História Imagines BTS - Só pra iludir mesmo - Capítulo 78


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Army, Bts, Imagines, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kpop, Rap Monster, Suga, Taehyung
Visualizações 284
Palavras 1.564
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Só pra constar... Escrevi esse último cap ouvido I Need U, então estou muito emocionada 😭❤ pode ser que tenha ficado bem meloso kk mas espero que gostem...

E se quiserem ler ao som de I need U eu recomendo rsrs 💙❤

Capítulo 78 - Old Love - Taehyung parte 4 ( final )


Fanfic / Fanfiction Imagines BTS - Só pra iludir mesmo - Capítulo 78 - Old Love - Taehyung parte 4 ( final )

S/N POVs on 


Dois dias haviam se passado e o encontro com Taehyung estava cada vez mais perto de acontecer, faltavam apenas duas horas para nos vermos novamente.  Meu nervosismo era evidente, não sabia o que Tae pretendia com aquele encontro, não sabia o que aconteceria enquanto estivéssemos juntos, porém só de pensar em que em duas horas estaria ao lado de meu primeiro amor novamente minhas mãos tremiam e eu suava frio.

Tae não me disse o que iríamos fazer, porém o local marcado para nos encontrarmos era em uma cobertura em um prédio do prédio da BigHit, estava ansiosa e olhava para o relógio à todo o segundo.

Os minutos passavam e decidi me arrumar, caminhei para o banheiro e após tomar um banho quente e relaxante sequei meus cabelos e vesti uma blusa de lã de mangas longas e de cor preta, uma saia de pregas vermelha e meias que iam até os joelhos também pretas, calcei também um coturno de couro.

Após fazer uma maquiagem básica respirei fundo e olhei para o relógio, o tempo havia passado rápido e faltavam apenas vinte minutos para às dez, o horário que marcamos para nos encontrarmos.

Saí de casa às pressas e chamei um táxi, em poucos minutos chegamos ao local marcado, paguei o motorista, que foi embora logo depois me deixando sozinha naquela noite fria em Seul. Olhei em volta procurando por Tae porém não via sinal do mesmo, meu nervosismo aumentava cada vez mais até que ouvi uma voz familiar vinda de trás de mim.


-S/N...


Me virei com um sorriso e me deparei com Taehyung, o mesmo sorriu ao me ver e correu em minha direção.


-Desculpe o atraso... 


Falou ele me puxando para um abraço, meio surpresa o abracei também e após nos separarmos o mesmo aproximou os lábios do meu ouvido.


-Você não tem ideia de como está linda...

-O-obrigada... V-você também está lindo...


Falei envergonhada. Tae então entrelaçou nossos dedos em um ato inesperado e abriu um sorriso quadrado que só ele sabia dar.


-Preparei algo legal para fazermos hoje... Me diga S/N... Você já viu o anoitecer em Seul?

-Nunca prestei muita atenção...

-Ótimo... Então venha comigo...


Disse ele me puxando para dentro do prédio atrás de nós, o local estava vazio mas provavelmente Tae tinha autorização para estar ali. O mesmo me guiou até o elevador e após esperarmos por alguns minutos chegamos ao último andar, na cobertura, onde havia uma enorme varanda dando vista para toda a Seul, que estava linda, sempre iluminada e agitada.


-I-isso é lindo Tae...


Falei admirada e com os olhos arregalados. O mesmo assentiu.


-Gosto de vir aqui para pensar... É um lugar calmo e é muito bonito... À alguns anos quando me mudei para Seul viemos aqui para um ensaio fotográfico e desde então venho para cá frequentemente... Ele me faz pensar em você...


Falou ele sorrindo e olhando para mim com o canto do olho, arregalei meus olhos e senti minhas bochechas corarem, desviei o olhar envergonhada, Tae percebendo isso segurou meu rosto com uma das mãos me fazendo olhar para ele. 


-S/N... Eu senti muito sua falta... Mais do que você pode imaginar... Quando você estava longe eu pensava em você todos os dias, eu nunca esqueci você... E ter você comigo agora é inexplicável... Você é uma parte importante da minha vida... 


Falou ele, em seguida levou sua mão até o bolso da calça e de lá tirou um objeto que eu conhecia bem.


-Se lembra disso?


Perguntou ele mostrando o anel da amizade que o mesmo havia mandado fazer um pouco antes de eu voltar para o Brasil sete anos atrás. Emocionada deixei escapar um sorriso.


-Eu lembro... E... Ainda guardo o meu...


Falei tirando da bolsa o meu anel e estendendo em sua direção.


-V-você... Guardou isso... Por todos esses anos?


Perguntou ele evidentemente emocionado. Assenti.


-É claro... Assim como você guardou o seu... Eu também nunca esqueci você...


Falei, ficamos em silêncio por um momento apenas nos encarando como dois bobos. Os olhos de Tae de alguma forma me hipnotizavam, estava feliz por estar ao lado dele e saber que apesar de tudo ele ainda se importava comigo, que havia guardado aquele anel, o que significava muito para mim... Tae significava muito para mim.

Ainda em silêncio vi que Tae aproximava seu rosto do meu aos poucos, conseguia sentir sua respiração batendo em meu rosto, automaticamente suas mãos envolveram minha nuca e parte do meu rosto e me deixei levar fechando os olhos lentamente. Senti o peso dos lábios de Tae sobre os meus, um beijo lento,  calmo e apaixonado, o local estava silencioso e era possível ouvir apenas o barulhos de nossas bocas se encontrando pela primeira vez. O beijo se aprofundou e logo Tae pediu passagem com a língua, cedi e após alguns longos minutos nos beijando separamos os lábios ofegantes pela falta de ar. 


-Você não sabe o quanto esperei para fazer isso...


Falou ele sorrindo, retribuí o sorriso e respondi. 


-Bem... Eu não sei você mas... Eu esperei por sete anos...

-Por sete longos anos...


Completou Tae. Sorrimos ainda um pouco envergonhados ao lembrarmos do beijo. Tae então me puxou para perto colando nossos corpos e juntando nossas testas me fazendo sentir sua respiração em meu rosto novamente.


-Eu te amo S/N...


Falou ele quase como um sussurro.


-Eu também te amo Tae...


.

.

.

.


V POVs on


Já havia se passado um ano  desde que havia reencontrado o amor da minha vida. Eu e S/N nos falávamos todos os dias, nossos sentimentos um pelo outro eram óbvios porém não estávamos oficialmente juntos e após pensar muito resolvi preparar uma surpresa para ela.

Conversei com os membros e eles concordaram e ajudar. Todos gostavam muito de S/N, o que às vezes me causava ciúmes, mas sei que nosso amor era mais forte do que qualquer outra coisa.  

Yoongi havia ligado para ela enquanto Jungkook, Jimin e Hoseok me ajudavam com a escolha das roupas. Tudo teria de ser perfeito, afinal, S/N merecia o melhor. 


-A S/N chegou!!!


Gritou Namjoom que olhava pela janela atentamente e estava responsável por avisar caso S/N chegasse.

Ao ouvir aquilo meu sangue gelou, senti minhas mãos suarem e meu corpo começar à tremer involuntáriamente. 


-Não se preocupe Tae... Tudo irá ficar bem... Tenha coragem...


Falou Jin pondo a mão em meu ombro direito tentando me tranquilizar. Respirei fundo e tentei me manter instável.

Em poucos mintuos ouvimos a porta do estúdio ser aberta e consegui ver a silhueta de S/N passar pela mesma.


V POVs off 


S/N POVs on 


Recebi uma ligação do Yoongi pedindo que eu viesse ao estúdio de ensaio dos meninos o mais rápido possível, por várias vezes perguntei o motivo daquilo porém o mesmo não respondeu e disse ele eu deveria ver o que estava acontecendo pessoalmente.

Com pressa e um pouco preocupada chamei um táxi e em alguns minutos cheguei ao local. Corri até a sala de ensaios e ao abrir a porta arregalei meus olhos. 

 A sala estava decorada com vários bichos de pelúcia, alguns balões enormes em formato de coração estavam pendurados no teto e os meninos estavam posicionados em fileira um ao lado do outro cantando For You. 

Levei minhas mãos à boca surpresa e andei pela sala até avistar Tae, que estava parado no centro do local e segurava um buquê de flores. O mesmo andou até mim com um sorriso enorme estampado no rosto. Retribuí o sorriso e o mesmo me entregou o buquê.


-S/N... E-eu preparei tudo isso porque desde o dia em que te vi pela primeira vez eu tive uma certeza... Eu iria passar o resto da minha vida ao seu lado, porque desde a primeira vez que eu te vi eu te amei... E ainda te amo... Você me completa e me faz feliz... E ter reencontrado você depois de sete anos separados foi a melhor coisa que poderia ter acontecido em minha vida... Você me inspira à dar o meu melhor em tudo, à ser um cara melhor para poder ser digno de estar ao seu lado... Você é tudo pra mim S/N e é por isso que eu gostaria de saber se... 


Tae fez uma pausa, levou uma das mãos até  o bolso de trás de sua calça e tirou de lá uma caixinha de veludo vermelha. O mesmo a abriu relevando um anel de diamantes. Não pude conter minhas lágrimas e comecei à chorar emocionada, não podia acreditar que Tae estava mesmo fazendo aquilo.

O mesmo então se ajoelhou em minha frente e estendeu a caixinha em minha direção.


-Você quer se casar comigo?


Perguntou ele sorrindo.  Não respondi e apenas me joguei em seu colo o beijando intensamente. Separamos os lábios por falta de ar  e Tae juntou nossas testas respirando ofegante.


-Acho que isso foi um sim!!!


Gritou Yoongi de longe. Respirei fundo e olhei encarei Tae.


-Sim!! Isso foi um sim!!


Falei e Tae com cuidado colocou a aliança em meu dedo e em seguida secou minhas lágrimas.

Ouvimos os sons de aplausos e gritos de alegria vindos dos meninos e logo fomos surpreendidos por um forte abraço em grupo.


-Você é a mulher da minha vida S/N... Obrigado por existir... 


Disse ele com a voz um pouco abafada por conta do abraço dos outros membros que nos cercavam. 


-Eu te amo muito Tae... Obrigada por nunca esquecer de mim...


Falei também com a voz um pouco abafada. 

Tae era e sempre seria meu primeiro amor, o garoto magro, fofo e animado que havia conhecido à sete, ou melhor dizendo, agora à oito longos anos atrás... E agora... Meu futuro marido e futuro pai dos meus filhos... 



Fim...







Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado ❤😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...