História Imagines BTS - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kim Nam-joon / Rap Monster
Tags Bts, Hoseok, Imagines, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Rap Monster, Suga, Taehyung, Yoongi
Visualizações 75
Palavras 1.480
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Fantasia, Festa, Hentai
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Namjoon


Povs s/n

Acabara de tocar o sinal do recreio e logo guardo meu material para ir ao pátio. Saio da sala com minhas amigas e avisto o "Deus da destruição", vulgo Kim Namjoon, sentado em um banco no corredor com o seu caderno.

- OI NAM - grito me sentando ao seu lado

- Aigo s/n, que susto - ele diz sem tirar os olhos do caderno

- Ya! Eu sou tão feia assim ? - pergunto deixando aparente a minha indignação

- Primeiro: já te falei mil vezes que você é linda, segundo: você chegou gritando! Eu estava concentrado, como não ia me assustar ? - ele pergunta olhando para mim

- Escrevendo mais uma música? - digo tentando espionar o que ele tanto escreve que o deixa fora desse planeta

- Sim, e é sobre uma pessoa muito especial para mim - ele diz sorrindo e mostrando aquelas covinhas que tanto amo

Confesso que senti um pinguinho de ciúmes. Apesar de eu e Nam sermos amigos, eu gostava dele mais que isso. Gostava dele como homem (n/a - claro, vai gostar dele como animal, sua mula ?).

- Hum... E quem é essa pessoa ? - frustração era a palavra que me definia naquele momento

Eu nunca fui dessas de pensar "ele nunca vai gostar de mim" ou "olha pra ele e olha pra mim, não combinamos", muito pelo contrário. Desde que gosto de Namjoon, penso o quanto a gente combinaria ou que um dia ele podia se apaixonar por mim.
Namjoon sempre foi um menino normal da escola, mas era sempre o mais esperto da sala e com sua beleza, muitas meninas, creio que até meninos, se apaixonavam por ele.

- É surpresa - ele diz me olhando de relance

- Conta vai, por favor - imploro

- Tá. Vai até a minha casa hoje mais tarde e lhe falarei quem é - ele só pode ta brincando comigo

- Beleza. Que horas ? - pergunto me levantando para ir encontrar minhas amigas que, provavelmente estão na fila da cantina

- 19:30 sem atraso - o menino a minha frente diz

- Aish Nam, você sabe que eu sempre demoro para me arrumar - falo indignada novamente

- Então trate de se arrumar mais cedo - ele fala e fica me encarando

Ficamos nos encarando por alguns segundos até que eu percebo que preciso comer antes que o intervalo acabe

- É-é... Eu preciso ir. Nos vemos depois - falo acenando para ele que retribui

Aish, esse menino ainda vai me pagar por sentir todas essas coisas

Povs Namjoon

Eu não gostava de ver s/n triste, mas eu preparei isso por muito tempo e não irei estragar a surpresa dela.
Nós estamos no 3° ano do ensino médio, prestes a prestar vestibular e com os nervos a flor da pena. Escrever músicas me ajuda a "desestressar".

S/n e eu estudamos juntos desde o 7° ano, e até nossos pais se conhecem.
Eu gosto dela, mas não apenas como um simples amigos, e por isso decidi expressar meus sentimentos através do que eu mais sei fazer, além de estudar e tirar boas notas: música. Por isso chamei ela até a minha casa que tem um estudio e cantarei a música para ela e pedirei-a em namoro.

QUE G-DEUS ME AJUDE.

Povs s/n

Após conversar com Namjoon, fui até as minhas amigas e roubei um pedaço do salgado de cada uma. Dizem que eu sou magra de ruim, pois eu como muito. Me apelidaram carinhosamente de "tratorzinho". Eu como muito mesmo e se reclamar, como mais e ainda como a sua comida.

- Tava conversando com o senpai, né safada - minha amiga ruiva disse

- Ela adora uma destruição, hum - foi a vez da minha amiga loira falar

- Calem a boca - digo fazendo-as rirem e caio na risada

Após o ritual da zoação que acontecia sempre que eu falava com Namjoon, fomos para a sala de aula. E lá ia mais 3 horas dentro daquela escola, affz.

[...]

Finalmente chegou o fim da aula. Junto os meus matérias e verifico se não esqueci nada, logo sinto um beijo sendo depositado no meu pescoço. Ele sempre fazia isso por quê, oh Deus ?!

- Sem atraso, ouviu ? - ele diz saindo na porta

- O-ok - falo e ele vai embora, nem sabe o efeito que causa em mim.

Fui caminhando sozinha até em casa chutando as folhas caia naquele outono.

Estudavamos de manhã e agora eram meio dia e treze, por isso ainda batia um solzinho que não fazia efeito, pois a brisa ainda era fria.

Cheguei em casa e fui direto tomar banho. Vesti uma calça de moletom cinza, uma blusa branca, um casaco também de moletom cinza e uma meia. Meus pais não estavam em casa e minha irmã já havia saído de casa para ir a faculdade, eu estava sozinha, AMÉM. Podia ouvir meus kpop sem ninguém me perturbando.

[...]

Já estava na hora de ir para a casa do Namjoon e por isso desliguei todas as luzes, tranquei a porta e fui andando até a sua casa.

Do nada, começou a chover e por mais que a casa de Nam fosse perto da minha, eu ainda iria chegar toda molhada, pois os pingos eram fortes.
Comecei a correr, mas de nada adiantou. Bati na porta de Namjoon eram 19:32 toda molhada, para minha infelicidade, um carro passou por uma poça de água e foi tudo em mim.

- Está atrasad... O que ouve com você? - Nam pergunta preocupado e me dando espaço para entrar

- Como pode ver, peguei essa chuva e para completar um carro passou por uma poça de água e você sabe o resto - digo

- Suba para meu quarto e tome um banho, irei pegar uma toalha e algo para se vestir - ele fala me empurrando escada a cima

Entro em seu quarto e suspiro fundo. O quarto dele tem o cheiro dele, ironia não? - pensei. Fui ao banheiro e tomei banho. Ao acabar, vou até a porta e vejo que há uma toalha, blusa gigante, uma calcinha - provavelmente é da irmã dele - e uma calça também gigante no chão do quarto. Pego tudo, volto ao banheiro para me vesti e desço para o estúdio de Nam, que segundo ele, era a segunda casa dentro da casa dele.

- Eai, como a música está ? - pergunto assim que desço o último degrau de escada

Eu estava usando apenas a camiseta e a calcinha, pois a calça ficou gigantesca e a blusa cobria a roupa íntima.

- A música eu não sei, mas você... - ele me olha de cima a baixa e morde o lábio inferior

- Para Namjoon, tu sabe que odeio quando me elogiam, pois não sei como reagir - falo corada

- Eu não disse nada - ele levanta sua não em sinal de redenção

- Mas ia! E ia falar algo pervertido também, bem a sua cara - digo me sentando ao seu lado

- Você está tendo uma visão muito errada da minha pessoa, fofa - ele diz encostando seu dedo indicador na minha bochecha

- Aigoo, cadê a tal menina que é a sua musa inspiradora para fazer essa tal música? - pergunto curiosa

- Eu queria te mostrar antes, pode ser ? - ele pergunta

- Oxe, claro que pode - falo me sentando virada para ele

(A música que o Namjoon canta pra S/n é 'Trouble' . Ele canta esse música com o Jin (opa, Namjin), então imaginem que a parte do Jin é back-vocal. Vejam ela em PT-BR pra entender do que se fala)

Povs Namjoon

Era impossível eu olhar para s/n e não quere-la apenas só para mim. Ela era a minha garota pornô. Todas as vezes que ela usava seu óculos e mordia a ponta do lápis enquanto pensava, quando ela ia lá para casa e ficava rebolando ao som de alguma música, quando ela abaixava para pegar algo... S/n tem uma bunda, que meu Deus. Eram simples coisas que me deixavam totalmente com vontade dela, e nessa música, eu expressei tudo isso.

Povs s/n

Meu appa amado, mas que música... Cheguei a ficar com calor! Essa menina deve ser gostosa a bessa para ele falar desse jeito.

- Wow - isso foi apenas o que eu consegui falar

- Gostou ? - ele pergunta

- Se eu gostei? Porra eu fiquei excitada com essa música - falei. Falei mesmo - Agora anda, fala logo quem é essa garota

Após perguntar, Namjoon me puxa me fazendo sentar em seu colo e começa a beijar meu pescoço e mordisca-lo, fazendo-me ficar arrepiada.

- Se eu te dissesse que é você? - ele pergunta de jeito malicioso

- Você não ta brincando, né ? - eu pergunto novamente

- Eu pareço estar ? - balanço a cabeça negativamente

- Eu deixo você me colocar em problemas, Namjoon - digo de uma forma sexy 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...