História Imagines ♡ BTS - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagines, Romance
Exibições 190
Palavras 1.036
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie gente! Eu sei, eu sei... Demorei MUITO para postar... Mas, como eu já havia explicado no capítulo anterior, minhas provas começaram e ainda não terminaram.
Peguei o computador rapidinho para ir adiantando aqui.
NOVIDADE: Estou no final do imagine do Namjoon, então quando terminar já vou começar a escrever o do Jungkook.
Então, até as nitas finais? ♡

Capítulo 13 - →Kim Seokjin: "You Get Me Due" #5


-A-aish...- Consigo gaguejar levando a mão no peito. O homem do carro ri.

-Desculpe...

-Quem é?- Falo me distanciando do carro.

O homem liga a luz do carro e posso ver que é o médico.

-Sou eu, tudo bem.- Suspiro me acalmando.

-Está mancando... Algum problema?

-Não eu só... Estou com um pouco de dor...- Falo voltando a caminhar de vagar. Ele faz o mesmo dirigindo ainda me analisando.

-(S/n), está com dor.

-Não senhor...- Falei tentando disfarçar.

-Então por que fecha os olhos quando pisa com o pé direito?

Não respondo. Ok, ele tinha percebido e eu não tinha outra desculpa.

-Entre aqui.- Ele diz parando o carro, me obrigando a fazer o mesmo.

-Não precisa... Estou bem... O senhor já fez de mais para mim hoje.- Era verdade...

-(S/n), se continuar andando vai piorar.

Abro a boca para falar algo mas sou interrompida pelo barulho da porta do carro sendo aberta, dando passagem para que eu entrasse.

Entro no carro fechando a porta e colocando o sinto.

-Onde estava indo?- Ele pergunta olhando para mim.

-Lugar nenhum...- Falo olhando para baixo.

-Não estava indo para sua casa?

-Não senhor...

-Então onde estava indo?

-Lugar nenhum...- Mordo o lábio inferior. O que ele acharia de uma desabrigada andando em seu carro?

-(S/n), onde você fica?

-Senhor eu não lugar nenhum pra ficar. Fui despejada do meu hotel hoje a tarde.- Ele parecia surpreso.

-Eu não... Sabia...

-Tudo bem, não tinha como saber.- Disse o encarando.

-Então onde você ficaria hoje a noite?

-Eu não sei...- Ele franzi a testa.- Só estava andando.

-E suas roupas? Malas? Bagagens?

-Nos "achados e perdidos" do hotel... Eu não consegui voltar e pegar.

-Eu sinto muito...

-Fazer o que né...                        

-Você não tem parente nenhum por perto? Não tinha nenhum registo no hospital.

-Não, eu sou sozinha aqui.

-Aqui?

-Não sou coreana. Sou brasileira.

-Brasileira?- Ele parecia surpreso.- Seu coreano é muito bom.

-Obrigada...- Sorri de canto.- Eu tinha que aprender para viver aqui.

-Por que está aqui então?

-Longa história...- Abaixo a cabeça.

-Certo... Então... Não tem nenhum lugar onde possa ficar?

-Temo que não...

-(S/n)...

-Sim?

-Fique na minha casa por hoje.

-Não posso aceitar isso...

-Não, eu te atropelei... Devo isso.

-Você já fez muito por mim. Não me deve mais nada. E a culpa do atropelamento foi minha... Eu estava distraída atravessando a rua.

-Por favor... Ainda me sinto culpado por ter feito aquilo...- Culpado por me atropelar?

-Senhor, eu vou atrapalhar... Vou ir numa praça ou em qualquer lugar seguro para passar a noite de hoje.

-Não é seguro. Nenhum lugar a essa hora é seguro.

-Que horas são mesmo?

-01:30 da manhã.

-Que?!

-Algum problema? Precisa estar em outro lugar cedo?

-Não é que... Quanto tempo fiquei desacordada?

-Acho que nove horas.

-Nove? Eu só não bati a cabeça?

-Não é tão simples... Poderia ter fraturado algum outro osso, ou ter ficado com algum traumatismo craniano, ou até mesmo ficar surda ou cega, dependendo de qual parte da sua cabeça bateu. Precisei fazer uns exames e raio x para ter certeza de que estava bem. Nove horas é até que pouco tempo.- Mordi o lábio inferior. Eu não fazia ideia de nada disso... Me senti uma burra total. Como não sabia disso? Pensava que a pessoa nem desmaia quando se tratava de um atropelamento... Me dei conta de que, agora, poderia estar morta.

-E então?- Diz ele me tirando do transe.

-E então o que?- Ah, (S/n)... Você é tão desligada que nem ouve as pessoas direito!

-Vai me deixar ajudar e passar o resto da noite na minha casa?

-Eu realmente não quero incomodar... Aliás, sua mulher acharia estranho você chegando com outra mulher na sua casa e...

-Sou sozinho.- Ele me interrompe e eu desvio meu olhar para ele surpresa.

-Atá...- Falei não acreditando.

-É sério...- Ele abaixa a cabeça.- Sou sozinho também.

-Certo então. Eu fico lá.

-Que bom.- Ele sorri.

Ele da a partida no carro e começa a dirigir. Observo a janela esperando a pequena viajem acabar. Tenho certeza de que um médico não moraria aqui por estes bairros.

-Espero não estar encomodando o senhor...- Tentei puxar assunto.- Sinto que já fez de mais para mim. Não me deixou pagar o hospital nem o senhor mesmo... A culpa foi minha de ter me atropelado, senhor... Não se sinta culpado. Eu estava tendo um dia ruim e só queria ir ao hotel... Mas como o senhor já sabe, fui despejada.- Noto que ele estava dirigindo concentrado.- Aish eu sou uma boba... O senhor não precisa me escutar reclamando da minha vida... Sinto muito, senhor eu falo de mais e...

-Kim Seokjin.- Ele me interrompe me olhando de canto.

-Hum?

-Meu nome é Kim Seokjin, mas pode me chamar só de Jin. Senhor é muito formal, e você aparenta ter quase minha idade.- Ele não tirou os olhos da estrada enquanto falou isso.

Então seu nome era Kim Seokjin... Agora que me lembrei que ainda não havia pedido seu nome.

-Ah, certo então, Jin.- Sorri de canto e ele fez o mesmo.

Não demorou mais tanto tempo para que chegássemos a sua casa. Bem, na verdade, apartamento. O prédio era realmente enorme.

Saímos do carro e a primeira coisa que fiz foi observar seu prédio olhando para cima. Um arrepio percorreu meu corpo inteiro.

-Algum problema?- Ele diz ficando ao meu lado.

-É alto aqui...- Disse ainda encarando o topo do prédio, que se misturava com a cor do céu escuro ficando quase invisível.

-É, também... Mas é seguro, não se preocupe.- Ele ri.

-Se você diz... Eu só... Não gosto muito de altura.- Disse voltando a olha-lo. Já estava ficando tonta de tanto encarar o prédio alto.

-Não se sente confortável?

-Não muito...

-Então temos problemas.- Diz ele fechando o carro.

-Por quê?

-Moro no último andar.- Ah que maravilha... Ele morava lá na pontinha, onde a cor do prédio se misturava com a do céu. Senti mais um arrepio percorrer meu corpo.                       

-Ei, não fique com medo...- Ele diz indo em direção a porta principal.- Aqui é seguro.- Ele ri abrindo a porta me esperando.

Entro no prédio. Está escuro e vazio, exceto pela nossa presença no saguão.


Notas Finais


E então? Gostaram? Deixei esse capítulo sem um mistério no final ♡
Não sei se vou conseguir postar amangã, porque tenho provas e essa semana lotadas delas novamente...
Talvez somente sexta de novo, ok?
Mais para frente, vou deixar umas perguntinhas para vocês nas notas finais, sobre outras história e um plano maior que já está sendo escrito... Mas deixa no ar~ Mais para frente voltamos no assunto ;)
Até o próximo capítulo ♡♡ Agradeço por não desfavoritarem e me entenderem! Todos já moram no meu kokorô ♡
MEU DEUS QUANTOS FAVORITOS E COMENTÁRIOS!! Eu amooo vocês de mais ♡ Nunca achei que gostariam tanto das coisas que escrevo... Isso significa muito mesmo para mim!
Agradeço a todos os comentários e todos os favoritos ♡
Desculpem caso achem algum erro, relevem... Ainda estou me adaptando a escrever pelo computador, jsjs
♡ Até a próxima ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...