História Imagines BTS - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kim Nam-joon / Rap Monster
Tags Bts, Hoseok, Imagines, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Rap Monster, Suga, Taehyung, Yoongi
Visualizações 85
Palavras 1
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Fantasia, Festa, Hentai
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olho no relógio para ver que horas são e percebo que estou super atrasada, mais precisamente 40 minutos atrasada. Por isso saio correndo pelas ruas de Seoul até chegar ao prédio da BigHit. Entro e vou direto na recepção

- Boa tarde, Chung-Hee - falo sem olhar diretamente para a recepcionista que já me conhecia

- Boa tarde, Momo - ela ri do meu desespero em encontrar o cartão para passar na catraca - Atrasada novamente ?

- O Jin vai me matar - falo

- Se você estiver vindo aqui apenas para entregar a comida dele, perdeu viagem

- Ué, por que ?

- PD comprou kimchi para todos eles e agora, provavelmente, estão descansando

- Cara Chung-Hee, você não sabe o alívio que me deu agora - suspiro - Mas mesmo assim ele irá brigar comigo por me atrasar novamente. Jin tem 4 anos as vezes, mas se torna um senhor de 90 anos quando atrasamos com seu almoço

- Diga a ele que eu lhe avisei que não precisaria trazer sua comida, pois PD já tinha comprado, caso ele pergunte a mim, eu confirmo

- Ah, faria isso por mim ? - ela balança a cabeça afirmando - Obrigada Chung

- Agora vá devagar para não cair igual a outra vez

- Pode deixar, annyeong

Acho meu cartão que estava lá no fundo da bolsa. Quando dizem que bolsa de mulher é um buraco negro, não estão exagerando e eu posso comprovar isso.

Chamo o elevador e ele não demora muito pra chegar. Quando as portas iam se fechar, vejo um anão correndo balançando os braços e gritando

- MOMO, SEGURA A PORTA, POR FAVOOOR - o anão grita

É claro que eu o esperei, até porque eu nutria uma apaixonite por ele.

- Valeu ai, meio metro - ele diz

- Ah Jimin, vai catar coquinho vai - falo furiosa - Eu devia ter fechado a porta na sua cara

- Ui ui ui, tá estressadinha por que ? Perdeu seu salto alto, foi ? - ele debocha

- Eu sou 4 centímetros mais baixa que você, garoto, cala a boca

Ele me puxa e nós ficamos centímetros de distância um do outro

- Só se você calar com a sua - ele diz

Nessa hora, as portas do elevador se abrem e um Seokjin plantado esperando alguém aparece.

- Finalmente... O que estava acontecendo ai ? - Jin pergunta curioso com uma sobrancelha arqueada

- Absolutamente nada - Eu falo

- É Jin, só estava... Estava... Estava tirando um cisco do olho de Momo - ele diz e assopra meu olho - De nada - ele sai do elevador

- Tá, o que realmente aconteceu naquele elevador ?

- Nada Jin, que saco

- Me respeite, Momo ! Sou mais velho que você

- Aff Jin, me deixe, estou na TPM hoje

- Hum, já que você está na TPM não vai querer ir ao cinema com seu irmão e mais 6 amigos, né ? Dizem que mulher nesse período chora por qualquer coisa

- Kim Seokjin...

- Íamos ver aquele filme que você tanto queria ver, mas já que minha irmãzinha está na TPM e me desrespeitou, não irei leva-la - ele me mostra o ingresso

- Problema é seu que a sua irmãzinha te desrespeitou - falo arrancando o ingresso da mão dele - Ela vai nessa budega, sim

Ele solta uma risada que era impossível não rir junto.

- Então fechado. Irá nos esperar ou vai para casa se arrumar ?

- Tu achas que irei ficar aqui a tarde toda esperando vocês? Achou errado. Annyeong pra você

- Esteja pronta às 7 hrs, ouviu mocinha ?

- Sim senhor

Nem falei com os outros meninos. Eu tinha que comprar pelo menos uma roupa nova, até porque já repeti diversas vezes todas as minhas roupas nas minhas saídas com os meninos, e eu não queria usa-las de novo.

Trabalho em uma loja de roupas em dos shoppings de Seoul, ou seja, eu poderia comprar roupas pela metade do preço e ainda agradar minha chefe para ela me dar um aumento no salário. Sim, eu faço faculdade. O dinheiro que eu ganho na loja, eu pago a minha faculdade. Já sou independente,tio/tia.

Moro com mais duas amigas em um 'apertamento' (apelido carinhoso que damos para o nosso 'lar, micro lar'. Nosso apartamento é muito pequena e não cabe muita coisa. Estou pensando em me mudar, mas isso fica para depois.

Chego na loja e começo a escolher minhas roupas. Nenhuma das minhas companheiras de trabalho estavam lá, pois não era dia do nosso expediente.

Escolho algumas roupas, vou direto ao caixa para pagar e do nada brota a minha chefe para conversar comigo. Fiquei lá por mais ou menos 1 hora comversando o que não conversamos no expediente e fui embora.

[...]

18:56 p.m

Estava quase na hora de Seokjin me buscar quando ouço uma buzina. Chego da janela para ver se era realmente ele, e era. Pego minha bolsa, me despeço das minhas amigas, desço e entro no carro correndo

- Isso tudo é vontade de ir ao cinema ? - Hoseok pergunta

- Como consegue correr de salto ? - Namjoon pergunta

- É fácil - Tae e eu respondemos

- 'Andar de salto', Taehyung entende desse assunto - Jimin fala

- O dia que ele dançou foi épico - Jungkook fala

- Eu ri que nem uma hiena engasgada - Yoongi diz

- Essa é a tarefa do Jin, Yoon-Hyung - falo e todos, menos Jin, caem na risada

- Voltar para a sua casa ou levar uma chinelada aqui mesmo, Kim Momo ? - Jin pergunta

- Miane - digo secando as lágrimas que iam cair com a risada

- Sabia que você fica linda sorrindo? - Jimin me pergunta

- O-obrigada, Jimin - falo envergonhada

Seguimos o caminho brincando e falando pelos cotovelos. Eu e Jimin estávamos trocando olhares direto.

(13 minutos depois) Finalmente chegamos no shopping. Saímos do carro disfarçados o suficiente para as Armys não nos reconhecerem e entramos no shopping.

No caminho para o cinema, Hoseok me puxa para trás e caminhamos juntos atrás dos meninos

- Você é burra, cega ou apenas lerda ?

- Doido, do que tu ta falando ?

- Jimin

- O que tem ele ?

- Ele gosta de você

- Que nada, Hope, somos apenas amigos

- E eu namoro a Tinashe! Ta na cara que ele gosta de você e você dele

- Aish Hope, não coloque paranoias na minha cabeça

- Momo, presta atenção. Eu não preciso perceber que está na cara dele isso, mas ele mesmo já falou isso e o Jin até falou que aprova

- Hoseok e Momo, venham ver a fofura dessa vitrine cheia de ursinhos Ryan - Namjoon nos chamou

- Pense nisso que eu te falei, ok ? - eu afirmo e fomos em direção ao maníaco dos ursos Ryan, vulgo Kim Namjoon

Passei o filme inteiro pensando nisso que acabei nem prestando atenção no mesmo.

Chegamos na casa dos meninos e eu fui direto para o quarto de Jin tomar um banho. Tinha roupas minhas lá

- Momo, posso entrar ? - Jimin pergunta do outro lado da porta

- Claro Jimin - falo amarrando meu cabelo em um coque

- Eu queria conversar contigo sobre... - ele é interrompido

A-C-A-B-O-U A L-U-Z ! Que hora maravilhosa para se faltar luz, hein.

Eu levei um mini susto e meio que acabei de jogando em cima do Jimin. Nós caímos na cama um em cima do outro e finalmente saiu o beijo. Um beijo calma e um pouco enrolado, pois era meu primeiro beijo (n/a - finge que você ainda é bv).

- Momo está tudo bem? - Jin pergunta do outro lado da porta parando nosso beijo e me fazendo sair de cima do Jimin

- Está sim - respondo

- Ok, você viu o Jimin ?

- Não vi não

- Tá

Ouvi ele descendo a escada.

- O que você queria me falar ? - sento em frente a ele

- Eu queria te falar que... Eu gosto de você, Momo. Gosto da sua risada, gosto de quando dança desajeitadamente, gosto da forma que prende seu cabelo... Gosto de tudo que venha de você. Eu sei que sente o mesmo, os meninos sempre me falam que 'está na cara que ela gosta de você' ou 'para de ser lerdo e se declara para ela', e cá estou para lhe perguntar se quer ser minha namorada.

Pude perceber que ele estava nervoso.

- Meu Deus, Jimin ! Sabe que eu gosto de você, demora um milênio para se declarar e quando se declara, vem com essa pergunta ? Eu acho que já sabe a resposta

- Eu quero ouvir de você

- É claro que sim - Falo e nós nos beijamos - Dorme aqui comigo hoje ?

- Durmo, mas antes temos que avisar a Jin que eu estou aqui, ele vai ficar preocupado

- Tem razão, quer comunicar todos agora ?

- Com certeza

Nós nos levantamos juntos.

- Espera ai - ele me puxa pelo pulso e me beija - Eu te amo, Kim Momo

- Eu também te amo, Park Jimin

Selamos nossos lábios mais uma vez e descemos.

Capítulo 5 - Jimin


Fanfic / Fanfiction Imagines BTS - Capítulo 5 - Jimin




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...