abre a porta daddy... 23:07



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...